Kendrick Nunn, o armador que fez muito time se lamentar
Menu & Busca
Kendrick Nunn, o armador que fez muito time se lamentar

Kendrick Nunn, o armador que fez muito time se lamentar

Home > Notícias > Esporte > Kendrick Nunn, o armador que fez muito time se lamentar

Kendrick Nunn, o armador que fez muito time se lamentar

O armador é um dos destaques no início de temporada do Miami Heat e recusou propostas da Europa para realizar seu sonho.

O Miami Heat começou a temporada 2019-20 da NBA de forma interessante e muito desse sucesso se deve aos novatos que estão no time. Dentre eles, o armador Kendrick Nunn, um dos jogadores que menos se falava sobre, destaca-se. O jogador, que não foi draftado por nenhum time no Draft de 2018, já jogou na Liga de Desenvolvimento e hoje tem média de 17.8 pontos, 2.5 rebotes, 3.2 assistências e 1.6 roubos de bola (por jogo) na liga norte-americana.  

Apesar do atual sucesso, Nunn não teve facilidade para atingir o patamar que se encontra, muito por sua culpa, de fato. Jogou basquetebol universitário pela Universidade de Illinois e, ao se envolver numa briga com sua namorada, foi expulso da faculdade no seu terceiro ano. Após o incidente, ele se transferiu para a Universidade de Oakland.

Porém, mesmo com números expressivos no âmbito universitário (médias de 10.6 ppj, 3.3 rpj e 1.6 apj nos seus três anos em Illinois e 25.9 ppj, 4.7 rpj e 3.8 apj na sua única temporada na universidade de Michigan) nenhum time da NBA o draftou em 2018, por conta de seu passado conturbado e sua idade avançada.

Sendo assim, ele assinou um contrato com a equipe do Golden State Warriors para jogar a Summer League (torneio de preparação em que jogam, majoritariamente, calouros, jogadores de segundo ano e, também, jogadores que estão sem contrato). Após o torneio, Nunn, foi adicionado na equipe de desenvolvimento do time de São Francisco, o Santa Cruz Warriors, e jogou a G League, liga de desenvolvimento da NBA, na qual muitos jogadores jogam para não ficarem encostados no time principal. Em uma temporada que atuou pelo time, o armador teve médias de 19.3 pontos, 3.8 rebotes, 2.8 assistências, 1.4 roubos de bola (por jogo).

O desempenho de Nunn na G League chamou a atenção dos olheiros do Miami Heat, do técnico Erik Spoelstra e do presidente da franquia de South Beach, Pat Riley. Assim, o armador de 1,88m assinou um contrato de 3 anos com a equipe vermelha e branca da Flórida. Após a assinatura, ele jogou a Summer League e foi um dos destaques, sendo um dos principais pontuadores do time com média 24 pontos por jogo. E, depois do torneio, em amistosos de preparação, ele anotou 40 pontos contra o Houston Rockets e foi a maior pontuação de um jogador do Heat em um jogo de pré-temporada nos últimos 20 anos.

Parecia que, mesmo tendo uma idade avançada para um calouro, Nunn não sentia o peso de jogar por uma franquia da NBA. Em sua estreia ele apresentou números expressivos (24 pontos, 2 rebotes, 3 assistências, e 2 roubos de bola) e apresentou um basquete muito agressivo, aliado de um bom arremesso. E, nos seus primeiros 5 jogos na Liga, ele quebrou a marca de pontos anotados por um calouro no início de temporada (112), recorde que pertencia a Connie Hawkins, em 1969.

Atualmente, o estilo de jogo rápido, atlético, veloz e corajoso, aliado a uma boa defesa e bons arremessos de quadra, credencia Nunn a um dos melhores novatos nesse início de temporada da NBA e, também, o fez assumir a titularidade da equipe, desbancando o All Star, Goran Dragi?. Por mais que seu número de assistências não seja tão alto, em relação ao que se espera de um armador, ele ainda tem muito tempo para desenvolver essa qualidade.

Hoje, entre os calouros, ele possui a segunda melhor média de pontos por jogo, a quarta em assistência e a primeira em roubos de bola. Além disso, foi peça fundamental no último jogo do Miami Heat contra o New Orleans Pelicans (16 de novembro), anotando 22 pontos, 2 rebotes e 2 assistências. A próxima partida da equipe de South Beach será quarta-feira (20) contra o Cleveland Cavaliers.

___________________
Pedro Gallo – Fala!Mack

0 Comentários

Tags mais acessadas