Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Mais Diversa, SPFW Tem Anitta e Trabalho De Presidiários Em Seu Primeiro Dia

Mais Diversa, SPFW Tem Anitta e Trabalho De Presidiários Em Seu Primeiro Dia

Por Saulo Tafarelo – Fala!Cásper

Água de Coco e Projeto Ponto Firme chamaram a atenção no dia 1 da SPFW; desfiles foram marcados pela pluralidade

O evento de moda mais aguardado do país já começou. O Pavilhão das Culturas Brasileiras, no Parque Ibirapuera, ficou pequeno para tamanha agitação do desfile da Água de Coco, que abriu oficialmente a São Paulo Fashion Week na tarde de sábado, 21/04. As top models Caroline Trentini e Isabeli Fontana dividiram a passarela junto com modelos negras e plus size, marcando um desfile diversificado e aplaudido. Em meio às top models, Anitta também roubou a cena ao ser convidada especial, embalando a trilha sonora do evento e vestindo um amarelo com babados nas mangas junto a uma saia verde estampada da marca.

[read more=”Leia Mais” less=””]

A grife ampliou seu leque de modelos e foi muito além da moda praia, sua principal identidade, levando o beachwear para um ambiente mais urbano. Diferentemente de seus outros desfiles, a Água de Coco revelou um casting mais diverso, captando a essência nacional com cores e tipos físicos variados, levando à passarela jovens fora dos padrões obcecados pela indústria, modelos negras e Ana Claudia Michaels, modelo que está grávida de seis meses. Batizado de Brazil com Z, o desfile foi focado numa internacionalização, levando características tradicionais do país ao mercado internacional, parte da expansão da marca.

Fotos: Zé Takahashi / Ag. FOTOSITE

 

O segundo e último desfile do dia foi outro ponto alto no mundo da moda. O Projeto Ponto Firme, existente há dois anos pelas mãos do estilista Gustavo Silvestre, levou o trabalho de 20 presidiários para a passarela mais famosa e disputada do país. As peças remetem o próprio cotidiano na prisão, resultando em camisetas com mensagens que dizem desde “Deus é Justo” até alusões ao grupo Racionais. Marcada pelo crochê, a coleção foi feita com o grupo de presidiários que Gustavo voluntariamente dá aulas, provenientes do presidiário Adriano Marrey, em Guarulhos.

Pela primeira vez, a SPFW abre seu espaço para visitação pública durante a temporada, que vai do dia 21 a 26 de abril. A mostra de peças e imagens icônicas de Conrado Segreto e ainda um recorte do acervo de arte plumária do Pavilhão, que integra o Departamento dos Museus Municipais da Secretaria de Cultura da cidade de São Paulo, são partes da exposição da semana de moda paulistana.

Notável pela sua abertura que trouxe uma maior pluralidade à passarela, a 45ª edição da SPFW- POW! EXPLOSÃO CRIATIVA carrega em si o prenúncio das tendências que invadirão as ruas e que se tornarão, literalmente, moda daqui para frente em solo nacional. Pelo que já foi visto, pode-se esperar uma multiplicidade de cores, corpos e visões que é parte formadora do país e parece somente agora estar no foco dos holofotes.

[/read]

Confira também:

– Moda, cultura e política – como a década de 60 influenciou o mundo da moda

0 Comentários

Tags mais acessadas