Saiba a situação dos animais de zoológico durante a pandemia
Menu & Busca
Saiba a situação dos animais de zoológico durante a pandemia

Saiba a situação dos animais de zoológico durante a pandemia

Home > Notícias > Urbano > Saiba a situação dos animais de zoológico durante a pandemia

Com a pandemia causada pelo novo coronavírus, diversos setores sociais do mundo inteiro foram afetados, entre eles os zoológicos que são locais com a principal fonte de renda vindo dos visitantes. Sem público durante meses e com os animais precisando se alimentar e sobreviver, os zoológicos tiveram prejuízos. 

Além da renda, a prioridade é a preocupação com a higienização e segurança dos animais e funcionários em tempos tão difíceis. No Zoológico de São Paulo, por exemplo, os funcionários foram divididos em dois grupos para maior resguardo. Já no Zoológico Municipal de Curitiba, 20% dos funcionários foram dispensados (aqueles que pertencem ao grupo de risco) para maior precaução. 

animais de zoológico
Saiba a situação dos animais de zoológico durante a pandemia. | Foto: Reprodução.

Animais de zoológico na pandemia

Contudo, os cuidados com esses animais permaneceram os mesmos, tendo maior intensidade para a higiene e a movimentação dos tratadores e animais. Entretanto, alguns locais sofreram consequências significativas, como o de Calgary, no Canadá, devolveu para a China duas das maiores atrações do local, pandas gigantes que comem cerca de 40 kgs de bambu chinês por dia que, com a pandemia, ficaram difíceis de serem importados.

Já os zoológicos alemães, foram duramente prejudicados, como, por exemplo, o zoológico de Neumünster, que chegou até a possibilitar abater animais para poder alimentar outros se não houvesse meios de adquirir carne e peixe, sobrevivendo apenas com doações como fonte de renda.

Esses locais precisaram se adaptar à nova rotina, porém, com a permanência das necessidades de sobrevivência dos animais, o que torna a situação ainda mais complicada – trazendo sérios prejuízos que podem levar até dois anos para se recuperar segundo o zoológico de Riverhead, EUA.

_______________________________
Por Marcela de Sousa Almeida – Fala! Cásper

Tags mais acessadas