Menu & Busca
Pilotos da Fórmula 1 brigam e Verstappen pagará serviço comunitário

Pilotos da Fórmula 1 brigam e Verstappen pagará serviço comunitário


O GP do Brasil foi daqueles para fã nenhum botar defeito. Belas disputas, ultrapassagens e uma pitada de polêmica no lance protagonizado por Max Verstappen e Esteban Ocon.

Ocon foi decisivo para o resultado do GP do Brasil deste domingo, que teve Lewis Hamilton como vencedor. Retardatário, o francês tentava tirar voltas dadas pelo então líder Max Verstappen. Os dois entraram juntos no S do Senna, mas o competidor da Force India não cedeu a posição para o rival da RBR, provocando o toque e fazendo com que o holandês rodasse e saísse da pista.

O incidente abriu caminho para que Hamilton assumisse a ponta e mantivesse um ritmo bom o bastante para receber a bandeira quadriculada em primeiro. Pelo lance, Ocon foi punido com um stop and go de 10s e terminou em 15°. Ao final da prova, já na balança de pesagem, a dupla – rivais desde os tempos de Fórmula 3 – se encontrou e o clima esquentou. Max empurrou o piloto da Force India e, por pouco, os dois não trocaram socos. Veja o acidente:

Devido à briga, Verstappen terá, como punição, ter que pagar 2 dias de serviço comunitário.

Foto: transmissão +Sport

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas