Os 5 melhores filmes do cinema espanhol para aproveitar as férias
Menu & Busca
Os 5 melhores filmes do cinema espanhol para aproveitar as férias

Os 5 melhores filmes do cinema espanhol para aproveitar as férias

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Os 5 melhores filmes do cinema espanhol para aproveitar as férias

O cinema na Espanha chegou rapidamente após a “invenção” dessa arte. Por fazer fronteira com a França dos Irmãos Lumiére, demoraram-se apenas dois anos para essa arte se consolidar no país, em 1897.

Anos depois, diversos filmes de alta qualidade foram produzidos. Abaixo, você confere as cinco obras máximas do cinema espanhol

Melhores filmes espanhóis

1. O Labirinto do Fauno (2006)

Essa obra fantástica do diretor Guillermo Del Toro narra as aventuras de Ofelia (Ivana Baquero), uma garota que chega ao posto do novo marido de sua mãe doente.

Sendo um sádico capitão do exército, tenta reprimir uma guerrilha, ao mesmo tempo em que Ofélia descobre um labirinto encantado habitado por um Fauno. A criatura lhe dá missões, prometendo imortalidade para a garota.

O filme venceu três de seis indicações ao Oscar, em 2007, além de sete Goyas, o mais importante do cinema espanhol. 

2. A Pele que Habito (2011)

Dirigido por Pedro Almodóvar, essa obra narra um evento traumático que acaba arruinando o relacionamento entre o cirurgião plástico Robert Ledgard (interpretado por Antonio Banderas) e Elena (Vera), a mulher que ele mantém presa em sua mansão luxuosa.

A obra conquistou quatro Goyas e um BAFTA de Melhor Filme Estrangeiro.

3. Tudo sobre Minha Mãe (1999)

Nesse outro filme de Almodóvar, Cecilia Roth interpreta Manuela, uma mulher cujo filho é atropelado. Manuela, então, decide ir até a cidade de Barcelona para dar notícia ao pai da criança.

Tudo Sobre Minha Mãe venceu o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2000, além de ter vencido sete Goya e o Prémio de Diretor do Festival de Cannes. 

4. Mar Adentro (2004)

O vencedor do Oscar Javier Bardem (Onde os Fracos Não Têm Vez) interpreta Ramón Sanpedro nesse filme baseado em fatos reais.

Ramón sofreu um acidente que o deixou paralisado e preso a uma cama pelo resto da vida. Porém, lutou contra a Igreja, sociedade e, inclusive, sua família para ter o direito de fazer uma eutanásia.

Do diretor Alejandro Amenábar, conquistou 14 Goyas e o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.    

5. Cria Cuervos (1976)

A obra, dirigida por Carlos Saura, é protagonizada por Ana (Ana Torrent/ Geraldine Chaplin), que relembra sua infância desde a morte do pai, 20 anos antes, até que passa acreditar que pode invocar a presença de sua mãe.

Cria Cuervos conquistou o Prêmio do Júri do Festival de Cannes de 1976, além de oito outras conquistas e uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. 

_______________________________
Por Victor Livi – Fala! Cásper

Tags mais acessadas