Saiba como a poluição pode afetar a estrutura capilar
Menu & Busca
Saiba como a poluição pode afetar a estrutura capilar

Saiba como a poluição pode afetar a estrutura capilar

Home > Notícias > Urbano > Saiba como a poluição pode afetar a estrutura capilar

A poluição pode afetar nossa saúde, inclusive a estrutura capilar

Você sabia que a fumaça que sai de caminhões e do escapamento de veículos não só prejudica sua pele como também é um grande risco para o seu cabelo? Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 90% da população mundial vive em cidades onde a qualidade do ar é considerada má ou péssima.

Esta medida parte do princípio das quantidades de poluentes encontrados no ar. Esta medição é feita através de aparelhos bem sofisticados, localizados em estações espaciais que captam amostras de ar a cada 5 segundos e fazem 17 mil leituras por dia. Além da poluição gasosa, o material particulado fino é mais prejudicial à pele e aos cabelos, causando um dano oxidativo no bulbo capilar e levando até a possibilidade de queda dos fios.

Impacto da poluição nos fios

Ainda em relação à pele do couro cabeludo, podemos ter também agressões do tipo dermatite de contato, por sensibilização ou por irritante primário, por conta das partículas encontradas no ar, deixando-o mais sensível e menos saudável. Cientistas da University of London acreditam também que as toxinas encontradas no ar poluído e na fumaça do cigarro podem fazer com que o cabelo pare de crescer, ao bloquear as proteínas que produzem os fios. Os pesquisadores acreditam que a calvície é hereditária, mas que fatores ambientais podem exacerbá-la.

Qualquer poluente que entre na corrente sanguínea, na pele ou no folículo capilar pode causar algum tipo de estresse e interferir na capacidade do cabelo de construir a fibra capilar. Conclui-se que, além da base hereditária para a perda de cabelo, existem fatores ambientais que também devem ser considerados.

Além desses dados que podem afetar internamente os fios, temos os efeitos externos da poluição, pois as partículas em suspensão no ar têm uma capacidade muito grande de aderência e entram em contato direto com as cutículas dos fios, alterando até o brilho dos cabelos. Como sabemos, brilho é reflexo de luz, e uma cutícula não íntegra não reflete a luz. Outro agravante é o excesso de oleosidade, que acaba aparecendo pelo estímulo de alguns gases poluentes.

poluição
Saiba como a poluição pode afetar a estrutura capilar. | Foto: Reprodução.

Como resolver o problema

O segredo é manter os cabelos sempre limpos, através de uma lavagem adequada, com produtos indicados para cada tipo de cabelo (shampoos, condicionadores, finalizadores), com técnica correta e, eventualmente, a ajuda de produtos especialmente desenvolvidos para isso, com a intenção não apenas de limpar os fios, mas eliminar todos os vestígios da poluição.

Alguns truques simples: antes de lavar, deve-se escovar bem os cabelos, pois esta atitude vai fazer com que eliminemos grande parte das partículas e de sujidades ambientais maiores. Depois, deve-se molhar os cabelos e o couro cabeludo com água a uma temperatura entre 22 e 24°C e aplicar o shampoo. Após esta etapa, deve-se proceder o enxague com água corrente, de cima para baixo, de forma abundante, sem esfregar os fios ou o couro cabeludo, diminuindo-se a temperatura até a ambiente, para melhorar o brilho.

Alimentação e saúde dos cabelos

A alimentação é outra grande aliada para a aparência e saúde do cabelo. Pois nossas madeixas são compostas de 97% de proteínas, ou seja, fontes de proteína animal, como carne bovina e suína, aves, peixes e frutos do mar, proteína vegetal, como as leguminosas, ovos e derivados de leite são essenciais para a boa formação do bulbo capilar e do fio. 

vitamina C é outra excelente vitamina para a saúde geral, principalmente do cabelo, já que ela é um excelente antioxidante. Essa vitamina está presente nas folhas verdes escuras, como espinafre, agrião, rúcula, brócolis, e nas frutas ácidas, como acerola, morango, laranja, limão.

As vitaminas do complexo B presentes na carne também são fundamentais para quem deseja que os fios cresçam rápido e de forma saudável, já que o nutriente atua na multiplicação celular.

Zinco e selênio, encontrados na carne, castanhas, sementes de girassol, atum, bacalhau, feijão, laticínios e cereais orgânicos completam os nutrientes principais para saúde do cabelo. Tais mineiras estimulam o crescimento e fortalecimento dos cabelos.

Danos causados pela poluição nos cabelos

Os cabelos, assim como a pele e os pelos, funcionam como a primeira barreira de proteção do corpo. E é por isso que são altamente impactados em ambientes poluídos.

Partículas de fumo e poluição gasosa podem ocasionar inflamação nos folículos capilares, resultando em irritação, caspa, produção excessiva de sebo e queda capilar.  

Hábitos saudáveis também são importantes aliados

A dica é praticar exercícios físicos regularmente e possuir uma alimentação saudável para fortalecer os fios e não permitir que sejam impactados pela poluição do ar.

__________________________________
Por Sabrina Ferreira – Fala! Centro Universitário Brasileiro de Pernambuco – Recife

Tags mais acessadas