Home / Colunas / Cinema / Resenha: Final Space 1ª Temporada

Resenha: Final Space 1ª Temporada

Por Lucas Ignacio – Fala!Cásper

Final Space é uma comédia animada de ficção científica criada por Olan Rogers e David Sacks conta a historia de Gary Goodspeed (Olan Rogers), e Gary está em seus últimos dias de uma sentença de cinco anos de encarceramento solitário em uma nave chamada Galaxy One que é comandada pela inteligência artificial chamada H.U.E. (Tom Kenny). E em seus últimos dias de sua sentença, ele acaba criando laços com uma criatura verde que ele dá o nome de Mooncake (Olan Rogers), e ele é uma criatura que por sua vez cobiçada pelo vilão chamado de Lorde Comandante (David Tennant).

Ele é efetivamente tudo o que o leitor pode imaginar de uma comedia de referências sci-fi com pegada adulta e uma premissa diferente.

Em cada episódio da 1ª temporada, começa mostrando Gary perdido no espaço e conversando com H.U.E., enquanto ele tem apenas 10 minutos de oxigênio, e cada minuto é contado de uma forma curta ao longo da 1ª temporada usando uma narrativa diferente no desenrolar dessa trama, que é feita em um tom muito contrário do que a série é ao longo dos episódios. Mas o desenho passa longe de ser infantil, sendo que boa parte dos acontecimentos é ao redor de violência, piadas e o caos.

A série possui uma trilha sonora espetacular que está presente essencialmente em todos os momentos de aventura, melancolia, e impasses dos personagens. O diferencial aqui está no fundo das cenas, que nos presenteia com um espaço sideral digitalizado com um excelente trabalho de luz, cores e sombras e do cenário.

Para qualquer um que tenha o interesse, a animação entrou no catálogo da Netflix em 20 de junho de 2018 e já possui uma 2ª temporada em produção.

Confira também

Famosos com Tatuagens Feias

Se você acredita que dinheiro e fama podem livrar as pessoas das atitudes mais estúpidas, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *