Veja 5 lugares para visitar na cidade canadense de Vancouver
Menu & Busca
Veja 5 lugares para visitar na cidade canadense de Vancouver

Veja 5 lugares para visitar na cidade canadense de Vancouver

Home > Lifestyle > Viagens > Veja 5 lugares para visitar na cidade canadense de Vancouver

Em um contexto de pandemia de Covid-19, uma viagem internacional não é a melhor, e a mais sensata, coisa a se fazer. Contudo, este pode ser um bom período para fazer planos para quando as coisas se normalizarem. E um destino internacional muito procurado é a cidade canadense de Vancouver.

Vista da skyline de Vancouver
Vista da skyline de Vancouver. | Foto: Reprodução.

Localizada na costa oeste do Canadá, a cidade é banhada pelo Pacífico e rodeada pelas Montanhas Rochosas. Campeã em qualidade de vida, “Raincouver” (apelido que recebeu devido seu clima chuvoso) costuma estar no top 5 de melhores cidades para se viver. No entanto, seus encantos não estão disponíveis apenas para os moradores. Existem muitas opções turísticas para aqueles que estão de passagem e iremos citar algumas delas:

A Hollywood do norte

Primeiramente, queria compartilhar um fato interessante e curioso, é que muito provavelmente você já está familiarizado com as paisagens de Vancouver. Isso mesmo! Você já viu em filmes e séries famosas, porém nunca foram identificadas como pertencentes à cidade canadense.

Isso se dá porque diversas produções hollywoodianas são filmadas lá (mesmo que ambientadas em outras cidades), a quantidade de filmes e séries é tão grande que a cidade recebeu o apelido de Hollywood North (Hollywood do norte).

Entre estas produções estão filmes como: Se Eu Ficar (2014), toda a série Percy Jackson, Cinquenta Tons de Cinza (2015), entre outros. Já nas telinhas, séries como Arrow, Supernatural, The Vampire Diaries também foram gravadas na cidade.

Turismo em Vancouver

Stanley Park

Stanley Park
Stanley Park. | Foto: Reprodução.

Nossa primeira dica de lugar para conhecer em Vancouver é justamente o maior parque da cidade. O parque possui 404,9 hectares e fica bem próximo de Downtown (centro da cidade), o que facilita bastante o acesso.

Ao contrário de outros parques que foram criados a partir de projetos urbanísticos, o Stanley Park é, na verdade, parte da floresta nativa da região que permaneceu preservada independentemente do desenvolvimento da cidade. Apesar de possuir floresta nativa, o parque está longe de ser um local monótono.

O local conta com diversas atrações como trilhas e o famoso Seawall, uma passarela que corta o parque seguindo a costa e na qual é possível caminhar, pedalar ou apenas admirar a melhor vista da cidade. Além disso, o parque também é utilizado para a realização de festivais e outros eventos, em especial no verão.

Gastown

Gastown
Relógio a vapor de Gastown. | Foto: Reprodução.

Outro lugar que deve estar na sua lista de passeios obrigatórios em Vancouver é Gastown. O bairro é reconhecido internacionalmente pelo seu relógio a vapor, que costuma atrair uma grande quantidade de turistas para ouvir seus apitos que soam a cada 15 minutos.

Essa região foi o berço do que chamamos de Vancouver, já que foi lá que começaram os primeiros assentamentos dos colonos europeus. Inclusive, desde de 2009, a região é considerada um patrimônio histórico do Canadá. Atualmente, o bairro é um lugar boêmio, cheio de cafés, restaurantes e bares. Super jovial, o bairro transpira criatividade, é lá que você encontrará galerias de arte independente e lojas de decoração.

Ponte Suspensa de Capilano

turismo em Vancouver
Ponte suspensa de Capilano. | Foto: Reprodução.

Se você curte uma vibe mais natureza, esse pode ser um passeio ideal (desde que não tenha medo de altura). A Ponte Suspensa de Capilano fica a 70 metros, o que equivale a um prédio de 15 andares. Caso você já tenha alguma vez pesquisado Vancouver no Google já viu alguma foto dela.

A ponte atravessa o Rio Capilano e parte da floresta que o margeia, áreas que anteriormente eram povoadas por indígenas (conhecidos no Canadá como First Nations ou Primeiras Nações), inclusive os Kia’palano presentearam o parque, no qual fica a ponte, com totens que permanecem em exposição até hoje.

Chinatown

Chinatown
Jardim chinês localizado em Chinatown, em Vancouver. | Foto: Reprodução.

Quem disse que você não pode conhecer um pouco do Oriente em Vancouver?! Assim como muitas cidades canadenses, Vancouver possui uma enorme quantidade de imigrantes oriundos dos mais diversos países. Alguns grupos étnicos são tão expressivos que acabam por criar microrregiões onde é possível vivenciar essas culturas.

É o caso da população chinesa que se concentrou em uma região da cidade, hoje conhecida como Chinatown. Cabe ressaltar que esse tipo de comunidade não é exclusiva da cidade, outras localidades, como Nova York e São Francisco, também possuem suas Chinatown. Entretanto a de Vancouver é especial pois é a maior do Canadá e a terceira maior da América do Norte inteira.

Nesse bairro, você poderá comer comidas típicas chinesas, comprar produtos e ingredientes vindos do país asiático ou até mesmo trabalhar o seu mandarim (já que muitos moradores do bairro utilizam a língua materna mais frequentemente que o inglês).

Granville Island

Granville
Vista de Granville Island a partir da Granville Bridge, Ponte de Granville. | Foto: Reprodução.

Apesar do nome Island (ilha, em inglês), essa região é na realidade uma pequena península. Originalmente utilizada pelos indígenas como um local de pesca, durante o século XIX, a região se desenvolveu como um dos polos industriais da cidade. No entanto, mais recentemente a cidade decidiu revitalizar a região, tornando-a mais atrativa para o turismo.

Hoje, Granville Island conta com uma marina, um mercado público, algumas galerias, um hotel, entre outros atrativos. Também é nesta “ilha” que ocorrem diversos festivais anuais, como o Vancouver Fringe Festival (um festival de teatro alternativo) e o Vancouver Writers Fest (um festival literário que ocorre geralmente em outubro). Ou seja, se você estiver em Vancouver, esse é um lugar a se visitar.

Menções Honrosas

Praias

vancouver
Vista da praia de Kitslano. | Foto: Reprodução.

Sim, praias! Eu sei você deve estar pensando: “Como assim praias no Canadá?”. Apesar do clima chuvoso característico da cidade, Vancouver é agraciada pela natureza com algumas praias muito bonitas. E mesmo que você não arrisque um mergulho (a água costuma ser gelada), é uma boa pedida ficar na areia e aproveitar os dias de sol.

Durante o verão, as praias geralmente ficam lotadas e uma ampla gama de atividades ao ar livre são desenvolvidas na orla. Entre as mais conhecidas, podemos citar Kitsilano Beach, English Bay Beach, Jericho Beach e Second Beach.

Canada Place

Canada Place
Canada Place. | Foto: Reprodução.

Um ponto icônico de Vancouver, o Canada Place é um complexo composto por um centro de convenções, um hotel, o World Trade Center de Vancouver e um cinema 3D da IMAX (o primeiro do mundo).

Construído no contexto da Expo’86 serviu como o pavilhão do Canadá. Hoje, o local recebe anualmente inúmeros eventos, festivais e exposições. É lá também que atracam os cruzeiros que zarpam em direção ao Alasca. Além de ser um local muito bonito por si só, caso não queira ou não consiga participar de nenhum evento.

____________________________________
Por Jefferson Ricardo – Fala! UFPE

Tags mais acessadas