Viajar na pandemia? Veja destinos liberados e cuidados necessários
Menu & Busca
Viajar na pandemia? Veja destinos liberados e cuidados necessários

Viajar na pandemia? Veja destinos liberados e cuidados necessários

Home > Lifestyle > Viagens > Viajar na pandemia? Veja destinos liberados e cuidados necessários

Imersão cultural pela plataforma Worldpackers permite dar a volta ao mundo sem gastar muito

Viajar o mundo, conhecer novas pessoas, vivenciar uma cultura diferente e não ter rotina é o sonho de muita gente. Imagine só, viver como nômade digital e ir para qualquer canto com facilidade e um orçamento mais em conta que o habitual.

viajar na pandemia
Viajar na pandemia? Veja destinos liberados e cuidados necessários. | Foto: Unsplash.

Esse sonho pode ser realizado com a plataforma colaborativa Worldpackers, que conecta pessoas com anfitriões do mundo inteiro, o que torna possível viajar para diversos destinos, trocando suas habilidades por hospedagem.

Apesar da pandemia da Covid-19, há muitos destinos liberados para o turismo, seguindo todas as normas de segurança e cuidados necessários. Antes de pegar o passaporte e as malas, que tal descobrir quais são os destinos mais procurados do momento e os cuidados necessários ao viajar? Confira as dicas a seguir!

Para onde viajar na quarentena?

Diversos lugares, como a União Europeia e os EUA, permanecem com as fronteiras fechadas como estratégia para conter o aumento de pessoas infectadas pelo coronavírus. Entretanto, outras regiões estão de portas abertas para os brasileiros que querem viajar na quarentena, seguindo todas as normas de segurança.

Como ainda não há vacina disponível no mercado, as regras de viagens nacionais e internacionais mudam constantemente. Isso porque estão todos atentos ao número de pessoas infectadas, curadas e aos riscos à saúde. É importante ficar atento às regras para viajar na pandemia e checar constantemente a embaixada do país para onde você quer ir.

Veja os destinos liberados:

  • Albânia
  • Antígua e Barbuda
  • Bahamas
  • Barbados
  • Belize
  • Bermudas
  • Camboja
  • Croácia
  • Cuba
  • Dominica
  • Dubai (Emirados Árabes Unidos)
  • Egito
  • Equador
  • Irlanda
  • Jamaica
  • Kosovo
  • Líbano
  • Macedônia do Norte
  • Maldivas
  • México
  • Polinésia Francesa
  • Reino Unido
  • República Dominicana
  • São Vicente e Granadinas
  • Santa Lúcia
  • Sérvia
  • Tanzânia
  • Turcas e Caicos
  • Turquia
  • Ucrânia

Cada um desses destinos possui regras diferentes. Alguns apenas pedem o uso obrigatório de máscaras e higiene adequada, outros solicitam que o viajante fique 15 dias de quarentena antes de começar a circular de fato pelo país. Em outros territórios é obrigatório fazer um teste PCR da Covid-19, sob o risco de ser mandado de volta para a casa se o resultado der positivo.

Dentre os destinos mais procurados estão Maldivas e Reino Unido. A maioria dos resorts de Maldivas está funcionando com a capacidade reduzida e normas sanitárias rígidas. Para adentrar as ilhas é necessário apresentar um teste de PCR negativo realizado em menos de 72 horas, além do uso obrigatório de máscaras.

No caso do Reino Unido, é permitido entrar mediante uma quarentena obrigatória de 14 dias, sob risco de multa de £1.000 mil (quase R$7.000) em caso de descumprimento da regra.

Cuidados ao viajar na pandemia

Para os viajantes nacionais e internacionais, o Ministério do Turismo deixa o alerta: “Reforçar os hábitos de higiene e proteção como a utilização de máscara, higienização das mãos com água e sabão ou com álcool em gel 70 %”.

E, caso apresente sintomas de gripe, busque atendimento nos serviços de saúde e evite contato com outras pessoas. Além disso, como é recomendado para qualquer viagem, é importante fazer um seguro do país de destino para ter o acesso facilitado ao sistema de saúde local.

Faça uma viagem de imersão cultural

A plataforma colaborativa Worldpackers torna o sonho de um intercâmbio cultural possível, sem custos altíssimos e ainda com a troca de habilidades por hospedagens em anfitriões do mundo inteiro.

Fundada em 2014, a empresa cresceu e atualmente conta com mais de 1 milhão de viajantes e anfitriões, espalhados em 170 países, que acreditam no lema: “viajar é um direito universal”. São hostels, pousadas, ONG’s, comunidades e projetos ecológicos de diversos tipos, todos disponíveis para te receber durante as férias, o mochilão ou o ano sabático.

____________________________
Por Louise Diório – Fala!Mack

Tags mais acessadas