Sarna humana se alastra no litoral paulista; saiba mais!
Menu & Busca
Sarna humana se alastra no litoral paulista; saiba mais!

Sarna humana se alastra no litoral paulista; saiba mais!

Home > Lifestyle > Saúde > Sarna humana se alastra no litoral paulista; saiba mais!

Um surto de sarna humana atingiu a comunidade Nova Mirim, no município de Praia Grande, localizado no litoral de São Paulo. A doença provocada pelo ácaro Sarcoptes scabiei se espalhou, primeiramente, pela região mais vulnerável, mas já atingiu o bairro nobre de Canto Forte, segundo informações do portal UOL

A prefeitura de Praia Grande anunciou, em seu site oficial, que ações de saúde na comunidade de Nova Mirim já estão acontecendo a fim de atender a população, principalmente as crianças que estão sendo mais atingidas. 

O relato dos casos ocorreu pela divulgação da empresária Patrícia Ogna Patrali, que criou um perfil no Instagram para registrar seu trabalho voluntário. Sendo assim, ela começou a revelar os casos de escabiose que estavam surgindo. Antes do surto na localidade, Patrícia já havia anunciado sobre o crescimento da doença e publicado fotos de várias crianças e adultos que haviam sido infectados. 

Entenda o que é a sarna humana

A escabiose, mais conhecida como sarna humana, é uma doença com alto índice de transmissão. O contágio acontece principalmente por meio do contato com a pele, mas em alguns casos pode surgir pelo uso de objetos compartilhados. Ao ser contagiado pela escabiose, o indivíduo apresenta bolhas e manchas vermelhas pelo corpo, que provocam muita coceira. A doença também atinge os animais. 

O ácaro responsável pela doença costuma atingir os dedos das mãos que conduzem a escabiose a se alastrar pelo corpo. Além disso, nos homens, os órgãos genitais são os mais afetados, já nas mulheres, normalmente, os seios são mais lesionados. 

sarna humana
A sarna humana é uma doença altamente contagiosa que lesiona principalmente as mãos do infectado. | Foto: Montagem/Reprodução.

Tratamento da doença

O tratamento da sarna humana deve ocorrer por meio do uso tópico (no local da ferida) de pomadas ou sabonetes que possuam substâncias capazes de combater o ácaro e os ovos. A aplicação deve ser orientada por médicos e deve acontecer durante dois a três dias.  

Porém, segundo aponta o portal Drauzio Varella, é recomendável que, após sete dias, o inseticida especial seja reaplicado a fim de eliminar os ácaros que ainda não haviam desabrochado na primeira aplicação.

Além disso, toda família que esteve em contato com o infectado precisa também seguir as ordens do médico para o tratamento, para que o ácaro não atinja novamente. É fundamental também que as roupas sejam frequentemente lavadas. 

Recomendações ao paciente em tratamento contra a sarna humana

O indivíduo contaminado pela sarna humana, além de seguir o cronograma das medicações, deve evitar estar presente em aglomerações a fim de não contaminar outras pessoas. Constantemente, o paciente precisa trocar as roupas para ajudar na interrupção da transmissão. Além disso, objetos não laváveis devem ser guardados durante duas semanas em sacos plásticos para que o ácaro não se espalhe.

__________________________
Por Lucas Kelly – Redação Fala!

Tags mais acessadas