sexta-feira, 21 junho, 24
HomeCulturaInglês cotidiano: Saiba como usamos o inglês sem perceber

Inglês cotidiano: Saiba como usamos o inglês sem perceber

O inglês é uma língua ubíqua. De Hollywood a Hong Kong, de Londres a Lagos, o inglês é falado em todos os cantos do mundo. Seja como língua nativa ou segunda língua, ele se tornou uma ferramenta indispensável para a comunicação global. Por isso, é importante entender como funciona o inglês cotidiano

No entanto, o que muitos não percebem é que o inglês permeia nossas vidas diárias de maneiras sutis e muitas vezes imperceptíveis. Neste texto, exploraremos como o inglês está entrelaçado em nosso cotidiano, desde expressões idiomáticas comuns até o jargão técnico em diferentes campos profissionais.

Saiba como usar o inglês sem perceber

inglês cotidiano
Entenda o que é o inglês cotidiano. | Foto: Freepik.

O que é o inglês cotidiano?

O inglês cotidiano refere-se ao uso prático e informal da língua inglesa em situações do dia a dia. É o inglês que encontramos em interações comuns, seja em conversas informais entre amigos e familiares, transações comerciais básicas, comunicação online ou mesmo em atividades rotineiras, como ler placas de rua, menus de restaurantes ou assistir a programas de televisão.

Esse tipo de inglês muitas vezes difere do inglês formal encontrado em contextos acadêmicos, profissionais ou oficiais. No inglês cotidiano, as pessoas frequentemente recorrem a gírias, expressões idiomáticas, abreviações e formas simplificadas de linguagem para se comunicarem de maneira rápida e eficaz em situações informais.

Por exemplo, enquanto em um ambiente acadêmico ou profissional pode ser apropriado dizer “I am not able to attend the meeting tomorrow due to a prior commitment” (Não poderei comparecer à reunião amanhã devido a um compromisso anterior), no inglês cotidiano, essa mesma ideia poderia ser expressa de forma mais simplificada, como “Can’t make it to the meeting tomorrow, got something else on.”

Resumidamente, inglês cotidiano é a forma da língua inglesa que encontramos em nosso dia a dia, em situações informais e não especializadas, caracterizada por sua praticidade, informalidade e adaptabilidade às necessidades de comunicação do momento.

Motivos para inserir o inglês no cotidiano

Inserir o inglês no cotidiano pode trazer uma série de benefícios pessoais, profissionais e culturais. Aqui estão alguns motivos pelos quais incorporar o inglês em sua rotina diária pode ser vantajoso:

  • Comunicação Global: O inglês é a língua franca global. Ao dominá-lo, você pode se comunicar facilmente com pessoas de diferentes partes do mundo, ampliando suas oportunidades de interação social, negócios e networking.
  • Acesso a Recursos e Informações: Muitos recursos valiosos, como livros, artigos acadêmicos, vídeos educacionais e sites, estão disponíveis em inglês. Ao entender o idioma, você pode acessar um vasto tesouro de conhecimento e informações que não estariam disponíveis de outra forma.
  • Avanço Profissional: Em um mercado de trabalho cada vez mais globalizado, ter habilidades em inglês pode ser um diferencial competitivo. Muitas empresas valorizam funcionários que podem se comunicar efetivamente em inglês, especialmente em setores como tecnologia, negócios internacionais e turismo.
  • Envolvimento Cultural: Aprender inglês abre as portas para a compreensão de diferentes culturas ao redor do mundo. Você pode desfrutar de filmes, músicas, literatura e outras formas de arte em inglês sem depender de traduções, o que lhe permite mergulhar mais profundamente na riqueza cultural que o idioma oferece.
  • Facilidade de Viagem: Viajar para países de língua inglesa torna-se muito mais fácil quando se tem conhecimento do idioma local. Você pode se comunicar com os habitantes locais, navegar em aeroportos, hotéis e restaurantes e aproveitar ao máximo sua experiência de viagem.
  • Acesso à Educação Internacional: O inglês é a principal língua de instrução em muitas das melhores universidades e instituições educacionais do mundo. Aprender o idioma pode abrir as portas para oportunidades educacionais internacionais e programas de intercâmbio que podem enriquecer sua vida acadêmica e profissional.
  • Expansão das Oportunidades de Carreira: Muitas empresas multinacionais operam em inglês e valorizam funcionários que podem colaborar efetivamente em um ambiente internacional. A fluência em inglês pode abrir portas para oportunidades de carreira em todo o mundo e aumentar suas perspectivas de progressão na carreira.
  • Desenvolvimento Cognitivo: Estudos mostram que aprender um novo idioma, como o inglês, pode melhorar as habilidades cognitivas, como a memória, a capacidade de resolver problemas e a criatividade. Além disso, pode ajudar a prevenir doenças cognitivas relacionadas à idade, como demência e Alzheimer.

Fluência: como falar inglês sem perceber? 

Falar inglês com fluência sem perceber pode parecer um desafio, mas é um objetivo alcançável com prática e exposição constante ao idioma. Aqui estão algumas estratégias que podem ajudá-lo a atingir esse objetivo:

1. Imersão linguística

Exponha-se ao inglês tanto quanto possível, seja por meio de filmes, músicas, séries de TV, podcasts, livros, sites ou até mesmo conversas com falantes nativos.

Tente criar um ambiente onde o inglês esteja presente em sua vida diária, como alterando as configurações do seu dispositivo eletrônico para o inglês ou seguindo contas de redes sociais que compartilham conteúdo em inglês.

2. Prática regular

Dedique um tempo regular para praticar habilidades linguísticas, como falar, ouvir, ler e escrever em inglês. Converse com falantes nativos sempre que possível. Se não tiver acesso a falantes nativos, pratique com amigos, colegas de estudo ou professores de inglês.

3. Pensamento em inglês

Tente pensar em inglês sempre que possível. Isso pode ajudar a internalizar o idioma e a tornar a transição para a fala mais fluida.

Mantenha um diário em inglês, escrevendo sobre suas experiências diárias, pensamentos e reflexões. Isso pode ajudar a desenvolver seu vocabulário e sua habilidade de expressão escrita.

4. Aprendizado contextual

Aprenda palavras e frases em seu contexto natural, em vez de apenas memorizar listas de vocabulário. Isso facilitará a aplicação dessas palavras em situações reais de comunicação. 

Preste atenção especial às expressões idiomáticas e gírias comuns, pois essas são frequentemente usadas em conversas do dia a dia.

5. Aceite os erros

Não tenha medo de cometer erros. Eles são uma parte natural do processo de aprendizado e podem ajudá-lo a melhorar sua fluência ao longo do tempo. 

Ao enfrentar dificuldades em expressar uma ideia em inglês, tente contornar o problema usando palavras que você conhece ou reformulando a frase de uma maneira mais simples.

6. Simulação de situações reais

Pratique situações de comunicação específicas que você provavelmente encontrará em seu dia a dia, como fazer pedidos em um restaurante, conversar com colegas de trabalho ou lidar com situações de atendimento ao cliente.

7. Utilize recursos online

Existem inúmeros recursos online, como aplicativos de aprendizado de idiomas, cursos, vídeos tutoriais e fóruns de discussão, que podem ajudá-lo a melhorar suas habilidades linguísticas de forma autônoma.

Para mais dicas sobre o inglês cotidiano, conheça o blog do Jonas Bressan!

ARTIGOS RECOMENDADOS