Saiba qual foi o atleta que mais recebeu medalhas nas Olimpíadas
Menu & Busca
Saiba qual foi o atleta que mais recebeu medalhas nas Olimpíadas

Saiba qual foi o atleta que mais recebeu medalhas nas Olimpíadas

Home > Notícias > Esporte > Saiba qual foi o atleta que mais recebeu medalhas nas Olimpíadas

As Olimpíadas de Tóquio estão chegando, em julho deste ano, atletas do mundo inteiro irão desembarcar na capital japonesa para a competição. Cada atleta tem seu objetivo traçado, porém, todos que ao menos sonharam em estar nos Jogos Olímpicos têm um desejo: subir no pódio e conquistar uma medalha. Essa é uma tarefa difícil, afinal, os melhores atletas do mundo se reúnem a cada quatro anos para disputar um lugar no pódio olímpico.

Nesta edição, quase treze mil atletas irão estar presentes e, aproximadamente, 2500 medalhas de ouro, prata e bronze serão distribuídas, a grande maioria dos atletas voltará para casa sem nenhuma medalha no pescoço. Definitivamente, não é para qualquer, porém, um grupo seleto de atletas alcançaram tal feito e alguns mais de uma vez. 

Michael Fred Phelps II é o maior medalhista da história das Olimpíadas

Com incríveis 28 medalhas em 5 aparições, Michael Fred Phelps II é o maior campeão olímpico da história, nenhum outro atleta subiu no pódio tantas vezes como ele. A trajetória olímpica do nadador norte-americano teve início em Sydney, nos Jogos Olímpicos de 2000, e se encerrou em 2016, no Rio de Janeiro.

Nascido e criado em Baltimore, no estado de Maryland nos Estados Unidos da América, Phelps começou a nadar aos sete anos de idade, por influência de suas irmãs mais velhas, que também são nadadoras. Porém, o garoto era um fenômeno, desde muito jovem acostumou-se em quebrar recordes, e com apenas quinze anos, classificou-se para sua primeira Olimpíada.

Jogos Olímpicos de Sydney – 2000

Phelps olimpíadas 2000
Phelps em Sydney. | Foto: Reprodução.

Com apenas quinze anos de idade, Phelps impressionou o mundo, mesmo voltando para casa sem nenhuma medalha. Destacou-se na prova 200m borboleta, chegou até a final e ficou com o quinto lugar, mas, apenas cinco meses depois da competição, o norte-americano já estava se preparando para as Olimpíadas de Atenas, e bateu o recorde mundial dos mesmos 200m borboleta. Daí em diante, se iniciou o ciclo mais vencedor da história.

Jogos Olímpicos de Atenas – 2004

Michael Fred Phelps II
Michael Phelps em Atenas. | Foto: Reprodução.

Em Atenas, disputou oito provas e ganhou oito medalhas, seis de ouro e duas de bronze. O “fenômeno Phelps” já era imparável, com as oito conquistas, igualou-se ao ginasta russo Alexander Dityatin, que conseguiu esse feito nas Olimpíadas de 1980. No mesmo ano, o jovem nadador foi preso por dirigir alcoolizado, mas ganhou liberdade condicional até seu julgamento, que o considerou culpado. Phelps teve que prestar serviços comunitários e pagar multas por dezoito meses para cumprir sua pena, o jovem parecia muito abalado depois desse episódio, muitos duvidaram sobre sua continuidade no esporte, e a resposta veio em Pequim, quatro anos depois do incidente.

Jogos Olímpicos de Pequim – 2008

Michael Phelps
Phelps em Pequim. | Foto: Reprodução.

O ciclo olímpico entre 2004 e 2008 certamente foi o mais turbulento da carreira de Michael Phelps, e mesmo com todas as adversidades e contratempos, o atleta manteve o foco, e atingiu uma meta histórica. Mais uma vez subiu no pódio oito vezes, porém, dessa vez, todas foram no degrau mais alto, oito medalhas de ouro em uma edição. Nunca ninguém havia atingido tal feito, mais um recorde para a brilhante carreira do nadador, e ele não parou por aí.

Jogos Olímpicos de Londres – 2012

olimpíadas
Michael Phelps em Londres. | Foto: Reprodução.

Em 2012, Phelps sagrou-se o maior medalhista olímpico, faturou mais seis medalhas nessa edição, quatro de ouro e duas de prata. Totalizava 22 medalhas ao total, superando então a ginasta Larysa Latynina, que contava com dezoito pódios olímpicos ao longo de sua carreira. Logo após o término da competição, anunciou sua aposentadoria, encerrava a carreira de um dos maiores atletas que o mundo já viu, mas essa retirada durou apenas dois anos. Em 2014, anunciou sua volta às piscinas e começou a preparação para a próxima Olimpíada.

Olimpíadas do Rio de Janeiro – 2016

phelps olimpíadas
Phelps em sua última Olimpíadas, no Rio de Janeiro. | Foto: Reprodução.

Nadando em águas brasileiras, o recordista encerrou sua carreira e o “padrão Michael Phelps” de qualidade se manteve, conquistou mais cinco títulos olímpicos e uma segunda colocação. Mesmo praticando um esporte individual, Phelps também se tornou o maior campeão coletivo da história olímpica, foram nove ouros conquistados nos revezamentos 4x100m medley, 4x200m e 4x100m livres. No total, entre 2004 e 2016 conquistou 28 medalhas, e assim, encerrou sua brilhante carreira.

A medalha olímpica é o maior trunfo que um atleta pode alcançar, é a materialização de um sonho, fruto de uma intensa preparação. Por trás de cada medalha, existe uma história, uma trajetória de muita entrega e disposição. E essa é a trajetória do maior vencedor de todos os tempos, Michael Fred Phelps II.

_________________________________
Por Gustavo Aurélio Ribeiro Ariceto – Fala! Cásper

Tags mais acessadas