PSG abandona partida após atitude racista do 4º árbitro e jogo é suspenso
Menu & Busca
PSG abandona partida após atitude racista do 4º árbitro e jogo é suspenso

PSG abandona partida após atitude racista do 4º árbitro e jogo é suspenso

Home > Notícias > Esporte > PSG abandona partida após atitude racista do 4º árbitro e jogo é suspenso

PSG abandona partida após injúria racial cometida pelo 4º árbitro contra ex-jogador do time Istanbul. O jogo foi adiado para hoje (09) às 14h55.

PSG
Demba Ba conversa com juiz sobre suposta atitude racista por parte do 4º árbitro. PSG e Istanbul abandonam a partida como forma de protesto.
Foto: IAN LANGSDON / EFE

Liga dos Campeões: PSG e Istanbul adiam partida devido a racismo

Devido a uma suposta atitude racista por parte de Sebastien Coltescu, o 4º árbitro do jogo, o time Istanbul Basaksehir decidiu abandonar a partida como forma de protesto, seguido pelo apoio dos jogadores do time Paris Saint-Germain Football Club, ainda nos primeiros 13 minutos da partida.

A vítima de injúria racial teria sido Pierre Webo, assistente técnico do time Istanbul Basaksehir. O jogador reserva do time turco, Demba Ba, percebeu o que havia acontecido e questionou o árbitro. Então, vários atletas de ambos os times foram falar com o 4º árbitro e, em imagens transmitidas pelo Esporte Interativo, é possível observar os jogadores Neymar e Mbappé dizerem ao juiz da partida que não jogariam se o quarto árbitro estivesse em campo.

Você nunca diz: ‘este cara branco’, você diz ‘este cara’. Então me ouça, por que quando você menciona um cara negro você diz ‘este cara negro’?

Questionou Demba Ba a Sebastian Coltescu.

Apesar das acusações de racismo, não foram divulgados vídeos do momento em que o 4º árbitro teria ofendido o assistente técnico Pierre Webo. Veja o vídeo do ocorrido:

Jogador brasileiro do Istanbul fala sobre ofensa cometida por 4º árbitro

Rafael Pereira da Silva, lateral brasileiro do Istanbul, explicou o ocorrido em entrevista dada ao Esporte Interativo, dizendo que o técnico de seu time escutou a ofensa dirigida pelo 4º árbitro ao assistente do time turco.

O que aconteceu é que o quarto árbitro chegou para um assistente, não sei porque ele expulsou, porque ele é racista. Ele falou negro, sai daí, vai embora. O treinador escutou, eu não escutei. Eu vi que todo mundo começou a ir para cima, com certeza ele falou, saímos de campo. Dois ou três não queriam sair.

Disse Rafael Pereira ao Esporte Interativo.

A Uefa, que organiza a Champions League, anunciou oficialmente o adiamento da partida entre Paris Saint-Germain e Istanbul Basaksehir para hoje (09/12) às 14h55, além da troca completa da equipe de arbitragem.

Tags mais acessadas