Quais artistas lançaram novos álbuns durante o primeiro semestre?
Menu & Busca
Quais artistas lançaram novos álbuns durante o primeiro semestre?

Quais artistas lançaram novos álbuns durante o primeiro semestre?

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Quais artistas lançaram novos álbuns durante o primeiro semestre?

Embora 2020 esteja sendo um ano complicado para artistas, onde eles estão tendo que repensar maneiras de produzir músicas e divulgá-las de forma remota, ele está sendo recheado de canções. Alguns artistas estavam prontos para lançar seus álbuns em 2020 e a quarentena não os impediu de divertir fãs que esperavam ansiosamente por novo conteúdo de cada um deles.

Alguns deles lançam apenas singles, com o intuito de iniciar uma nova era, mas alguns tomam riscos maiores ao lançar e promover álbuns fresquinhos para entreter quem está confinado. Confira, agora, alguns dos artistas que lançaram álbuns incríveis no primeiro semestre de 2020 e que estão dominando as playlists.

álbuns de 2020
Quais artistas lançaram álbuns durante o primeiro semestre? | Foto: Montagem/Reprodução.

Artistas que lançaram novos álbuns no primeiro semestre de 2020

No mundo pop

Quem gosta de música pop está com o prato cheio, já que artistas incríveis e aclamados apareceram depois de muito tempo sem lançar músicas, fazendo a alegria de muitos fãs.

Selena Gomez fez uma estreia excelente com Rare em janeiro de 2020, depois de 5 anos de espera desde seu álbum Revival e longos meses desde a divulgação dos singles Lose You To Love Me e Look At Her Now. É um álbum com uma vibe bem positiva e letras profundas, qualquer um irá amar.

Dua Lipa finalmente lançou o sucessor do seu primeiro álbum Dua Lipa, o tão aclamado e esperado Future Nostalgia. E mesmo que ele tenha sido vazado duas semanas antes da sua data de lançamento, foi um sucesso nas paradas, e os singles Don’t Start Now, Break My Heart, Levitating e Physical estão nas playlists e nos corações de todos que ouviram essa obra-prima.

Embora Lady Gaga tenha adiado o lançamento do sucessor de Joanne para sete semanas depois da data original, a espera para o Chromatica valeu toda a espera e trouxe colaborações com artistas maravilhosos, como Ariana Grande, Blackpink e Elton John. Ele marcou a sua volta para o mundo pop e provou mais uma vez que Gaga é uma das artistas mais completas de sua geração.

O The Weeknd sempre conquista o coração das pessoas com seus álbuns. O Beauty Behind The Madness e o Starboy tiveram sucesso enorme, fazendo com que Abel subisse ao topo da fama e com que todos conhecessem a sua música. After Hours é seu quarto álbum de estúdio e singles, como Heartless e Blinding Lights, conquistaram seus lugares nas paradas, tendo grande sucesso, nada mais do que o esperado vindo de The Weeknd.

Charli XCX foi uma das artistas que se arriscou e produziu um álbum sozinha dentro de sua casa, mesmo tão pouco tempo depois do seu álbum Charli. O how i’m feeling now contou com a colaboração de fãs no processo de gravação e produção, como nas capas dos singles e nos clipes. O álbum é a prova de que não há necessidade de uma grande produção e, sim, de criatividade e força de vontade.

Outros lançamentos do ramo

Vale a pena lembrar de outros álbuns do mundo pop e que estavam sendo muito esperados pelos fãs como o Manic, da Halsey, o Map of the Soul: 7, do BTS, que contém participação da Halsey, e Calm, do 5 Seconds Of Summer.

Outros artistas que sempre estão lançando conteúdo também se arriscaram, como J Balvin e Colores. E, claro, outros artistas que estão começando a tomar lugar no mainstream também fizeram a alegria dos fãs, como Chloe x Halle, em Ungodly Hour, e Rina Sawayama e seu álbum de estreia, Sawayama. Taylor Swift também lançou recentemente o álbum folklore, de surpresa para os fãs, e está dominando posições nas paradas com suas músicas.

E para quem curte rock e música alternativa?

O mundo do rock não parou. Bandas e artistas fizeram a alegria de seus fãs com lançamento de novos álbuns e conteúdos novos, muitos deles retornando de um longo hiato e tomando o coração daqueles que não são tão chegados ao mundo pop.

O Tame Impala saiu do seu hiato de 5 anos para a alegria de muitos fãs. The Slow Rush, sucessor de Currents, traz uma experiência imersiva que faz com que o ouvinte se sinta em um show da banda. Eles já são famosos por terem músicas que fazem com que as pessoas sintam sensações distintas e profundas, e claro que esse não seria diferente.

Fiona Apple é a artista dessa lista que ficou mais tempo sem lançar músicas, sendo que seu último álbum foi lançado em 2012. Este ano marca seu retorno com o álbum Fetch The Bolt Cutters, depois de cinco anos de produção. Ele é icônico por ser composto de músicas e gravações improvisadas de sons do cotidiano, como latidos de cachorros, miados, sinos.

O Green Day jamais deixou de lançar suas músicas críticas e o sucessor de Revolution Radio chegou em 2020, o Father of All…, que é marcado pela sua sonoridade semelhante ao garage rock e é um dos álbuns mais curtos do Green Day. Ele recebeu críticas positivas e é muito divertido, valendo a experiência.

Ozzy Osbourne pode estar velho, mas continua lançando músicas incríveis, como as do álbum Ordinary Man, provando novamente que ninguém é velho demais para lançar uma obra-prima. Ele conta com colaborações de artistas como Elton John, Post Malone e Travis Scott, o que é bem controverso, porém, resultou em músicas maravilhosas, sendo que Take What You Want está presente tanto no álbum de Post Malone, Hollywood’s Bleeding, quanto no de Ozzy.

Vale também mencionar os álbuns de outras bandas como o The New Abnormal, do Strokes, o Notes on a Conditional Form, do The 1975, o Gigaton, do Pearl Jam, e o Homegrown, de Neil Young, com material vindo dos anos 70.

Cadê o Brasil nessa história de novos álbuns e músicas?

Pabllo Vittar trouxe muitas músicas para fazer o povo dançar com seu terceiro álbum de estúdio, o 111. É um álbum trilíngue, com músicas em português, inglês e espanhol. Pabllo mostra o seu lugar como uma das drag queens mais famosas do mundo em suas colaborações, como Charli XCX, Ivete Sangalo, Thalía, Psirico e Jerry Smith.

O Histórias da Minha Área, de Djonga, iniciou o seu burburinho quando sua capa foi divulgada, que traz o rapper e amigos em duas situações diferentes, o antes e depois, vivos e mortos. É marcado de críticas sociais e possui influências do rap mais simples, ousando em algumas músicas, como na sua colaboração com Don Juan, em Mania.

O Baco Exu do Blues fez como Charli XCX e produziu o seu álbum em apenas três dias em isolamento social, com vontade de lançar um conteúdo completamente novo e deixando o que ela já havia produzido de lado no momento, com o intuito de animar seu público. O Não Tem Bacanal na Quarentena tem música de apoio a Babu Santana, do Big Brother Brasil 20, e uma homenagem à Cardi B junto de uma crítica ao presidente Jair Bolsonaro.

O que esperar do segundo semestre de 2020?

O ano de 2020 ainda não acabou e muitos artistas tomaram seu tempo em isolamento para produzir novos conteúdos que ainda não foram finalizados e estão esperando a sua vez de serem lançados para o público. E, afinal, o que esperar desse segundo semestre?

Após uma grande polêmica e uma carta aberta nas redes sociais, Lana Del Rey anunciou o sucessor de Norman F***ing Rockwell, o Chemtrails over the Country Club. Kanye West já tem até single lançado para seu novo álbum, o Donda. O mesmo pode ser dito sobre Katy Perry e seu álbum Smile, que teve singles fofos que revelaram a sua gravidez. Beyoncé também vai marcar sua volta com o álbum visual, Black Is King.

Alanis Morissette também irá retornar ao mundo da música após 8 anos de hiato com o Such Pretty Forks In The Road. O The Killers finalmente irá lançar seu sexto álbum de estúdio, o Imploding The Mirage. Kylie Minogue também irá voltar após uma pausa de dois anos com seu álbum Disco, que teve seu primeiro single lançado recentemente. E, por fim, Maya Hawke, que já é famosa por interpretar Robin, em Stranger Things, estreará no cenário musical com o álbum Blush, que já conta com alguns singles, como By Myself e Coverage.

________________________________
Por Rafaela Bertolini – Fala! Cásper

Tags mais acessadas