Menu & Busca
Que tal viajar sozinho(a)? Confira algumas dicas para você começar a se planejar

Que tal viajar sozinho(a)? Confira algumas dicas para você começar a se planejar


Escolha do destino

Essa pode e deve ser a parte mais divertida de toda a pré-viagem. Por isso, tire algum tempo para pesquisar e se jogar nas diversas possibilidades de destinos. Tenha em mente os lugares que você já tem o costume de frequentar, por exemplo praia, resort ou campo, a partir daí você conseguirá pensar em algo que se identifica de fato com o seu estilo. Vale lembrar que para uma primeira viagem sozinha ou sozinho, o idioma pode ser um fator importante. Por isso, a dica é: comece por algum país em que você teria facilidade de compreender o que falam e o que escrevem. Assim ficará mais fácil de ler cardápios ou pedir informações. No entanto, isso não deve ser um obstáculo, já que a ideia é se aventurar. Portanto, se estiver confortável para se arriscar, com certeza as experiências serão inesquecíveis e poderão gerar boas risadas.

Planejamento

Essa é a hora de colocar tudo na ponta do lápis. Saiba quanto você conseguirá economizar até, pelo menos, um mês antes da viagem. Tenha uma poupança e garanta que ela não será mexida até a data de comprar passagens, diárias de hotel e passeios. Se preferir, busque algumas agências de turismo e fique de olho nas avaliações de ex-clientes.

Alguns pontos ainda devem ser considerados:

Para destinos no exterior:

  • Visto
  • Seguro-Viagem
  • Vacinas
  • Costumes: São parecidos com os nossos aqui no Brasil ou deve-se tomar cuidado com algum hábito em especial?
  • Moeda: como comprar no Brasil? valor do câmbio? Existe cartão Visa Travel Money com esta moeda?

Para destinos diversos:

  • Como chegar?
  • Qual o melhor meio de transporte no local?
  • Clima: é a melhor época para ir?

Roteiro Diário

Duas ideias são válidas neste tópico:

  1. Prepare um roteiro diário base com todos os locais que deseja visitar e tente organizar, inclusive, os horários das refeições. Isso poderá te ajudar a garantir lugares onde a alimentação é mais barata e fresca.
  2. Permita-se, isto é, não se prenda a roteiros por 24h. Esteja aberto(a) a entrar naquela ruazinha agradável perto do bairro onde está hospedado(a) ou conhecer aquele café perto da estação de trem, mesmo que se atrase para ir àquele monumento símbolo do lugar.

Hospedagem

lembre-se, se você conseguir andar pela cidade sem precisar gastar dinheiro com táxi ou uber, você poderá economizar e muito, por isso o ponto é quase único: localização e facilidade de locomoção. Ninguém merece demorar para chegar nos pontos turísticos durante uma viagem, isso pode te deixar desanimado(a) por conta do cansaço e prejudicar completamente o seu roteiro.

Passeios e Tours

Se você não se sente 100% confortável e segura de visitar todos os lugares sozinha, pense novamente em contratar uma agência de turismo local. Com isso, as amizades serão garantidas e você se sentirá melhor de saber que outras pessoas farão o mesmo passeio que você. Em contrapartida, pode ser uma experiência incrível sair por aí por conta própria, mas não se afobe, isso você só saberá experimentando.

Dica extra: tente achar sites em que os monumentos, museus e tours são vendidos na internet ou procure saber se no próprio aeroporto da cidade não há bancas em que você possa comprar ingressos e se livrar das filas.

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas