Veja 5 curiosidades sobre a trilogia de 'O Senhor dos Anéis'
Menu & Busca
Veja 5 curiosidades sobre a trilogia de ‘O Senhor dos Anéis’

Veja 5 curiosidades sobre a trilogia de ‘O Senhor dos Anéis’

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Veja 5 curiosidades sobre a trilogia de ‘O Senhor dos Anéis’

A trilogia de O Senhor dos Anéis é, de longe, uma das obras mais aclamadas da história do cinema. Por conta de sua grandiosidade, os três filmes inspirados na obra-prima de J.R.R. Tolkien são recheados de curiosidades, vamos conhecer algumas delas agora!

curiosidades O Senhor dos Anéis
Veja 5 curiosidades sobre a trilogia de O Senhor dos Anéis. | Foto: Montagem/Reprodução.

Curiosidades de O Senhor dos Anéis

1 – Cuidado com a cabeça!

Logo no começo do primeiro filme, O Senhor dos Anéis e a Sociedade Do Anel, Bilbo recebe a visita de seu amigo de longa data, Gandalf, O Cinzento. Nessa sequência, várias vezes, o grande mago bate a cabeça nos castiçais do teto. A questão é que o Ian Mckellen ainda não estava acostumado com os sets de filmagens em tamanho reduzido para emular a casa de um Hobbit, então, ele realmente bateu a cabeça em todos esses momentos. 

Mais tarde, assistindo ao resultado final, tanto o ator quanto o diretor Peter Jackson acharam que a cena tinha o tom cômico certo e resolveram mantê-la no filme.

2 – Aragorn Passoquebrado

Em O Senhor dos Anéis e As Duas Torres, enquanto Aragorn, Gimli e Legolas procuram por Merry e Pippin, eles acham um acampamento orc queimado e, imediatamente, acham que seus amigos haviam morrido. Cheio de raiva, Aragorn chuta um capacete e dá um grito. Mas esse grito dado por Viggo Mortensen foi mais do que espontâneo. Afinal de contas, o ator fraturou um dedo no golpe, o que atrasou a produção em alguns dias.

3 – Brilho no olho

Um aspecto bem técnico perceptível em qualquer obra é o reflexo das luzes do set no olho dos atores. Na trilogia de O Senhor Dos Anéis, até isso tem um destaque. Enquanto em todos os personagens esse reflexo é só um pontinho branco, na grande elfa Galadriel esse detalhe é amplificado.

No livro, J.R.R. Tolkien descreve seu olhar como o brilho das estrelas. Para recriar isso, sempre que a Cate Blanchett estava diante da câmera, a produção segurava um punhado de pisca-piscas por trás. O resultado são diversos brilhinhos em seu olho, que dão um ar ainda mais mágico para a trilogia.

4 – Problemas de estatura

Um truque clássico que o filme utilizou foi a perspectiva forçada para fazer com que alguns atores parecessem maiores e outros menores. Isso sempre foi uma dificuldade para a produção, já que lidar com personagens de estaturas diferentes não é nada fácil.

Principalmente quando se tratava de John Rhys-Davis, já que o ator interpretava o anão Gimli e era um dos maiores no set. É difícil de acreditar que ele tem mais de um 1,85!

5 – Um Gandalf diferente

De todos do elenco, o único que chegou a conhecer J.R.R. Tolkien foi Christopher Lee, o Saruman. Em trocas de carta, o autor expressou seu desejo de que Lee interpretasse nada mais nada menos que Gandalf. Anos mais tarde, quando o filme começou a ganhar forma, ele foi escalado para ser o Mago Branco. Em entrevista, Christopher afirmou ser melhor dessa maneira, já que, segundo ele, Mckellen foi um Gandalf muito melhor do que ele seria.

Ainda existem muitas histórias para se desbravar e, para tal, você pode assistir ao filme que está disponível tanto na Netflix quanto na Amazon Prime Video.

_______________________________
Por Davi Alencar – Fala! Anhembi

Tags mais acessadas