Premier League: A surpreendente temporada do Sheffield United
Menu & Busca
Premier League: A surpreendente temporada do Sheffield United

Premier League: A surpreendente temporada do Sheffield United

Home > Notícias > Esporte > Premier League: A surpreendente temporada do Sheffield United

Aos 26 minutos do 2º tempo, o zagueiro inglês Jack O’Connell de cabeça marca o segundo gol na vitória por 2×0 contra o Ipswich Town na penúltima rodada da Championship, triunfo que selou o acesso do clube à Premier League após 12 anos. O time do centro da Inglaterra fez uma bela campanha na 2ª divisão, somando 89 pontos e alcançando o segundo lugar no torneio. O grande destaque da equipe foi o atacante Billy Sharp, que marcou 24 gols na temporada passada.

Sheffield United na Premier League
Jogadores do Sheffield United comemorando um gol em partida da Premier League. | Foto: Reprodução/Trivela.

Sheffield United na Premier League

O treinador Chris Wilder, que está à frente do clube desde 2016, preferiu manter o seu elenco e fazer poucas contratações na volta à elite do futebol inglês. Apenas com a perda do meia Mark Duffy, que saiu para o Stoke City, o Sheffield se reforçou trazendo o escocês Oliver McBurnie, o ala Ben Osborn, o zagueiro veterano Phil Jagielka, jogador ídolo da equipe, e o atacante francês Lys Mousset, além de renovar o empréstimo com o Manchester United do jovem goleiro Dean Henderson.

Porém, o reforço mais caro viria apenas em janeiro, com a chegada do volante norueguês Sander Berge, que custou 21.5 milhões de euros aos cofres do clube, um recorde para o time inglês.

Com o elenco montado, Chris Wilder manteve sua formação no 3–5–2 da temporada passada durante toda a Premier League. A equipe, que era considerada uma das principais candidatas ao rebaixamento, teve atuações muito consistentes no 1º turno do torneio, sendo derrotado em apenas 4 partidas.

Apesar de alguns tropeços, o time de Sheffield conseguiu alcançar o surpreendente 9º lugar, muito acima do que era esperado e a melhor colocação da equipe na elite do futebol inglês desde da temporada 1991–1992.

Destaques no futebol

No gol, o Sheffield United conta com o jovem goleiro Dean Henderson, que pertence ao Manchester United. Aos 23 anos, o inglês é considerado uma das principais promessas da Inglaterra para o futuro, por conta das suas ótimas atuações, ficando 13 partidas sem sofrer gol e ajudando o time a ter a 4ª melhor defesa do campeonato.

Premier League
Goleiro Dean Henderson, um dos destaques do Sheffield United. | Foto: Utd Report.

Na defesa, o trio de zaga é formado pelo experiente Chris Basham, Jack O’Connell, o mesmo autor do gol do acesso na temporada passada, e o irlandês John Egan. Na equipe, os zagueiros têm um papel fundamental na saída de bola e nos lançamentos. O Sheffield United é uma equipe que utiliza muito a bola longa, portanto, a ligação direta dos defensores com o ataque é fundamental.

Estatisticamente, o Sheffield é a equipe que menos trabalha a bola na parte central, utilizando muito as laterais. Portanto, o trabalho dos alas George Baldock e do irlandês Enda Stevens é de suma importância, não só chegando na linha de fundo, mas também centralizando as jogadas e criando espaço para a ultrapassagem dos zagueiros e dos meias pelos lados. Somados, os alas possuem 7 assistências na Premier League.

O norte-irlandês Oliver Norwood é o 1º homem do meio-campo que tem como função fazer a distribuição das jogadas através de lançamentos longos pela direita e pela esquerda. O meia soma 6.1 bolas longas certas por partida, a 2ª melhor marca da liga atrás apenas do zagueiro Conor Coady do Wolverhampton.

Sander Berge e Ben Osborn, jogadores que ganharam espaço ao longo da temporada, são atletas de muita força física que são importantes principalmente na infiltração dentro da área. Os meias John Fleck e John Lundstram também tiveram papel importante ao longo do ano, marcando 5 gols cada na Premier League.

A dupla de ataque é formada pelo experiente irlandês David McGoldrick e o jovem Oliver McBurnie, artilheiro do time na temporada com 6 gols. Os atacantes atuam como pivôs, ganhando muitos duelos pelo alto e atraindo a atenção dos zagueiros adversários em cruzamentos com bola rolando e em bolas paradas. Sem a bola, eles são os primeiros jogadores a marcar, pressionando os defensores da equipe adversária.

escalação Sheffield United
Escalação titular do Sheffield United na atual temporada. | Foto: Reprodução.

Expectativas para o time

Apesar de perder as últimas 3 rodadas da Premier League, o que impossibilitou a equipe a classificar à Liga Europa pela 1ª vez na sua história, o Sheffield United impressionou toda a Europa com o seu alto rendimento e desempenho dentro de campo.

Não é um time que pratica um belo futebol, marcando apenas 39 gols na liga inglesa, mas é um elenco de muita garra e altamente disciplinado, que dá o seu máximo a cada jogo. É super importante acompanhar a equipe nas próximas temporadas e observar se o clube conseguirá alcançar voos mais altos e fazer história novamente.

________________________________
Por Victor Fardin – Fala! PUC

Tags mais acessadas