Bebês lutadores: Conheça Abdu Rozik e Hasbulla, febres no TikTok
Menu & Busca
Bebês lutadores: Conheça Abdu Rozik e Hasbulla, febres no TikTok

Bebês lutadores: Conheça Abdu Rozik e Hasbulla, febres no TikTok

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Bebês lutadores: Conheça Abdu Rozik e Hasbulla, febres no TikTok

No último mês, “bebês” lutadores vêm dando o que falar na internet. Na verdade, Abdu Rozik e Hasbulla Magomedov, os lutadores, são jovens de 18 anos, que aparentam ser crianças. Aliás, esse é um dos grandes motivos que chamam a atenção para a dupla. As lutas, por sua vez, são arbitradas pelo lutador de 19 anos, Tamaev Asxab, conhecido também como “Hulk russo” e uma das referências das artes marciais mistas (MMA).

Dessa forma, a seguir, conheça um pouco mais sobre a competição entre os lutadores. Além disso, confira a trajetória de Tamaev Asxab, Abdu Rozik e Hasbulla Magomedov.

bebês lutadores
Novas sensações da internet, “bebês” lutadores chamam a atenção. | Foto: Reprodução/Instagram.

“Bebês” lutadores fazem sucesso com batalhas na internet

Por mais que, de fato, não sejam bebês lutadores, a dupla Hasbulla Magomedov e Abdu Rozik vem dando o que falar na web. Magomedov é um dos grandes tiktokers e teve sua ascensão em meio à pandemia. Por sua vez, Rozik é um musicista tadjique que bateu recordes por ser o menor cantor do mundo.

Ambos não têm passagem pelas lutas marciais, mas protagonizaram uma luta administrada por Tamaev Asxab. O vídeo vem fazendo sucesso ao redor do mundo e despertou a curiosidade de várias pessoas que não são do meio. A produção está disponível tanto no YouTube de Asxab quanto em sua conta do Instagram.

Confira o vídeo anunciando a batalha em maio deste ano:

Quem são os “bebês” lutadores?

Abdu Rozik

Vindo do Tajiquistão, Abdu Rozik é um musicista de 18 anos e conquistou fãs por seu talento único em cantar músicas de rap do país.

Abdu Rozik
Cantor Abdu Rozik. | Foto: Reprodução/Instagram.

Quando criança, Rozik sofria de raquitismo, mas seus pais não tinham condições financeiras para o tratamento. Então, isso levou ao atrofiamento de seu crescimento. Por isso, muitas pessoas pensam que é uma criança, justamente por sua estatura e outras características físicas.

Hoje em dia, mora na cidade de Dushanbe e recebe apoio financeiro do rapper tadjique Baron (Behruz). Além de investir na carreira musical do jovem, Baron também pagou uma consulta médica ao astro e descobriu que sua condição pode ser tratada, permitindo um crescimento de até 50 cm.

Sua carreira ganhou um novo patamar em 2021. O artista tornou-se alvo dos holofotes após lutar contra Hasbulla Magomedov, sob a coordenação do lutador Tamaev Asxab. Com isso, seus vídeos de luta também tornaram-se virais na internet.

Ninguém do trio comentou sobre o retorno da batalha entre “bebês” lutadores, contudo, como a primeira luta foi um sucesso e vem acumulando visualizações, é bem possível que o grupo se reúna para gravar mais vídeos. Afinal, Tamaev Asxab, Hasbulla Magomedov e Abdu Rozik mantêm uma boa relação entre si, indo a restaurantes e passeando.

Carreira musical de Abdu

O jovem Abdu Rozik, no entanto, já era conhecido na internet, mas não como lutador, mas sim como um ótimo musicista. Conhecido por cantar rap e outras músicas populares no Tajiquistão nas redes sociais, o rapaz de 18 anos conquistou mais de 400 mil inscritos em seu canal no YouTube.

Seu maior sucesso, contudo, é Ohi dili Zor, canção de Farahmand Karimov, que o tornou popular no TikTok e Instagram. Atualmente, a música possui mais de 6 milhões de visualizações em seu canal do YouTube, com mais de 20 mil comentários e 186 mil likes.

Por conta de seu sucesso na música e após a ascensão dos bebês lutadores na internet, Abdu Rozik possui 1 milhão de seguidores no Instagram, onde compartilha detalhes de sua carreira musical e de seu mais novo hobby, o de lutador.

Hasbulla Magomedov

Por mais que muitos achem que tem 5 anos de idade, Hasbulla Magomedov tem 18 anos e é um dos blogueiros mais famosos de Makhachkala, Daguestão. O jovem alcançou a fama no ano passado, durante a pandemia, depois de publicar vídeos engraçados no TikTok. O adolescente também é chamado de ‘Mini Khabib’, nome inspirado no lutador de UFC Khabib Nurmagomedov.

Hasbulla Magomedov
Astro Hasbulla Magomedov. | Foto: Reprodução/Instagram.

Não há uma certeza sobre a condição da estrela, mas muitos acreditam que as características infantis de Magomedov tenham a ver com uma deficiência do hormônio do crescimento (GHD), também conhecida como nanismo. No entanto, alguns boatos contam que Hasbulla pode ter progéria, popularmente nomeada “doença de Benjamin Button”, por conta do filme O Curioso Caso de Benjamin Button – no qual o protagonista nasce com feições adultas, mas fica mais jovem conforme vai envelhecendo. Apesar de várias especulações, não há nenhuma confirmação sobre o caso de Magomedov.

Tamaev Asxab

Tamaev Asxab tem 19 anos e nasceu na capital da Chechênia, Grósnia. Asxab é lutador de artes marciais e compete na categoria de pesos pesados. Apesar de ser lutador, tem apenas uma luta profissional em sua carreira. Assim, em dezembro de 2018, lutou contra a estrela ucraniana Philip ‘Marvin’ Tretiak e venceu por finalização no segundo assalto.

Tamaev Asxab
Lutador Tamaev Asxab. | Foto: Reprodução/Instagram.

Famoso por ser o “Hulk russo”, devido a seu pescoço de 51 centímetros de diâmetro e grandes bíceps, ele também ganhou fama após treinar outros lutadores. Atualmente, Asxab chamou a atenção após promover a luta entre o astro do TikTok, ‘Mini Khabib’, e o musicista e youtuber Abdu Rozik.

Recentemente, no dia 18 de maio de 2021, Tamaev divulgou um vídeo da luta entre as celebridades. Entretanto, o que mais atraiu os olhares foi a performance dos adolescentes. Muitos acreditaram que eram bebês lutadores, mas, na verdade, ambos têm 18 anos. As estaturas similares a de uma criança vêm de condições especiais, que impedem o crescimento dos jovens.

Por outro lado, a luta tem dividido opiniões na internet. Enquanto parte da comunidade do MMA aceita a batalha como forma de entretenimento, outras pessoas acreditam que a prática é ofensiva e trata-se somente de uma questão publicitária e de relações públicas.

Mesmo com tantas críticas, Abdu Rozik e Hasbulla Magomedov, os bebês lutadores, tornaram-se fenômenos na internet, conquistando likes e visualizações.

_______________________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala!

Tags mais acessadas