Como manter o sistema imunológico alto durante a pandemia
Menu & Busca
Como manter o sistema imunológico alto durante a pandemia

Como manter o sistema imunológico alto durante a pandemia

Home > Lifestyle > Saúde > Como manter o sistema imunológico alto durante a pandemia

Ter uma boa imunidade é importante para uma vida saudável e, em tempos de pandemia, essencial. Aqui estão algumas dicas para manter o seu sistema imunológico forte.

imunidade
Manter uma alta imunidade é primordial em uma pandemia. | Foto: Reprodução.

Segundo o Ministério da Saúde, “Os coronavírus são uma grande família de vírus que causam doenças que variam do resfriado comum às doenças mais graves”. O Covid-19 é um tipo de coronavírus que apareceu no final de 2019, na região de Wuhan, na China, e se espalhou pelo mundo todo. Atualmente, há cerca de 1 milhão e meio de casos e 90 mil mortes, sendo considerado uma pandemia.

Com a situação atual, é necessário se proteger e se cuidar ao máximo, evitando sair de casa e aglomerações. Porém, pode-se fazer algo a mais contra doenças como o Covid-19: potencializar o sistema imunológico.

O que é o sistema imunológico?

O sistema imunológico é uma barreira composta de milhões de células de formas e funções diferentes, responsáveis por garantir a defesa do organismo e por manter o corpo funcionando livre de doenças. Por isso, é importante mantê-lo forte, já que ele protege o corpo humano.

Como deixar o sistema imunológico forte?

Há várias maneiras de aumentar a imunidade, incluindo ações comportamentais e nutricionais. Aqui há uma lista do que se pode fazer para proteger o seu sistema em tempos de pandemia.

1. Dormir bem

Dormir horas suficientes é essencial para ter um corpo saudável e uma boa imunidade. Alias, é comprovado por estudos que dormir pouco traz maiores probabilidades de contrair gripes. Adultos devem dormir uma média de 7 horas por dia, enquanto adolescentes precisam entre 8 e 10 horas, e crianças e bebês até 14 horas. 

Se alguém tem problemas para dormir de noite, é sugerido deixar de usar celulares, computadores, tablets e aparelhos de televisão pelo menos uma hora antes de ir dormir. A luz azul emitida por esses aparelhos pode desequilibrar o ciclo de sono do corpo.

Também é recomendado dormir em um quarto totalmente escuro, utilizar uma máscara de olhos, ir dormir todas as noites no mesmo horário e fazer exercícios regularmente.

2. Hidratar-se

Ter um corpo hidratado é importante no dia a dia. Desidratação pode causar dores de cabeça, afetar o humor, o foco, a aptidão física e gerar problemas de coração e rim. Tudo isso pode levar o corpo humano a ser mais suscetível à doenças. 

O ideal é que uma pessoa tome, em média, 2 litros de água por dia, se hidratando a cada 90 minutos.

3. Praticar atividade física moderada

Exercícios físicos intensos podem suprimir seu sistema imunológico, porém, os moderados conseguem aumentá-lo. Atividade física e moderada regularmente pode diminuir inflamação (esta em excesso pode suprimir o sistema imunológico) e ajudar as células que fazem parte do sistema imunológico do corpo a se regeneraram mais rápido.

Em época de quarentena são recomendados vídeos e apps para se exercitar em casa, pular corda por um período curto e corridas em esteiras ou no lugar.

4. Comer mais gorduras saudáveis e vegetais

Gorduras saudáveis podem diminuir a inflamação. É sugerido ingerir azeite de oliva, abacate, peixe, frutas e oleaginosas.

Ingerir vegetais é essencial, já que estes contêm antioxidantes, fibras e vitamina C. Estes são bons para abaixar o nível de suscetibilidade de contrair uma doença.

5. Controlar o estresse e a ansiedade

Aliviar o estresse e a ansiedade é extremamente importante para o corpo e a imunidade. Estresse em grandes períodos pode gerar inflamação e desequilibrar a função celular. 

Atividades que ajudam a melhorar o estresse e a ansiedade são a meditação e a yoga (os quais podem ser feitos a partir de vídeos e apps gratuitos), escrever um diário e utilizar ajuda profissional (podendo ser virtualmente).

6. Suplementar

A suplementação de alguns nutrientes é benéfica no aumento do sistema imunológico, porém, não há provas de que estes previnam o Covid-19.

Alguns suplementos que podem ajudar a imunidade são:

  • Vitamina C
  • Zinco
  • Cúrcuma
  • Própolis
  • Alho

A medida desses suplementos depende do peso e da idade de cada pessoa, então, é recomendável fazer a própria pesquisa e, se for possível, pedir ajuda a um profissional.

7. Ingerir alimentos fermentados ou suplementar probióticos

Alimentos e algumas bebidas fermentadas possuem probióticos como, por exemplo, iogurte, Kombucha, Kefir e bebidas com lactobacilos vivos. Estes promovem o crescimento de bactérias boas no intestino que ajudam as células a diferenciarem células boas e invasores prejudiciais à saúde.

Na falta de alimentos e bebidas com probióticos há sempre a opção de suplementá-los. Para isso, é recomendável a ajuda de um profissional.

____________________________________
Por Marina Benitez – Fala! Cásper

Tags mais acessadas