Resultado da Lista de Espera do ProUni 2020/2 é divulgado hoje (24)
Menu & Busca
Resultado da Lista de Espera do ProUni 2020/2 é divulgado hoje (24)

Resultado da Lista de Espera do ProUni 2020/2 é divulgado hoje (24)

Home > Universidades > Resultado da Lista de Espera do ProUni 2020/2 é divulgado hoje (24)

Resultados da lista de espera do ProUni foram divulgados hoje. Alunos selecionados precisam entregar documentação na faculdade até o dia 28 de agosto

ProUni
Resultado da lista de espera do ProUni 2020/2 é divulgado.

Lista de espera do ProUni do 2º semestre de 2020 é divulgada

O MEC (Ministério da Educação) divulgou os resultados da lista de espera do ProUni (Programa Universidade para Todos) na manhã de hoje (24). Calouros que desejam ingressar na faculdade durante o segundo semestre de 2020 deverão entregar documentação necessária para as instituições até a próxima sexta-feira, dia 28 de agosto.

Para saber quais documentos são necessários para efetivar sua inscrição, clique aqui.

As inscrições para o programa foram feitas entre os dias 18 e 20 deste mês. O ProUni é um programa do governo criado com o objetivo de conceder bolsas de estudo integrais em instituições privadas de ensino superior para pessoas que não têm condições de pagar por uma graduação em uma universidade, possibilitando o acesso à universidade para estudantes de baixa renda.

No 2º semestre de 2020, o programa ofertará 167.780 bolsas em 1061 universidades particulares de todo o Brasil e, ao todo, 228.444 candidatos se inscreveram para concorrer ao benefício. Segundo o MEC, das 167.780 bolsas ofertadas, 60.551 são bolsas integrais e 107.229 bolsas parciais.

Os estados brasileiros que oferecem a maior quantidade de bolsas integrais são Minas Gerais, com 5.384 bolsas, Rio Grande do Sul, ofertando 4.322 bolsas, e o Paraná, com 3146 bolsas. No portal do Prouni é possível pesquisar as bolsas disponíveis.

Para se inscrever no ProUni, o candidato não pode ter feito nenhuma graduação. Além disso, o inscrito precisa ter cursado o Ensino Médio em escola pública ou em instituições privadas com bolsa de 100%. Pessoas com algum tipo de deficiência e professores que atuam na rede pública também podem concorrer às bolsas de estudos.

Tags mais acessadas