Menu & Busca
Pixar não vai lançar nenhuma sequência depois de Toy Story 4

Pixar não vai lançar nenhuma sequência depois de Toy Story 4


A Pixar não está trabalhando um nenhuma sequência para ser lançada depois de Toy Story 4 no momento, de acordo com o que o produtor do estúdio Mark Nielsen disse para o site americano Screen Rant. Durante os últimos 24 anos, a Pixar lançou 20 animações computadorizadas, além das pequenas animações para TV de Toy Story. Em sua maioria, todos esses filmes fizeram sucesso entre os críticos e comercialmente, arrecadando mais 13 bilhões de dólares na bilheteria mundial. É esperado que esse número cresça substancialmente em junho, quando a quarta e, supostamente, última aventura de Toy Story chega aos cinemas.

Ao mesmo tempo, a Pixar tem priorizado a produção de franquias acima das histórias originais no último ano. O estúdio nunca parou de produzir histórias novas, inclusive, dois dos seus filmes originais mais recentes, Coco e Divertida Mente, estão entre as realizações artísticas mais celebradas. A relação entre sequências e prequências para as histórias já existentes, no entanto, tem crescido notavelmente acima de produções originais do estúdio, especialmente na última década. De acordo com Nielsen, isso finalmente vai mudar.

Em uma conversa com o The Hollywood Reporter a respeito da estréia de Toy Story 4, Nielsen disse que tem ”muito otimismo” para o futuro agora que Peter Docter, diretor de Divertida Mente, se tornou o chefe da direção criativa da Pixar. De acordo com Nielsen, Docter realmente está ”cuidando para que as novas vozes sejam ouvidas e investindo no desenvolvimento”, dizendo que, atualmente, não há nenhuma sequência na fila de produção após Toy Story 4. Isso inclui todas as fantasias de aventura do estúdio que o estúdio está desenvolvendo para 2020, entre elas, Onward, que estrela Chris Pratt, Tom Holland, Julia Louis-Dreyfus e Octavia Spencer.

De certa forma, a Pixar já está planejando se distanciar um pouco das franquias desde 2016, até mesmo antes de John Lasseter, diretor de Toy Story 4, perdesse a posição de CCO por causa das acusações de assédio feitas contra ele (as quais ele assumiu) e fosse substituído por Docter. Ainda assim, é bom saber que Docter realmente abraçou a oportunidade e está ativo na ideia de expandir o talento do estúdio para novas histórias. E é claro que a Pixar vai continuar promovendo os funcionários veteranos e oferecendo novos desafios enquanto eles lutam para chegar a chefia.  

A Pixar não vai abandonar as franquias antigas no futuro, obviamente. Já foi confirmado que o estúdio planeja fazer curtas de Toy Story para a Disney+ durante o ano que vem, além dos esforços para dar sequência a Monstros S.A. no serviço de streaming. É encorajador saber que as franquias antigas não serão abandonadas. Mas o estúdio tem recebido retorno positivo pelas histórias não originais recentemente, como Procurando Dory e Incríveis 2, apesar de que esses estão longe de ser os melhores filmes da Pixar. E com Docter assumindo a nova era, é o momento certo de voltar a ser a Pixar raiz que cria clássicos inovadores do zero para as novas gerações.

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas