Resenha sobre o livro ''Sobre a Escrita – A Arte Em Memórias''
Menu & Busca
Resenha sobre o livro ”Sobre a Escrita – A Arte Em Memórias”

Resenha sobre o livro ”Sobre a Escrita – A Arte Em Memórias”

Home > Entretenimento > Cultura > Resenha sobre o livro ”Sobre a Escrita – A Arte Em Memórias”

Stephen Edwin King (73), mais conhecido como Stephen King, é um grande escritor norte-americano que publicou mais de 50 livros de diferentes gêneros. Algumas de suas obras se tornaram best-sellers, como o seu primeiro livro publicado, Carrie, a Estranha, cujo qual tornou-se mundialmente famoso, dando origem à adaptação para o cinema.

Além de Carrie, a Estranha, outros livros que se transformaram em filmes foram O Iluminado, It: A Coisa, A Espera De Um Milagre, entre outros. Durante sua vida, o autor teve 3 filhos com sua atual esposa e escritora, Tabitha King, o casal atualmente reside no Maine, e são colaboradores de algumas instituições de caridade de bibliotecas.

Sobre a Escrita – leia a resenha do livro

A primeira versão de Sobre a Escrita – A Arte Em Memórias foi publicada em 2000. O livro – eleito pela Time Magazine um dos 100 melhores livros de não ficção de todos os tempos, e vencedor do prêmio Bram Stocker e Locus – foi dividido em algumas partes e conta do começo ao fim a história do autor, ou pelo menos tudo que ele possa lembrar desde a sua infância até os dias atuais.

sobre a escrita
Obra Sobre a Escrita – A Arte Em Memórias. | Foto: Reprodução.

Em algumas partes, King resume bem como foi a experiência de escrita, e conta que começou a se interessar pela arte de escrever bem novo, ele diz durante o livro que chegou a enviar algumas histórias para jornais e revistas da época, no entanto, sempre recebia cartas de reprovação. O que chama a atenção é que o autor diz que, quando criança, possuía um prego na parede de seu quarto, onde sua função era segurar todas as cartas de rejeição que recebia. 

A famosa frase “minha vida é um livro aberto” nunca fez tanto sentido como quando lemos seu livro: a vida de King se tornou, literalmente, um livro aberto. O autor não poupou nenhum detalhe de sua vida quando escrevia o livro, desde criança até seu primeiro emprego, até mesmo quando e como conheceu sua esposa, Tabitha King.

Entretanto, o autor dedicou-se também a dar dicas sobre como escrever um bom livro e se tornar um autor de sucesso, isso ocorre logo após dar uma breve explicação sobre o que é a escrita. Em outras partes do livro, também conta como uma pessoa que possui o sonho de viver da profissão deve começar a escrever o seu primeiro livro, dando dicas de como utilizar desde a gramática e até mesmo a memória durante o processo. 

O que se pode aprender com esta obra é que escrever não é fácil, o autor mostra bem como funciona. Em cada etapa explicativa, o mesmo utiliza de exemplos, acontecimentos que ocorreram em sua própria vida.

______________________________
Por Ellen Coutinho – Fala! Anhembi

Tags mais acessadas