Veja 5 sequelas que podem ser deixadas por uma parada cardíaca
Menu & Busca
Veja 5 sequelas que podem ser deixadas por uma parada cardíaca

Veja 5 sequelas que podem ser deixadas por uma parada cardíaca

Home > Lifestyle > Saúde > Veja 5 sequelas que podem ser deixadas por uma parada cardíaca

A parada cardíaca é a diminuição de atividade mecânica no coração, que resulta na falta de fluxo sanguíneo e circulante, ela impede que o sangue flua e circule para os órgãos principais, deixando sem oxigênio e, se não tratada, tem a sua consequência como a morte. A parada súbita é o fechamento inesperado da circulação pouco tempo após o início dos sintomas (às vezes, sem aviso).

Os sintomas mais comuns de uma parada cardíaca incluem dor no peito, falta de ar, suor frio, sensação de palpitação, tonturas, desmaios e vista turva ou embaçada. Além desses sintomas, a ausência de pulso ou a falta de respiração indicam que o coração parou de bater. Na parada súbita, o coração simplesmente para de bater.

Quando uma parada acontece e o paciente é atendido de forma correta (com massagem cardíaca ou tratamento no hospital), na maioria das vezes volta à vida, com exceção da súbita, em que a maior parte dos pacientes voltam com sequelas, dependendo de como foi a parada cardíaca.

parada cardíaca
Representação de uma parada cardíaca. | Foto: Reprodução.

Sequelas de uma parada cardíaca

A parada cardíaca afeta diretamente o cérebro e suas funções, pois este órgão demanda constantemente de oxigenação e, com a parada e essa falta do oxigênio necessário, pode causar várias lesões cerebrais. Isso se deve ao fato de o cérebro não suportar a falta de oxigenação (hipóxia) acima de cinco minutos. A partir desse momento, o paciente poderá apresentar lesões sérias, até mesmo irreversíveis. A partir de dez minutos de falta de oxigenação, pode ocorrer a morte cerebral.

Outras sequelas que podem acontecer são dificuldades motoras, que são caracterizadas por não poder ou realizar com dificuldade os movimentos motores básicos, como correr, andar, saltar, comer. Outra sequela é a da fala, como a parada tem ligação direta com o cérebro é comum a área danificada no cérebro comprometer os sentidos, como a fala, visão, tato e olfato.

Nos casos extremos, a sequela que é deixada pela parada cardíaca é o estado vegetativo, que é a ausência de consciência de si ou do ambiente, irregularidade do ritmo vigília-sono, nenhuma resposta voluntária a estímulos, nível de consciência alterado, coma, incontinência fecal, incontinência urinária ou contrações musculares rítmicas.

Para evitar a parada cardíaca, ações simples podem ser tomadas, como manter um estilo de vida baseada em alimentação saudável, exercícios aeróbicos e que ressalte a respiração correta, envolvendo todo o sistema respiratório e cardiovascular, e bem-estar da mente, não se expondo a situações de extremo perigo ou muito estressantes. Com essas dicas, podemos evitar esse mal e todas as suas sequelas.

____________________________
Por Lucas Miranda – Fala! Universidade Federal do Tocantins

Tags mais acessadas