Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Poesia Por Sofia Missiato: Amor Construído

Poesia Por Sofia Missiato: Amor Construído

Amor Construído

 

Amo porque não tenho motivos para gostar.

Se eu gostasse, não amaria.

Tampouco tenho motivos para adorar.

Se adorasse, não amaria.

Amo porque não vejo razão, não vejo sentido, apenas sinto.

Sinto muito por não gostar. Nem se diga por não adorar.

Sinto tanto que te amo. Amo-te, portanto, porque sinto.

Sinto e quero sentir muito, amar o suficiente ao ponto de não gostar.

Sinto e quero sentir o amor sentido o quanto eu sinto por te amar.

Sinto-te, sinto muito, por te amar.

herzbaustelle

Por: Sofia Missiato Barbuio – Fala!P.U.C

0 Comentários

Tags mais acessadas