Home / Colunas / Entenda a polêmica do clipe ”Me Solta” do cantor Nego do Borel

Entenda a polêmica do clipe ”Me Solta” do cantor Nego do Borel

Gabriel Ribas – Fala! Anhembi

 

No último dia 9 de Julho, o cantor Nego do Borel lançou o clipe da música “Me Solta”.

Na obra audiovisual, o cantor aparece beijando um modelo enquanto interpreta Nega da Borelli – personagem criada pelo Nego. O clipe foi gravado no Morro do Borel, lugar de origem do artista.

“Quando eu decidi fazer esse clipe, sabia que poderia ser algo polêmico, mas fui em frente. A Nega da Borelli é uma personagem que, pra mim, representa a liberdade de ser quem eu sou”. – Nego do Borel em entrevista para G1

O problema visto pela classe LGBT+ vai além do uso da imagem de esteriótipo das pessoas transexuais, travestis e dos homossexuais pretos de favela. O clipe não foi visto como uma obra de representatividade e/ou empoderamento e sim como uma tática de ganhar visibilidade e dinheiro através do uso da cultura queer (pink money).

O cantor hétero cis não pertence ao movimento LGBT+ e a obra audiovisual não foi bem aceita pelo público. Vale lembrar que Nego segue e curte nas redes sociais um candidato político que já deu declarações homofóbicas, racistas e misóginas.

Cantores, artistas e ativistas da comunidade lgbt+ se pronunciaram sobre o vídeo nas redes sociais:

Em entrevista ao G1 o cantor fez sua defesa, “Recebi muitos elogios pelo clipe e tenho acompanhado as críticas de perto porque acho que eu e todo mundo temos muito ainda a aprender com esse tema”.

Confira o clipe:

Confira também

São Paulo: 40 anos do Centro Acadêmico Vladimir Herzog

A Entidade mais antiga da Faculdade Cásper Líbero recorda seus 40 anos de existência O ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *