Transplante de cabeça será possível em dez anos, diz neurocirurgião
Menu & Busca
Transplante de cabeça será possível em dez anos, diz neurocirurgião

Transplante de cabeça será possível em dez anos, diz neurocirurgião

Home > Entretenimento > Transplante de cabeça será possível em dez anos, diz neurocirurgião

Poderíamos realmente trocar de um corpo para outro, mantendo a cabeça nos ombros? Um ex-neurocirurgião acredita que uma nova abordagem da medicina, juntamente com os avanços tecnológicos atuais, poderá tornar a transfusão de cabeça possível em dez anos.

Filme Frankenstein

Uma ideia que poderia mudar radicalmente a situação no campo dos transplantes? Enfim, Bruce Mathew está esperando por isso. Questionado pelo The Telegraph, o ex-neurocirurgião do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido revelou que, trabalhando em um romance, ele teve uma ideia que, segundo ele, permitiria em dez anos transplantar o cabeça de um indivíduo no corpo de outro, assim como transplantar também a medula espinhal.

Até agora, os cirurgiões que estão experimentando o método estão testando formas que levam à ruptura da coluna vertebral na base do pescoço. Tentar manter a medula espinhal em um corpo é, até então, um dos maiores desafios. Segundo Bruce Mathew, no entanto, os avanços tecnológicos nos permitiria prever uma operação desse tipo a médio prazo.

Atualmente, só é possível conectar um ou dois nervos (a outro sistema nervoso), mas graças à inteligência artificial e ao progresso robótico, em breve poderemos conectar duzentos nervos. 

Disse o ex-cirurgião

É claro que é muito delicado manter a membrana protetora da medula espinhal intacta. Muitos passos devem ser dados antes de alcançá-la. Mas provavelmente acontecerá em dez anos. 

Completou.

Este, obviamente, não é o único desafio que uma operação deste nível representaria: dada a quantidade de DNA’s estranhos que um segundo corpo teria o risco de rejeição seria extremamente alto.

Para Bruce Mathew, o projeto apresenta “enormes desafios”. No entanto, essa nova abordagem, juntamente com o progresso tecnológico, poderá produzir resultados dentro de uma década. No momento, ainda estamos longe disso.

0 Comentários

Tags mais acessadas