Pandemia: Campeonato brasileiro feminino retorna após 5 meses
Menu & Busca
Pandemia: Campeonato brasileiro feminino retorna após 5 meses

Pandemia: Campeonato brasileiro feminino retorna após 5 meses

Home > Notícias > Esporte > Pandemia: Campeonato brasileiro feminino retorna após 5 meses

Em março, com a pandemia se agravando no Brasil, inúmeras atividades foram paradas para evitar um maior contágio da população, e o futebol feminino foi uma delas.

Durante o período de isolamento, os clubes mantiveram treinos a distância com suas atletas para que elas não perdessem a preparação física que já havia sido feita para o início da temporada.

Com a volta do campeonato brasileiro masculino, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) decidiu retornar também com o campeonato feminino, que teve o dia 26/08, uma quarta-feira, como a data de reestreia.

Campeonato brasileiro feminino  na pandemia
Pandemia: Campeonato brasileiro feminino retorna após 5 meses. | Foto: Rodrigo Corsi/ CBF.

Retorno do campeonato feminino em meio à pandemia

Para a volta dos jogos, foram feitos protocolos de segurança seguindo as recomendações feitas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), como a realização de testes de Covid-19 nas jogadoras, as jogadoras reservas devem ficar na arquibancada mantendo o distanciamento, não pode haver a troca de camisa entre jogadoras, entre outras precauções.

Na data de reestreia, houve dois jogos da 5ª rodada que ainda não tinha sido finalizada quando houve a paralisação. Um dos confrontos foi o do Santos, que jogou na Vila Belmiro contra o Audax e conseguiu uma goleada de 5×0, algo que o manteve 100% na competição e com a defesa ainda sem ter sido vazada.

Já o outro jogo foi do Corinthians, que jogou com a atual campeã brasileira, a Ferroviária. O duelo ocorreu no Parque São Jorge e o time alvinegro saiu vitorioso, com o placar de 2×0.

No fim de semana, tiveram os jogos da 6ª rodada, que ficou marcada pelo fato de 10 jogadoras do time Minas Icesp terem sido diagnósticas com Covid-19 e o jogo não ter sido adiado, algo que aconteceu no campeonato masculino, mostrando o descaso ainda existente da CBF com o futebol feminino. 

_________________________________
Por Tatiana Carvalho – Fala! ESPM

Tags mais acessadas