Opinião: Bia Doria, a que não gosta de pobres e detesta quem os ajuda
Menu & Busca
Opinião: Bia Doria, a que não gosta de pobres e detesta quem os ajuda

Opinião: Bia Doria, a que não gosta de pobres e detesta quem os ajuda

Home > Notícias > Opinião: Bia Doria, a que não gosta de pobres e detesta quem os ajuda

Em uma entrevista realizada na última sexta, 03, a artista plástica, socialite e primeira-dama do estado de São Paulo, Beatriz Doria, criticou a população paulistana que ajuda moradores de rua, dando-lhes comida e/ou roupas (clique aqui e assista à fala de Bia Doria).

João Doria
Beatriz Doria ao lado do marido, o governador de SP, João Doria Jr. | Foto: Reprodução.

Não é correto você chegar lá na rua e dar comida e dar… porque a pessoa tem que se conscientizar que ela tem que sair da rua! Porque a rua, hoje, é um atrativo!

Expressou a primeira-dama.

Polêmica envolvendo a Bia Doria

Após a repercussão negativa, Bia Doria se desculpou e afirmou, em nota, que sua fala “foi tirada de contexto”, pois o que ela realmente quis dizer é que se a população convencer os moradores de rua a saírem da rua, seria um processo de melhorar a vida dos vulneráveis sociais. Bia Doria é presidente do Conselho do Fundo Social de Assistência para Pessoas Vulneráveis no estado de São Paulo, apenas para se ter uma ideia.

A entrevista foi feita pela socialite Valdirene Aparecida Marchiori, a Val Marchiori, para seu canal no YouTube. Val ficou conhecida por participar do reality show Mulheres Ricas, da Band, em 2012 e 2013. No dia seguinte após a entrevista, Val fez uma doação no centro de São Paulo para moradores de rua junto com os filhos, fazendo questão de expor isso nas redes sociais, numa espécie de resposta à fala de Bia Doria, e para limpar sua imagem da polêmica.

Val Marchiori
Val Marchiori fazendo ato de caridade no centro de SP após polêmica com Bia Doria. | Foto: Reprodução.

Apesar do ato de caridade (aparentemente midiático) de Val Marchiori e do pedido de desculpas de Bia Doria, as duas seguem com uma imagem negativa perante à sociedade, e com razão!

O Brasil é um histórico exemplo global de desigualdades sociais. A classe pobre é a mais vulnerável a problemas sanitários, de segurança, de saneamento básico, de mobilidade, entre outros. Em tempos de pandemia do Covid-19, uma doença que foi proveniente da classe rica em território brasileiro (já que pobre não tem condições de viajar até a Itália e voltar ao Brasil com facilidade), a doença se espalha entre a população e atinge os mais vulneráveis, ceifando vidas sem dificuldades; e este é apenas um exemplo dos inúmeros que conhecemos bem.

Bia Doria pode até ter tentado manifestar uma fala positiva de tirar os vulneráveis das ruas (pois constitucionalmente falando, todos merecem dignidade e respeito), mas a esposa de João Doria Jr escolheu as palavras erradas. Não é correto dar comida a um morador de rua? Então é correto ver um ser humano morrer de fome enquanto que você o assiste sem mover um músculo? Se Beatriz Doria fosse uma moradora de rua, ela preferiria morrer de fome por não achar correto tal atitude?

Em seguida, ela fala de “responsabilidades”, logo em uma fala totalmente irresponsável. Ao final, Val Marchiori ainda debocha, sem ter respeito algum.

Entre inúmeras coisas que poderiam ser ditas, eu expresso a seguinte fala: ninguém que vive na rua, que vive em barreiras, que vive em palafitas, está ali porque quer. Todos que vivem nestas condições estão ali porque precisam; porque não têm onde morar; porque não têm assistência; porque lhes foram tiradas oportunidades para terem responsabilidades; porque aqueles que deveriam dar assistência (o Estado), se negam e culpam a burocracia (que, neste caso, não é a única responsável).

Para Beatriz Doria, fica a lição (que, pelo visto, não aprendeu anteriormente), de que antes de falar besteiras, ilações, leviandades, pelo menos, pense antes para medir suas palavras. Discursos assim são discursos de ódio ocultos que devem ser repreendidos pela sociedade que entende que ajudar o mais necessitado não é crime, mas é dever cidadão e ato de amor ao próximo.

Bia Doria
Bia Doria em entrevista polêmica à Val Marchiori. | Foto: Reprodução.

_____________________________
Por Álvaro José – Fala! UFPE

Tags mais acessadas