segunda-feira, 17 junho, 24
HomeCulturaDia de Tiradentes - 21 de abril: Entenda o significado da data

Dia de Tiradentes – 21 de abril: Entenda o significado da data

No dia 21 de abril, é comemorado o Dia de Tiradentes, data considerada como feriado nacional por meio da Lei 10.607, sancionada em novembro de 2002.

O feriado faz alusão ao militar mineiro Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido como Tiradentes por ser um dentista amador, que ficou conhecido por ser um dos líderes da Inconfidência Mineira. Por conta de sua conspiração, o mineiro foi preso e executado, tornando-se um símbolo de liberdade anos depois.

Dia de Tiradentes significado
Entenda o significado do Dia de Tiradentes. | Foto: Reprodução/ Canva

Qual a história do Dia de Tiradentes?

A Inconfidência Mineira, também chamada de Conjuração Mineira, foi uma revolta de caráter separatista e republicano que ocorreu em 1789 na então capitania de Minas Gerais. O movimento foi organizado pela elite socioeconômica mineira e tinha o objetivo de lutar contra o domínio colonial de Portugal. Assim, eles buscavam proclamar uma República independente.

Um dos principais motivos para elite mineira organizar a revolta foi a cobrança de impostos de Portugal sobre a extração. Na época, o ouro estava entrando em decadência devido ao volume excessivo de extração. Em 1788, Visconde de Barbacena passou a assumir o governo de Minas Gerais e determinou que se realizasse uma “derrama”, ou seja, uma cobrança forçada de tributos.

Participantes do movimento se uniram para realizar a revolta no dia que o novo governador programou para dar início a derrama. A revolta, no entanto, não aconteceu porque três participantes traíram o movimento e delataram o planejado para a Coroa. Foram eles: Joaquim Silvério dos Reis, Basílio de Brito Malheiro do Lago e Inácio Correia Pamplona.

Tiradentes havia viajado para o Rio de Janeiro a fim de conseguir armas para a revolta e foi preso no dia 10 de maio de 1789. Outros inconfidentes também foram presos e, assim como Tiradentes, passaram por um julgamento que durou três anos.

A princípio, a sentença determinava a morte de dez inconfidentes. Mas a Rainha D. Maria I amenizou a pena de nove inconfidentes, que foram expulsos do Brasil. Apenas Tiradentes foi condenado à morte e, no dia 21 de abril de 1792, ele foi enforcado e esquartejado.

A partir do século XIX, no entanto, o regime republicano elegeu Tiradentes como um mártir da liberdade, tornando-se um herói nacional. A data foi eleita como feriado no ano de 1890 e, desde então, a história do inconfidente é relembrada no Dia de Tiradentes.

_________________________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS