Work Exchange: viagens internacionais trocam habilidades por hospedagem
Menu & Busca
Work Exchange: viagens internacionais trocam habilidades por hospedagem

Work Exchange: viagens internacionais trocam habilidades por hospedagem

Home > Cultura Inglesa > Work Exchange: viagens internacionais trocam habilidades por hospedagem

Você sabia que é possível fazer uma viagem internacional e trocar habilidades e experiências pessoais por hospedagem? Entenda neste texto como funciona o Work Exchange, tipo de intercâmbio em crescimento no mundo — principalmente entre os jovens — e qual a importância de dominar a língua inglesa. Ficou interessado? Saiba mais sobre essa forma de viajar e veja como o inglês pode te abrir portas!

viagens internacionais trocam habilidades por hospedagem
Viagens internacionais trocam habilidades por hospedagem; saiba mais! | Foto: Reprodução.

Worldpackers

Empresas como a Worldpackers têm levado mais de 1 milhão de jovens ao exterior. Essa plataforma brasileira te possibilita viajar e oferecer seu tempo e sua força de trabalho (habilidade e vontade de aprender), para obter acomodação e, em alguns casos, comida, em diversos países pelo mundo. 

O manuseio do aplicativo é bem fácil. Você cria seu perfil e insere as habilidades que tem e as que deseja desenvolver. Além disso, ao se candidatar à vaga de um anfitrião, será preciso escrever uma carta com o porquê do interesse naquele trabalho. Nessa seção, seja criativo e não estacione no senso comum. Para o co-fundador da Worldpackers, Eric Faria, “a missão [da plataforma] é empoderar pessoas para se descobrirem e descobrirem o mundo.”

Para isso, coloque o que te move, seus objetivos de vida e como atuar em certa área te traria benefícios. E o mais importante: o que o anfitrião e a comunidade local ganharão com sua presença ali? Pense nos efeitos que seu trabalho pode gerar e em como suas ações podem ecoar na sociedade. 

Como é, na prática, esse tipo de intercâmbio?

Também chamada de volunturismo, essa modalidade de viagem é um intercâmbio de trabalho. Ou seja, você oferece algumas horas de ajuda para um anfitrião — donos de hostels, fazendas e albergue —, em troca de moradia. Dessa forma, você consegue viajar, fazer algo de útil a uma comunidade e economizar bastante, já que a hospedagem é um dos maiores gastos, e até empecilhos, para ir ao exterior. 

Auxiliar de limpeza, cozinheiro, garçom, pintor, camareiro, atendente, administrador, jardineiro e cuidador de animais são apenas algumas das funções disponíveis. Mas, calma! Não é necessário que você tenha experiência para atuar em nenhuma dessas áreas. Basta o anfitrião perceber seu interesse constante no intercâmbio, bem como desenvolver habilidades e auxiliá-lo; assim, seu sucesso estará garantido.

Nesta viagem, em média, você trabalha de quatro a cinco dias na semana com carga horária diária de 5h. Nos dias de folga, o voluntário pode sair para passear, conhecer a cidade, criar amigos e aprender mais sobre os costumes locais. Viu como viajar para o exterior pode expandir sua consciência? Além de desembolsar um baixo custo e fazer um verdadeiro intercâmbio cultural, com essa experiência você ainda desenferruja seu inglês e também pode aprender dialetos.

como falar em inglês
Aprender o idioma inglês é essencial, conheça os motivos. | Foto: Reprodução.

Por que aprender inglês é tão importante?

Agora, vamos te propor uma reflexão: já pensou em passar meses escolhendo o destino de uma viagem, planejando gastos e vislumbrando a bagagem de conhecimento obtida com o passeio? Seria brilhante se, antes de tudo isso, você considerasse verificar e testar o seu nível de inglês, algo primordial para uma viagem internacional. 

Portanto, nesse contexto, aprender inglês é fundamental. E, mais do que isso: dominar a língua inglesa é requisito básico para viajar ao exterior. Conhece alguma história, por vezes cômica, de alguém que já fez uma viagem para fora e teve dificuldades em se comunicar pois não falava inglês? Se você não quiser passar por isso, comece já a se aperfeiçoar no idioma.

Se você quiser conquistar posições de destaque no mercado e vivenciar experiências únicas na sua vida, a hipótese de não aprender inglês, seja por falta de tempo ou outro motivo, precisa estar fora de cogitação. Com as frequentes transformações e evoluções em todo o mundo, falar inglês não é mais considerado um diferencial do indivíduo que almeja uma vaga de emprego, mas um requisito básico. 

Já imaginou visitar um país e não saber como se comunicar com os nativos, interpretar placas, fazer compras, entender o preço do produtos e criar laços de amizade? Seu intercâmbio, certamente, estaria arruinado.

Somado a isso, outro motivo para lá de interessante para aprender a língua é a aquisição de conhecimento. Inúmeros documentos, artigos, livros, cursos e palestras são publicados e disponíveis somente em inglês. Conteúdos produzidos em outra língua, como o francês, costumam ser traduzidos, prioritariamente, para a língua inglesa. Ademais, você pode ter acesso aos materiais e estudos científicos divulgados recentemente.

E para você que é fã de filmes e séries, aprender inglês oferece muitas vantagens. Isso te permite entender, de forma mais clara, as famigeradas “piadinhas”, que dubladas não fazem o menor sentido. 

Mãos à obra!

Por essas e outras razões, saber inglês é essencial. Com ele você pode viajar para onde quiser, fazer um bom intercâmbio e desenvolver seu pensamento, já que terá a chance de entrar em contato com pessoas de todas as partes do globo. 

Ficou com vontade de mergulhar no universo do inglês para fazer aquela viagem dos sonhos? Não perca tempo para começar a aprender e chegar aonde quiser. Como você pode perceber, são diversas as vantagens de quem domina o inglês! E aqui vai uma dica: a Cultura Inglesa está dando aulas ao vivo pena internet.

______________________________
Por Ana Paula Jaume – Fala! UFRJ

Tags mais acessadas