quarta-feira, 24 abril, 24
HomeFamosos e TVAvril Lavigne completa 39 anos! Relembre 10 sucessos da princesa do rock

Avril Lavigne completa 39 anos! Relembre 10 sucessos da princesa do rock

Quando o título “Princesa do Rock” surge em qualquer roda de conversa, a imagem retratada é a de uma loirinha com as pálpebras maquiadas em tons escuros, uma gravata, calça cargo e mechas coloridas. Avril Lavigne marcou uma geração inteira ao se firmar como uma espécie de anti-heroína do mundo das popstars. 

As roupas mais escuras, uma personalidade forte e a vontade deliberada de não ser associada à concorrência das paradas, que eram infinitamente mais coloridas do que a cantora, a tornaram uma referência para o público que queria fugir — mas nem tanto assim — do mundo pop.

Com isso, a canadense se tornou uma das cantoras mais icônicas e influentes do pop rock que acabou marcando toda uma época com suas músicas rebeldes, românticas e divertidas. Canções, essas, que tomam contexto pelas rodinhas de skates, corredores dos shoppings e quadras de basquete.  

Avril começou sua carreira aos 17 anos e já vendeu mais de 40 milhões de álbuns e 50 milhões de singles no mundo todo, além de ter sido a vencedora de diversos prêmios e indicações, como o MTV Europe Music Awards, o Latin American Music Awards, o iHeartRadio Music Awards e o Grammy .

Nesta quarta-feira, 27 de setembro, Avril Lavigne completa 39 anos de idade, mas parece que o tempo não passou para ela. Com a mesma aparência de quando estourou para a mídia, a cantora continua com seu estilo autêntico, que resgata influências do punk, do grunge e do glam.

E como não poderia ser diferente, ela também continua fazendo sucesso com suas músicas, que evoluíram junto com ela, mas nunca deixaram de soar exatamente como Avril Lavigne.

Então, para celebrar o aniversário da princesa do rock, vamos relembrar 10 sucessos da sua carreira, que marcaram época e ainda fazem parte da nossa playlist. Confira:

avril lavigne
Avril Lavigne completa 39 anos! Relembre 10 sucessos da princesa do rock. | Foto: Divulgação/Instagram.

As 10 músicas de Avril Lavigne que marcaram nossas vidas

Confira:

1. Complicated: Todo mundo sabe que essa é um clássico

Complicated foi a música que apresentou Avril Lavigne para o mundo, em 2002, como parte do seu álbum de estreia, Let Go.

A canção foi um sucesso instantâneo, alcançando o topo das paradas em vários países e sendo indicada ao Grammy de Canção do Ano.

Nessa música, Avril conta sobre um relacionamento frustrado com alguém que age de forma diferente na frente dos outros. No clipe, Avril mostra a personalidade que a firmou como a rebelde encantadora do pop-rock. Com roupas e trejeitos extremamente descolados, a loirinha passeia de skate e bagunça um shopping.

2. Sk8er Boi

Outro hit do álbum Let Go, Sk8er Boi narra uma história de amor entre um roqueiro desajeitado e uma bailarina popular, que não dá bola para ele por causa da sua aparência.

Anos depois, ela se arrepende ao ver que ele se tornou uma estrela da música e está namorando outra garota. A música tem uma pegada mais rock e animada, com riffs de guitarra e refrão grudento. No clipe, Avril toca em um show na rua, enquanto a ex do skatista assiste pela TV.

Existem alguns boatos de que essa história seja real e de que o garoto famoso em questão fosse o seu próprio guitarrista da época.

3. I’m With You

A primeira grande balada de Avril Lavigne, I’m With You mostra um lado mais vulnerável e sentimental da cantora. A canção fala sobre a solidão e a busca por alguém que possa entender os seus sentimentos.

I’m With You foi muito elogiada pela crítica e pelo público, sendo indicada ao Grammy de Melhor Performance Vocal Pop Feminina. Nesse clipe, Avril aparece andando sozinha pelas ruas de uma cidade fria e chuvosa, até encontrar um rapaz em um bar.

A estética é muito fiel às tendências do audiovisual da época, com tons sombrios, passagens excessivamente lentas e cenas dramáticas.

4. My Happy Ending

My Happy Ending foi o segundo single do álbum Under My Skin, lançado em 2004. A música tem uma sonoridade mais pesada e sombria, refletindo a fase mais madura e introspectiva de Avril.

A composição fala sobre o fim de um relacionamento que parecia perfeito, mas que acabou se tornando uma mentira. Na gravação do vídeo de My Happy Ending, Avril relembra os momentos felizes e tristes com o seu ex-namorado, enquanto toca piano em um quarto escuro.

5. Girlfriend

Girlfriend foi a música que marcou a mudança de estilo de Avril Lavigne, em 2007, com o álbum The Best Damn Thing. A canção tem uma pegada mais pop e divertida, com influências do punk e do hip hop.

Em Girlfriend, Avril conta a história de uma garota que quer roubar o namorado de outra, alegando que ela é melhor do que ela. No clipe, Avril interpreta as duas personagens: a namorada careta e a rival atrevida, enquanto elas disputam por um garoto.

6. When You’re Gone

When You’re Gone é outra balada emocionante de Avril Lavigne, que faz parte do álbum The Best Damn Thing. A música fala sobre a saudade e a dor de perder alguém que se ama.

Alguns rumores indicam que a canção seja dedicada ao seu ex-marido, Deryck Whibley, vocalista da banda Sum 41, com quem ela se casou em 2006 e se separou em 2009; mas isso nunca foi confirmado.

No clipe, Avril mostra diferentes histórias de pessoas que sofrem com a ausência de seus entes queridos.

7. What The Hell

What The Hell foi o primeiro single do álbum Goodbye Lullaby, lançado em 2011. Marcando oficialmente o início do seu relacionamento saudável com o pop, a música tem uma vibe mais leve e descompromissada, com uma letra que fala sobre se divertir e não se importar com as consequências.

Dona de um histórico amoroso agitado, What The Hell foi inspirada na sua relação com o seu ex-namorado, Brody Jenner, também conhecido como irmão da socialite Kim Kardashian.

Durante o vídeo que ilustra a música, Avril foge do seu namorado ciumento e sai pela cidade com seus amigos. Esse é um período em que Avril trabalha uma nova identidade, mas ainda honra seu compromisso de má-influência. 

8. Here’s To Never Growing Up

Here’s To Never Growing Up foi o primeiro single do álbum Avril Lavigne, lançado em 2013. A música tem uma mensagem positiva e a cantora tenta resgatar alguns aspectos da sua persona de 10 anos atrás enquanto fala sobre manter o espírito jovem e alegre, mesmo diante das dificuldades da vida.

A canção foi co-escrita por Avril e pelo seu ex-marido, Chad Kroeger, vocalista da banda Nickelback, com quem ela se casou em 2013 e se separou em 2015. No clipe de Here’s To Never Growing Up, Avril aparece tocando em um baile de formatura, vestida como no clipe de Complicated.

9. Head Above Water

Head Above Water foi o primeiro single do álbum de mesmo nome, lançado em 2019. Essa é uma canção que performa uma sonoridade mais acústica e dramática, com uma letra que fala sobre a sua luta contra a doença de Lyme, que a afastou dos palcos por alguns anos.

A música é um desabafo sincero e emocionante de Avril, onde a cantora pede a Deus para ajudá-la a sobreviver. Avril aparece em uma paisagem natural durante o clipe, simbolizando a sua conexão com a sua fé. Quase vinte anos depois de sua estreia, é outra Avril que se comunica com o público.

10. We Are Warriors

We Are Warriors foi uma música lançada em 2020, como parte da campanha de combate à pandemia de Covid-19.

A música é uma versão modificada da canção Warrior, que faz parte do álbum Head Above Water. Na composição, Avril fala sobre a força e a coragem das pessoas que enfrentam as adversidades e lutam por um mundo melhor.

A canção é uma homenagem aos profissionais da saúde e aos trabalhadores essenciais, que heroicamente se expuseram ao perigo para proteger as vidas alheias em uma das mais graves crises da humanidade.

Essas foram algumas das músicas inesquecíveis de Avril Lavigne, que pavimentaram a sua relevância e influência no gênero do pop rock mundialmente. A cantora segue empenhada em novos projetos e parcerias, buscando ampliar sua carreira e atrair novos públicos. 

Prestes a completar 40 anos, Avril Lavigne continua a mostrar que seu compromisso com o título de princesa do rock nunca vai perder a força.

__________________________
Por Thais Datri – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS