Confira 5 penteados e a história por trás de sua origem
Menu & Busca
Confira 5 penteados e a história por trás de sua origem

Confira 5 penteados e a história por trás de sua origem

Home > Lifestyle > Confira 5 penteados e a história por trás de sua origem

Existem penteados que marcaram épocas históricas e, muitas vezes, estamos usando um estilo de cabelo sem nem saber a história por trás! Vamos apresentar cinco deles.

5 penteados e suas origens

1 – O icônico topete de Elvis Presley

Vocês sabiam que, na verdade, quem começou a tendência de usar topetes foram as mulheres? 

Exatamente! A cantora Janelle Monáe foi uma das famosas que teve como marca registrada o penteado volumoso no topo da cabeça, sendo inspiração para mulheres modernas que queriam experimentar outro visual.

Mas, na verdade, as pioneiras foram no século XVIII, as mulheres usavam o topete para determinar seus status, quanto mais altos, maior a nobreza. Assim se comprova que o penteado é total girl power, e só na década de 40, os homens começaram a aderir aos cabelos para cima.

Janelle Monáe
Janelle Monáe. | Foto: Getty Images.

2 – Angelina Jolie

A atriz sempre foi aclamada no cinema e tudo o que fazia era tendência! Principalmente a sua personagem no filme 20 segundos que usava um cabelo loirão com mechas retorcidas e, como era começo dos anos 2000, acabou sendo um penteado fundamental para as jovens que se inspiravam nela.

Angelina Jolie
Angelina Jolie. | Foto: Divulgação.

3 – Franjas

A maioria das pessoas pensa que foi Cleópatra que começou com a tendência das franjas, mas, na verdade, foi um homem!

Ziryab, um homem que viveu no período medieval islâmico, se ele ainda estivesse vivo, ia ficar chocado que o seu estilo de cabelo é e sempre foi um corte icônico.

Cleópatra
Representação de Cleópatra. | Reprodução: Rede Globo

4 – Tranças Africanas

As tranças, especialmente a chamada nagô, são bem comuns na África, são penteados que abrangem um terreno social: religião, idade, etnia e outras identidades que podem ser expressadas pelo cabelo. E isso é extremamente importante, porque o ato de trançá-las transmite valores entre as gerações.

Tranças africanas
Tranças africanas. | Foto: Vozes da Comunidade, Reprodução.

5 – Cabelo Bob

Durante a nossa história, um cabelo curto nas mulheres era reflexo de rebeldia e isso nos faz pensar em Cleópatra, Coco Chanel e Jacqueline Kennedy Onassis, por quê? A rainha do Egito, a estilista e a ex-primeira dama dos EUA foram mulheres que tinham a cara desse corte de cabelo até hoje. Claro que, em épocas diferentes, mas as três lutaram contra os padrões que lhe foram impostos e contribuíram mais ainda para a causa feminina. Mas o que o corte tem a ver com o feminismo?

Os cabelos acompanharam muitas transformações, sendo assim, um símbolo de independência e empoderamento feminino.

Cabelo Bob
Cabelo Bob. | Foto: Reprodução.

__________________________________________
Por Maria Caroline Pelegrini de Oliveira – Fala! FAAM

Tags mais acessadas