O que é airsoft? Entenda tudo sobre o jogo
Menu & Busca
Airsoft: Qual a estrutura e regras do jogo?

Airsoft: Qual a estrutura e regras do jogo?

Home > Notícias > Mercado > Airsoft: Qual a estrutura e regras do jogo?

Gosta de jogos de guerra? Situações de combate? Aventura e adrenalina? Talvez o airsoft seja o jogo perfeito para você. Air soft é um esporte de ação que procura simular situações de combate. E para que isso se torne real, ou o mais próximo possível disso, vale a pena investir em armamentos, equipamentos, acessórios e vestimentas que tornem essa experiência fidedigna. A intenção é fazer com que você se sinta imerso em uma guerra ou operação policial de verdade.

O airsoft utiliza em suas partidas armas de pressão que disparam pequenas bolinhas de plástico (bbs) com aproximadamente 6mm de diâmetro. Diferentemente das munições utilizadas em paintball, as bbs são rígidas e não possuem tinta em seu interior.

Dessa forma, o compromisso, a lealdade e a veracidade dos jogadores participantes é essencial para o desenvolvimento de um jogo justo, pois com o disparo das bbs é impossível saber quem foi ou não foi atingido. Ou seja, cabe ao jogador assumir a responsabilidade de admitir quando for alvejado e então sair do jogo.

airsoft
Entenda o que é o jogo airsoft. | Foto: Pixabay.

História do Airsoft

Surgido no Japão na década de 1970, o airsoft é atualmente um esporte com popularidade crescente em todo o mundo. No seu país de origem, ele é considerado uma espécie de esporte nacional. É comum a promoção de eventos voltados para o airsoft em diversas partes do mundo.

Nos Estados Unidos, por exemplo, existe um evento anual chamado “Operação Irene”, que ocorre em uma base do exército e que tem duração de um fim de semana inteiro. Na Europa, também há outro evento bastante conhecido chamado “Berget”, que atrai um enorme público interessado na prática do airsoft.

Airsoft x Paintball, qual a diferença?

Os leigos confundem as duas modalidades, mas existem muitas diferenças entre elas. Você sabe quais são?

  • Preço da munição é bem mais em conta no airsoft que as bolinhas de tinta do paintball;
  • No airsoft, utilizam-se armas de pressão, “réplicas” de armas de fogo reais, por isto há mais realismo nos jogos;
  • Os tiros não machucam menos que no paintball, pois não há a necessidade dos projéteis estourarem;
  • A roupas, equipamentos e acessórios não ficam manchados de tinta no airsoft;
  • A realidade é uma necessidade, tanto nas armas, como vestimentas e no comportamento tático dos jogadores;
  • A honra e a honestidade são a base do esporte.

Honra e honestidade no airsoft

A honra e a honestidade são os principais pilares do airsoft, sem elas o esporte não sobrevive. Ao aceitar participar e jogar, você aceita a honra e a honestidade como preceitos do esporte, assumindo o compromisso e a responsabilidade de deixar a partida caso venha a ser atingido. Como em um combate na vida real, ao ser alvejado, é natural se afastar do fogo cruzado para buscar abrigo e esperar socorro. A partir desse momento, portanto, você está fora do combate.   

Vale ressaltar que, apesar das armas de pressão representarem réplicas de armas de fogo verdadeiras, seus mecanismos internos em nada se assemelham ao de uma arma real, tornando-se impossível converter armas de airsoft em armas que fazem uso de munição com pólvora.

Outro ponto importante é que no Brasil o airsoft é regulamentado pela portaria 002-Colog de 26/02/2010, que exige que todas as armas destinadas ao esporte apresentem em na extremidade do cano uma marcação laranja ou vermelho vivo. Esta é uma obrigação legal que deve ser seguida à risca por seus praticantes, por isso seja consciente, obedeça a lei e ajude a praticar o airsoft de forma responsável e legal.

Estrutura do airsoft: como o jogo funciona?

Por simular situações de combate, o realismo é um elemento muito importante para o esporte. A devida caracterização e instrumentalização faz toda a diferença. O jogo airsoft costuma ser composto por pelo menos duas equipes, mas pode ser mais. Vence a equipe que conseguir alcançar o objetivo primeiro. E, ah! Podem ser vários objetivos para uma mesma partida.

Público

É interessante destacar que o público praticante desse esporte são pessoas absolutamente comuns e lotadas nas mais variadas profissões e ocupações. Médicos, professores, vendedores, estudantes, pedreiros e, claro, membros pertencentes à segurança pública e privada.

Princípios do esporte

Apesar da admiração, em momento algum o esporte faz qualquer tipo de alusão à política, ao paramilitarismo, separatismo, à prática de crimes ou a revoluções de qualquer natureza. O ponto em comum entre essas pessoas é a profunda admiração pelas forças policiais e militares.

O objetivo do jogo airsoft é promover os princípios do esporte – honra e honestidade – através da diversão e interação entre as partes envolvidas.

Armas

Enquadradas como armas de pressão, as armas destinadas ao esporte de airsoft são regidas de acordo com decretos e portarias do Exército Brasileiro (R-105 e Portaria Nº 02 COLOG, de 26 fevereiro de 2010). No que se refere ao armamento utilizado em jogos e partidas do esporte, existem três tipos de armas: elétricas, de gás e à mola.

Elétricas

As armas mais utilizadas por aqueles que manifestam o desejo de ingressar no esporte são as elétricas, conhecidas como AEG – Automatic Eletric Gun, ou “Arma Elétrica Automática”, que são armas que fazem uso de uma bateria, um motor e sistema de engrenagens e pistão como forma de comprimir a mola e expelir o projétil.

Gás

Outro tipo são as armas à gás, geralmente pistolas que se assemelham ao sistema de recuo das armas de fogo, chamadas GBB – gás blowback.

Mola

Por fim, hás as armas que fazem o uso manual da compressão da mola, comprimindo o ar e expelindo as munições (no caso as bbs), como as Springers, os Snipers e as shotguns. 

As munições, ou bbs, utilizadas durante o jogo airsoft possuem em média 6mm e são feitas de plástico, em sua maioria, ou algum outro composto biodegradável. Sua gramatura pode variar entre 0,2 e 0,3g.

Segurança

Outro aspecto importantíssimo para você que já pratica o esporte ou pensa em começar agora é a segurança. Equipamentos de Proteção Individual – EPIs são necessários e obrigatórios ao participante diretamente envolvido na partida.

Capacetes, máscaras de proteção ou óculos de vedação são de suma importância para garantir a proteção do jogador e acidentes indesejados, como uma bbs atingir os olhos de alguém, por exemplo. Joelheiras, cotoveleiras, luvas, coturnos e coletes de proteção também são importantes, embora não sejam imprescindíveis para o desenvolvimento do combate.

O importante mesmo é estar confortável e devidamente protegido, de modo a ter a mobilidade e a agilidade necessárias para alcançar os melhores resultados possíveis durante a partida.

E aí, você está pronto para o combate?

__________________________
Por Tassia Malena Leal Costa – Fala! Universidade Federal do Amapá

Tags mais acessadas