Gabriel Monteiro PM: Conheça todos os personagens do caso
Menu & Busca
Gabriel Monteiro PM: Conheça todos os personagens do caso

Gabriel Monteiro PM: Conheça todos os personagens do caso

Home > Notícias > Urbano > Gabriel Monteiro PM: Conheça todos os personagens do caso

Gabriel Monteiro, soldado da Policia Militar, youtuber e membro do MBL vem ganhando repercussão na mídia depois de ter relatado diversas ameaças que vem sofrendo do Comando Vermelho.

Gabriel postou que teria recebido ameaças do Comando Vermelho através de uma imagem enviada por um amigo. Veja as mensagens:

Fonte: Pleno.News

Gabriel se envolveu em polêmica com o ex-comandante-geral da polícia Ibis Silva Pereira , interpelando-o e gravando vídeos sem sua autorização. Após o episódio, Ibis nomeou a atitude de Gabriel como uma “transgressão disciplinar de natureza grave”, e Gabriel foi alvo de uma sindicância da corporação “por tratar o coronel Ibis de forma desrespeitosa, em pelo menos duas ocasiões”, tendo inclusive filmado-o “sem autorização”, segundo o portal O Dia.

Por isso, o PM Gabriel Monteiro pode perder o porte de arma e a identidade funcional da Polícia Militar, correndo o risco de ser expulso da corporação. A retirada dos direitos do soldado foram publicadas no boletim interno da polícia na última quarta-feira (4).

Essa não é a primeira polêmica envolvendo Gabriel Monteiro. O PM ganhou fama após agredir um jovem durante o velório da menina Ágatha Félix, assassinada pela Polícia do Rio de Janeiro no ano passado. O integrante do Movimento Brasil Livre (MBL) desferiu um soco contra Felipe Gomes durante uma discussão. Além desse caso, o youtuber também teria atirado contra o motorista de aplicativo Wallacy, em São Gonçalo (RJ) em outubro de 2018.

Resultado de imagem para gabriel monteiro
Gabriel Monteiro relata que tem sofrido ameaças.

Diante da repercussão do caso, a hashstag #somostodosgabrielmonteiro se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta quinta-feira (05). Conheça os outros personagens do caso Gabriel Monteiro e como eles se conectam:

Personagens do caso Gabriel Monteiro PM

Ibis Pereira

Resultado de imagem para Ibis Pereira

Um dos protagonistas do caso, ex-comandante geral da PM reformado e trabalha na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Acusado por Gabriel Monteiro de ser membro do PSOL e ter ligação com o Tráfico do Comando Vermelho.

Nesses 33 anos de Polícia Militar, eu honrei a farda e aprendi que a corporação é um importante elemento de coesão social. Um policial precisa ser, acima de tudo, alguém que cuida da lei e da sociedade, não que a transgride para fins de projeção pessoal. O que torna essa profissão incompatível com qualquer tipo de desrespeito com relação ao outro.

Ibis Pereira, coronel da Polícia Militar.

Psol

Resultado de imagem para psol
Psol

Fundado em junho de 2004, é o Partido Socialismo e Liberdade brasileiro ao qual Ibis Pereira é filiado e trabalha no gabinete.

Comando Vermelho

Resultado de imagem para Comando Vermelho
Sigla do Comando Vermelho

Criada em 1979 no Instituto Penal Cândido Mendes, na Ilha Grande, Angra dos Reis, Rio de Janeiro o Comando Vermelho Rogério Lemgruber, também conhecido pelas siglas CV e CVRL, é uma das mais poderosas facções criminosas do Brasil.

Gabriel Monteiro teria acusado Ibis de envolvimento com a facção além de revelar ter sofrido ameaças do comando. Entre os membros do Comando Vermelho, estão os líderes Fernandinho Beira-Mar, Marcinho VP, Mineiro da Cidade Alta, Elias Maluco e Fabiano Atanazio (FB). 

Alerj

Resultado de imagem para Alerj
Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj)

Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, local onde fica o gabinete da deputada Renata Souza e onde o oficial Ibis Pereira trabalha como assessor parlamentar. Foi no Gabinete da deputada que Gabriel Pereira se passou por estudante universitário para marcar uma conversa com o coronel Ibis e tentou uma entrevista em 23 de outubro do ano passado.

Wilson Witzel

Resultado de imagem para Wilson Witzel
Wilson Witzel

Atual governador do Rio de Janeiro, ex-fuzileiro naval, teria abandonado a sua carreira de juiz federal objetivando entrar na política. Gabriel Monteiro utilizou suas redes sociais para pedir ajuda aos seus seguidores para cobrar uma resposta do governador sobre a suposta ligação do coronel Ibis Pereira com o Comando Vermelho.

_________________
Por: Redação – Fala!Universidades

Tags mais acessadas