Postagem patrocinada, Instagram na época da pandemia
Menu & Busca
Postagem patrocinada, Instagram na época da pandemia

Postagem patrocinada, Instagram na época da pandemia

Home > Notícias > Mercado > Postagem patrocinada, Instagram na época da pandemia

Dados de um estudo realizado pelo DRM Group, grupo que se dedica em monitoramento, rastreio e análises de atividades comunicativas de dados e estratégias de relações públicas paras as marcas que lideram o mercado mundial, houve uma queda média de 42% no número de quantidade de postagens patrocinadas no Instagram e de 54% e 55% no envolvimento relativo e alcance dessas postagens entre fevereiro e agosto.

O estudo destacou que a pandemia forçou as marcas a repensar suas estratégias de comunicação durante a crise sanitária, havendo cortes de patrocínios pagos com criadores digitais, principalmente no setor da moda

Instagram
Postagem patrocinada no Instagram. | Foto: Reprodução.

Postagem patrocinada no Instagram

Em fevereiro, a rede social contabilizou cerca de 1.045 postagens pagas, mas, em agosto, esse número estava em 699, registrando uma queda de cerca de 33% entre esses dois meses, mesmo havendo uma recuperação considerável no mês de junho. 

Já em julho, um aumento significativo desses números, graças às colaborações de sucesso da Puma com Selena Gomez e Bruna Marquezine – única brasileira que apareceu nesse estudo. 

No período que foi feito o estudo, Europa, Oriente Médio e África registraram a maior queda nas postagens patrocinadas, cerca de 51%. As Américas caíram 27% e a Ásia 34%, mas mostraram um pico positivo entre julho e agosto. O setor da moda registrou a maior queda no conteúdo patrocinado, seguido pelos setores de joias, relógios e cosméticos.

Os resultados positivos nas categorias de joias e relógios nos meses de julho e agosto foram graças às campanhas de Hailey Bieber para Daniel Wellington, da atriz indiana Disha Patani para Fossil e Chiara Ferragni e sua irmã Valentina para Chopard. 

A categoria de cosméticos voltou a crescer no mês de junho com as publicidades de Khloe Kardashian, Janel Parrish Long e Emily Ratajkowski. 

No setor da moda, uma única postagem de Selena Gomez com a Puma contribuiu para o pico de engajamento e alcance em julho. Foi a melhor do período, envolvendo quase 7 milhões de seguidores e alcançando mais de 138 milhões de pessoas. 

O jogador de futebol Cristiano Ronaldo, junto a Nike, publicou um vídeo em maio que envolveu mais de 6,4 milhões de seguidores e atingiu mais de 98 milhões de pessoas.

Com isso, o DRM salientou que, entre março e agosto, as celebridades, em especial atrizes e atletas, se mostram muito mais eficientes em termos de impacto do conteúdo patrocinado. 

Cristiano Ronaldo, Selena Gomez, Lionel Messi, Bruna Marquezine e Chiara Ferragni ficaram no TOP 5 autores de conteúdos patrocinados de março a agosto e dominaram o ranking dos cinco primeiros por alcance. A única celebridade fora da bolha de atrizes e atletas entre os cinco foi a influenciadora Chiara Ferragni, apesar do maior número de posts patrocinados, ligados às suas diversas colaborações.

*O estudo foi publicado pelo  jornal conceituado Women’s Wear Daily (WWD), em inglês. 

____________________________
Por Jessica Santos – Fala! UFBA

Tags mais acessadas