Menu & Busca
Como manter um físico saudável durante a faculdade

Como manter um físico saudável durante a faculdade


Faculdade é sinônimo de anos de estresse, diversão, menos horas de sono e de tempo para si mesmo. No meio desse turbilhão de coisas para fazer, é muito fácil deixar o bem-estar físico de lado e focar nessa vida universitária, mas existem modos de contornar essa dificuldade de se encaixar na sua própria rotina.

1- Não deixe para depois o que pode ser feito agora:

 Parece que uma coisa não está ligada a outra, mas acredite, está. Uma vez que os dias estão ocupados por trabalhos a fazer e entregar, tanto da faculdade quanto de um estágio, o mais importante é fazê-los de uma vez, assim que são propostos. Desse modo, com tudo adiantado e nada para última hora, pelo menos algo em torno de 8 horas de sono está garantido.

2- Use o transporte público

 Além de ser mais barato do que andar de carro, utilizar o transporte público, quando possível, garantirá que você se irá se colocar em movimento; uma luta constante com a massa de pessoas entrando e saindo do trem ou metrô, aquela corridinha amiga a fim de alcançar o ônibus no ponto e por mais cansativo que seja, tente subir as escadas nas estações de metrô.

3- Se exercite, mesmo sem ter tempo de ir à academia (o que também é uma possibilidade)

 Se colocar em movimento é muito importante, não para emagrecer ou alcançar um certo tipo de corpo, mas para condicionar seu corpo a se manter mais forte, te auxiliando em movimentos do dia a dia e fortalecendo seus músculos.

 Começando pelos exercícios gratuitos, há uma corrida ou exercícios ao ar livre no meio da semana ou no final. O ar livre vai fazer muito bem também.

Entre os melhores lugares para se exercitar em São Paulo estão os parques do Ibirapuera, em Moema, Villa Lobos, no Alto de Pinheiros, Parque do Carmo em Itaquera, Burle Marx, no Panamby, zona sul da cidade.

 Praças também são ótimas opções para se colocar na ativa, fisicamente, e a vantagem desses lugares é que, por serem menores do que parques, são mais comuns em zonas mais próximas a zonas residenciais. É muito provável que sua região abrigue pelo menos uma praça.

 Também há a opção de utilizar seu bairro e se colocar em movimento por ali mesmo, ou a Avenida Paulista de domingo, fechada para carros, o que dá aos cidadãos uma avenida inteira para aproveitarem do modo como bem entenderem.

  Correr ou caminhar nesses lugares é uma ótima opção, assim como fazer aquela série de abdominais e outras atividades que não utilizam equipamentos, como agachamentos, pranchas, flexões, alongamentos e vários exercícios de yoga e pilates de solo, que fortalecem e definem os músculos muito bem. E tudo isso pode se resumir em uma hora do seu dia, lembrando que o dia da semana é de livre escolha, inclusive durante fins de semana.

 Ou você pode optar por não sair de casa e utilizar o chão da sua sala para colocar aquela música alta de academia no celular e fazer os mesmos exercícios que faria ao ar livre. Há muitos vídeos no You Tube, alá Jane Fonda, que guiam sua malhação e duram de 10 minutos a 1 hora, a escolha é sua e é uma prática muito fácil, é preciso apenas pesquisar o que busca. Exemplo: Série de abdomin

 Agora, para exercícios pagos, há duas opções: contratação de serviço ou compra de objetos utilizados nas práticas físicas.

Personal Trainers são profissionais que montam um treino exclusivo para cada cliente, uma vez que é um atendimento mais direcionado. Você pode montar sua agenda com um personal, mas os horários do profissional serão mais restritos por ter outros clientes, e a vida corrida de universitário requer uma rotina flexível; o preço é mais elevado.

 Ser matriculado em alguma academia é uma boa opção, uma vez que cada um pode ir se exercitar na hora que quiser e utilizar os equipamentos, mas àqueles que não tem forças no fim do dia, ou tempo para ir à academia, é um dinheiro não muito bem utilizado. Se matricule apenas se tiver certeza que poderá atender.

 Também é possível utilizar seu momento de divertimento como um momento de investir na saúde, praticando alguma modalidade da qual realmente gosta, juntando-se a algum time ou praticando sozinho: Vôlei, Futebol, Basquete, Tênis, Luta (requer uma equipe ou um personal), Ciclismo, Patinação.

 A alternativa mais próspera e útil é investir dinheiro em equipamentos como pesinhos para superior e inferior, elásticos, corda, tapete de pilates (para poder se exercitar em qualquer lugar), uma bicicleta (comece a realizar caminhos curtos de bicicleta ou usar as ciclovias).

  Não precisa ser difícil, nem custoso, há uma opção para cada estilo de vida.

4-Comidas saudáveis sem passar vontade

 Você pode ir à um profissional em nutrição, ou optar por fazer sua própria dieta. Na correria e estresse do dia a dia, algo que ninguém quer é sentir que está passando vontade. Não se proíba, mas saiba ter moderação. Tempo, ou vontade, para cozinhar todo dia é algo que universitários não têm; opte por reservar uma parte do dia para deixar comida pronta para a semana inteira, uma vez que comida caseira é mais saudável e a economia dessa prática é grande. Cozinhe alimentos saudáveis, cheios de vitaminas e leves, a fim de evitar aquela sensação de estufamento após a refeição. Leve marmitas para onde quiser.

  Lanches nos intervalos das refeições são mais do que necessários. Coma frutas, castanhas, cereais, frutas secas, bolachas integrais, tome iogurtes, vitaminas e bastante água.

  Após o almoço, coma um chocolate, mas sem exagero, não precisa ser um grande; prática que garante o ânimo e faz bem ao cérebro. De vez em quando. não há mal algum em comer aquele sorvete, doce, ou tomar um milk shake, guarde seus fins de semana para isso, ou aqueles dias em que está se sentindo particularmente de mal humor.

5- Maneire nas saídas

  Por mais divertido que seja sair e se divertir, se for uma prática semanal ou quase diária, pode fazer mal ao corpo, tanto pelos tempos de descanso físico que não estão sendo utilizados, quanto pelo consumo de álcool e outras substâncias, que podem fazer muito mal à saúde, pensando a longo prazo.

  Então não deixe de se divertir, mas opte por maneiras mais relaxadas, como uma ida ao cinema, ou um encontro de amigos na casa de alguém. A constância na ida à bares e baladas pode estar afetando o corpo de um modo que o indivíduo nem percebe até optar por dar uma pausa

6- Vá ao médico

  Mesmo com os horários desgastados, ir ao médico fazer aquele check-up geral é obrigatório. Cuide-se bem por dentro e por fora. Dermatologistas e dentistas também são importantes, não esqueça.

7- Prepare aquela playlist motivadora e não perca o ânimo

Lembre-se da importância de colocar atividades físicas na sua rotina.

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas