Reino Unido faz show respeitando o distanciamento social.
Menu & Busca
Reino Unido faz show com distanciamento social

Reino Unido faz show com distanciamento social

Home > Entretenimento > Música > Reino Unido faz show com distanciamento social

O Reino Unido surpreendeu o mundo, nesta terça-feira (11), ao realizar o primeiro show ao vivo, respeitando as medidas de distanciamento social.

O evento aconteceu em Newcastle, pela Virgin Money Unity Arena, que considerou ser o primeiro local arquitetado para o distanciamento social. O sucesso do lugar já tem direito a ingressos esgotados e elogios nas redes sociais.

Assim, o show ocorreu com a proibição de espectadores que chegassem por transporte público ou a pé. Houve também a separação do público por grades, onde as pessoas só estariam em contato com os próprios familiares ou amigos, os quais já estava tendo convivência, comportando, no máximo, 5 pessoas.

Além disso, houve a enumeração dos espaços, pois facilitaria na hora das compras de alimentos e bebidas. Ademais, os banheiros também funcionavam no mesmo sistema de solicitação de funcionários para liberação. Nessa perspectiva, o contato entre o público era o máximo evitado pelo estabelecimento.

Somada a essas medidas, o momento da saída do show também aconteceu com precauções, em que os indivíduos solicitavam no site as suas saídas e esperavam até que algum funcionário permitisse a liberação. Tendo isso em vista, o evitar de aglomeração nos fins dos shows é garantida pela Virgin Money Unity Arena.

Reino Unido apresenta show ao vivo com distanciamento social

O show teve como atração principal o cantor e guitarrista Sam Fender, de 26 anos, o qual explora o gênero indie rock em suas músicas e compôs sucessos como as músicas Will We Talk? e Play God.

show com distanciamento social
Cantor que se apresentou em primeiro show que respeitou o distanciamento social. | Foto: @sam_fender.

Por conta da pandemia, a empresa do entretenimento desenvolveu novas opções, mesmo com as ordens dos órgãos de saúde. O retorno do drive-in, ou seja, local em que não é necessário sair do carro para adquirir os serviços, foi um dos exemplos que proporcionou a volta do cinema e shows neste cenário de coronavírus.

Todavia, se o sucesso do Reino Unido perdurar, um novo sistema será instalado, mas diferente do já conhecido drive-in, e será considerado por vários estabelecimentos que desejam rapidamente a volta ou a concretização de um “novo normal”, o qual não prejudique seus negócios e vá de acordo com o distanciamento proposto pelas autoridades e órgãos de saúde.

___________________________
Por Amanda Marques – Redação Fala!

Tags mais acessadas