Home / Colunas / Cinema / O que vem por aí: os próximos lançamentos de filmes da Disney

O que vem por aí: os próximos lançamentos de filmes da Disney

Por Anna Beatriz Capelli – Fala!Cásper

A esperada sequência Os Incríveis 2 não será o único lançamento da Walt Disney Studios neste ano. São vários outros títulos previstos para chegarem às telonas em 2018, e também em 2019 e 2020, incluindo sequências e versões em live action de filmes que já amamos e novas histórias que prometem conquistar o público.

Confira o que a maior empresa de entretenimento do mundo está produzindo para os próximos anos – e o que podemos esperar de cada um dos filmes que vêm por aí.

O próximo longa-metragem da Disney a chegar aos cinemas brasileiros será Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível, que será lançado em agosto e trará o ursinho Pooh, Leitão, Tigrão e os outros moradores do Bosque dos Cem Acres em uma versão live action. Agora, Christopher Robin, o dono dos animais de pelúcia, não é mais uma criança divertida e de imaginação fértil, e sim um homem de negócios um tanto perdido. Depois de reencontrar os brinquedos que eram seus amigos na infância, Christopher é que será ajudado por Pooh e os demais a ter um outro reencontro, desta vez consigo mesmo.

Em novembro, é a vez de O Quebra-Nozes E Os Quatro Reinos, o novo longa de fantasia da Disney, trazendo uma releitura da clássica história do Quebra-Nozes. Clara, interpretada por Mackenzie Foy, depois de perder a única chave que poderia abrir um presente dado por seu padrinho, conhecerá o Reino dos Doces, o Reino das Neves, o Reino das Flores e o sombrio Quarto Reino. O filme traz no elenco nomes como Keira Knightley e Morgan Freeman e está sendo produzido pelo mesmo estúdio em que foram feitas as últimas versões de “Mogli: O Menino Lobo” (2016) e “A Bela E A Fera” (2017), muito aclamados pela crítica e indicados aos prêmios de melhores efeitos visuais e melhor direção de arte no Oscar, respectivamente.

Já o clássico Mary Poppins, de 1964, terá uma sequência estrelada por Emily Blunt, que atuará ao lado de Lin-Manuel Miranda e Meryl Streep. Desta vez, Jane e Michael já são adultos quando recebem uma nova visita de nossa querida babá e seu guarda-chuva mágico. O Retorno de Mary Poppins tem previsão de estreia para dezembro de 2018. Supercalifralistiexpialidoce!

Já no próximo ano, o primeiro lançamento tem sua estreia em janeiro de 2019 no Brasil: Wi-Fi Ralph: Quebrando A Internet. O segundo filme de “Detona Ralph” contará as aventuras do vilão dos games e de sua amiga Vanellope no mundo da Internet. E a presença da rede mundial de computadores no enredo é o que permite que vários universos da Disney sejam mostrados no filme: nos dois trailers divulgados até agora, podemos ver personagens de Star Wars, da Marvel, da turma do Ursinho Pooh, além da menção aos Muppets e à Pixar! E ainda veremos um icônico encontro entre todas as princesas da Disney, que foram animadas em 3D para o novo filme.

E não é só “Detona Ralph” que vai ganhar uma continuação. A primeira – e provavelmente mais amada – franquia da Pixar deve ter mais um filme: poderemos assistir Toy Story 4 em junho de 2019. Ainda não há muitas informações sobre o enredo, mas não é preciso saber muito pra já ficar ansioso para assistir! E, por falar em Pixar, o estúdio filiado à Disney deve lançar um longa inédito em 2020, ainda sem título ou outros dados sobre.

Ainda em 2019, Artemis Fowl vai misturar fantasia e ação numa adaptação da série de livros de mesmo nome de Eoin Colfer, que acompanha um garoto autor de roubos inteligentes que acaba descobrindo um local mágico e então decide sequestrar um dos seres que o habitam.

E no primeiro dia do ano seguinte, chega a sequência de “Frozen”, depois do sucesso do primeiro filme em 2013 e do curta-metragem “Frozen: Febre Congelante” em 2015. A roteirista e diretora Jennifer Lee disse em entrevista à revista Variety: “Estamos construindo [o filme] como um musical, em que a história e as canções estão interligadas e são importantes entre si”. Outra questão que foi comentada pela diretora do filme foi a campanha #GiveElsaAGirlfriend, criada por fãs para pedir que Elsa tenha uma namorada em Frozen 2, o que seria um passo muito importante para a representatividade LGBT. “Debatemos o assunto e somos bem conscientes sobre ele. […] Vamos ver o que acontecerá”, foi o que a cineasta afirmou ao Huffington Post. Será?

Lights, Camera, (Live) Action

Nos últimos anos, temos visto a Disney refazer vários de seus clássicos em live action, como aconteceu com “Malévola” (2014), “Cinderela” (2015), “Mogli: O Menino Lobo” (2016) e “A Bela E A Fera” (2017). E parece que essa é uma tendência para as próximas produções da empresa: além de “Winnie the Pooh” com “Christopher Robin”, os atemporais Dumbo, Aladdin, O Rei Leão e Mulan devem ganhar seus remakes em breve.

O primeiro teaser do novo filme do Dumbo foi divulgado recentemente (na primeira quinzena de junho), e o longa, que terá Tim Burton na cadeira de diretor, poderá ser assistido nos cinemas brasileiros em 29 de março de 2019. Atores como Danny DeVito, Eva Green, Colin Farrell e Michael Keaton viverão a história em que um artista circense recebe instruções do dono do circo onde trabalha para cuidar de um filhote de elefante que, surpreendentemente, sabe voar – o que pode transformá-lo em grande estrela.

Dois meses depois, são Aladdin, Jasmine e o Gênio da Lâmpada que devem ganhar vida, este último interpretado por Will Smith. O musical, além das canções do filme de 1992, ganhará duas faixas inéditas, e deve passar por algumas modificações em relação ao clássico: teremos dois personagens novos, sendo um deles um provável pretendente para a princesa Jasmine. As gravações terminaram em janeiro e mal podemos esperar para ver a icônica cena musical de “Um Mundo Ideal” no cinema.

Usando computação gráfica para dar vida aos animais, ao estilo de “Mogli” (2016), o live action de O Rei Leão, um dos maiores – e melhores – clássicos da Disney, será dirigido por Jon Favreau (o mesmo do filme do menino lobo) e terá, entre os dubladores, Donald Glover e Beyoncé, interpretando Simba e Nala. Pela sinopse oficial, divulgada no ano passado, parece que a história não será muito diferente da original, mas teremos dois novos personagens: Azizi e Kamari. A nova versão do sucesso de 1994 poderá ser assistida em setembro de 2019.

E, por fim, o remake de Mulan estreará em 2020. Apesar de ter lançamento somente daqui a dois anos, a versão em live action já foi cercada por polêmicas. A primeira dizia respeito ao elenco, que supostamente não seria asiático – no entanto, era apenas um rumor, e o filme contará com vários atores chineses, incluindo Liu Yifei, que viverá a guerreira e princesa protagonista da história. Depois, começou a se especular sobre a possibilidade de que o filme não fosse um musical, o que foi, felizmente, desmentido. No entanto, algumas canções foram, de fato, cortadas do novo filme, como “Keep ‘Em Guessing”, cantada pelo dragão Mushu. A última notícia que preocupou os fãs foi a de que Li Shang, par romântico de Mulan no original de 1998, seria substituído por um novo personagem, Chen Honghui. A suposta mudança provocou duras críticas à Disney, porque, além de ter grande importância na trama, Shang já demonstrava interesse pela personagem enquanto ela ainda estava disfarçada como Ping – o que fez com que muitos vissem-no como bissexual -, enquanto Chen só se apaixonaria por Mulan quando ela se revelasse mulher. Ainda temos bastante tempo até o lançamento do filme, o que significa que muito pode mudar. E esperamos um remake com músicas e com Shang.

Confira também

Reciclagem transforma 35 buticas em uma folha A4

Por Sarah Américo – Fala!Anhembi   O cigarro é um dos vícios comuns entre os ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *