Saiba quais são os cinco melhores musicais de todos os tempos
Menu & Busca
Saiba quais são os cinco melhores musicais de todos os tempos

Saiba quais são os cinco melhores musicais de todos os tempos

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Saiba quais são os cinco melhores musicais de todos os tempos

Os musicais são performances que envolvem a atuação, o canto e a dança. Inicialmente, as apresentações foram limitadas aos âmbitos teatrais, porém, com a revolução das mídias, logo foi possível que os espetáculos se tornassem parte dos enredos cinematográficos. Ainda que presentes pelo mundo todo, as performances mais conhecidas são produzidas originalmente pela Broadway, de Nova Iorque, e pela West End, de Londres.

Os musicais não são exclusivamente produzidos no ocidente. Na Índia, produções de Bollywood, em sua maioria, contêm o estilo musical, dentro dos filmes é possível ver músicas em híndi e danças que representam muito da cultura indiana. Dos figurinos às canções, o cinema bollywoodiano traz um pouco da perspectiva cultural indiana até as mais diversas partes do mundo.

Com sua grande popularidade mundo afora, os filmes musicais não podem faltar em sua lista e, por isso, confira agora os cinco melhores musicais de todos os tempos.

musicais
Saiba quais são os cinco melhores filmes musicais. | Foto: Reprodução.

Melhores musicais de todos os tempos

1. Os Miseráveis 

Baseado na obra de Victor Hugo – Lês Misérables – o musical se passa na França do século XIX, entre a Batalha de Waterloo (1815) e a Rebelião de Junho (1832) e se destaca pela presença de personagens que lutam por revolução e perdão diante de um contexto miserável para as camadas sociais menos favorecidas da época.

O musical foi composto por Claude-Michel Shönberg e conta com adaptações da Broadway e West End no teatro musical, e no cinema com a produção de Tom Hopper, Os Miseráveis (2012).

A perspectiva dos personagens e as emotivas apresentações musicais, carregadas de significado, que revelam através de seus sentimentos a agonia do contexto histórico, são os motivos principais que justificam a atemporalidade da obra e suas indicações em premiações como teatro musical e como filme.

2. Grease – Nos tempos da brilhantina

Com a direção de Randal Klaiser, o filme é baseado no teatro musical de Jim Jacobs e Waren Caset. 

Com o mesmo nome do musical de 1972, Grease (1978) conta a história de Danny (John Travolta) e Sandy (Olivia Newton-John), duas personagens completamente diferentes, já que Sandy se mostra uma moça estudiosa e “certinha”, ao contrário de seu par romântico, Danny, líder de uma gangue de “Greasers” – uma subcultura popularizada nos anos 50 e 60, adotada por ítalo-americanos e hispano-americanos, com preferência por músicas de rock n’ roll, rockabilly e doo-woop, e estilo que remetia aos gêneros musicais.

O romance e a comédia se misturam e dão vida à obra juntamente com as músicas, que são lembradas até hoje pelos mais velhos e pelas novas gerações apaixonadas por filmes antigos.

3. Mary Poppins

O filme musical infantil da Disney lançado em 1964, com direção de Robert Stevenson, é baseado na série de livros de PL Travers. Apesar de ser um filme destinado ao público mais jovem, as aventuras da encantadora babá vivida por Julie Andrews encantou gerações e continua sendo um dos filmes favoritos dos estúdios Disney.

O enredo conta a história da família Banks, apesar de sempre rodeados pelo conforto de uma bela casa e uma vizinhança aconchegante, os pais vivem imersos em seus próprios conflitos, o que impossibilita que eles percebam que a constante troca de babás pelo mau comportamento de seus filhos, não é nada mais que uma tentativa das crianças de chamarem sua atenção.

Entretanto, a chegada de novos ventos (e uma nova babá) trazem boas novas à família Banks. Com todo o seu jeitinho especial de ver a vida, Mary Poppins trará alegria e amor para Jane, Michael e seus pais.

4. Aladdin 

O filme musical é uma das produções do projeto remake da Disney, que teve como objetivo a produção de filmes live-action de alguns clássicos dos estúdios.

No filme de 2019, Aladdin (Mena Massoud) vive uma vida pobre e precisa roubar para sobreviver, porém, quando ele encontra a lâmpada do Gênio (Will Smith), são concedidos a ele três desejos. O amor da princesa Jasmine (Naomi Scott) e sua ambição por uma vida melhor parecem ser fáceis de conquistar com a ajuda dos poderes do gênio, entretanto, Aladdin terá que lidar com provações inimagináveis para que possa ter seu final feliz.

As músicas e os figurinos trazem muito da cultura árabe para as telas, misturando elementos da antiguidade com o estilo atual através das mixagens, o uso de estilos de dança variados e as roupas das personagens.

5. Mamma Mia!

O filme é baseado na peça musical criada por Catherine Johnson, baseada no grupo ABBA. Tanto que os nomes da peça e do filme são os mesmos da música do grupo, Mamma Mia.

Sob a direção de Phyllida Lloyd, a comédia musical de 2008 conta a história de Donna (Meryl Streep) que se vê cercada por fantasmas do passado, quando sua filha Sophie (Amanda Seyfried) decide enviar convites de seu casamento para três casos amorosos da juventude da mãe com o objetivo de descobrir finalmente quem é seu pai.

______________________________
Por Lívia Maria dos Santos – Fala! Cásper

Tags mais acessadas