'One Day at a Time': muito mais que uma série
Menu & Busca
‘One Day at a Time’: muito mais que uma série

‘One Day at a Time’: muito mais que uma série

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘One Day at a Time’: muito mais que uma série

One Day at a Time é uma sitcom americana, produzida originalmente pela Netflix, mas após ser cancelada pela mesma, teve seus direitos passados à emissora Pop TV. O primeiro episódio foi lançado em 6 de janeiro de 2017 e até agora possui quatro temporadas. A série mostra o dia a dia de uma família cubana morando em Los Angeles e aborda vários assuntos importantes, como a questão do armamento, religião, tradições e o tabu da terapia.

One Day at a Time netflix
Série One Day at a Time. | Foto: Reprodução.

One Day at a Time

 A família Alvarez é uma família como tantas outras, mas com uma história incrível trazida por Lydia: sua vinda de Cuba para os Estados Unidos quando ainda era criança sem nem mesmo falar inglês. Em alguns episódios, é possível conhecer mais a história da personagem, mãe de Penelope, que conta à sua família algumas de suas memórias. 

Penelope Alvarez serviu no exército, agora trabalha como enfermeira no consultório do doutor Leslie Berkowitz e é mãe solteira. Seu ex-marido, Victor Alvarez, voltou para o Afeganistão para trabalhar como segurança após se separar. Apesar de todos os traumas, Penelope leva uma vida boa ao lado de seus filhos, Elena e Alex, e sua mãe Lydia.

Elena é a filha super inteligente, estudiosa e militante; está sempre ensinando a todos coisas novas e é possível acompanhá-la em sua jornada de autoaceitação até se assumir gay para a família.

Se assumir ainda causa muita polêmica em algumas famílias, e na dos Alvarez não vai ser diferente. Porém, conseguimos ver como cada um deles reage até aceitar, desde a avó católica até o irmão e a mãe, mas ainda tendo um pai receoso, que custa a entender a filha. É um momento tocante para aqueles que se identificam com a personagem, porque a série sempre faz com que sejam representações bem conectadas com a realidade, nunca algo super idealizado.

Alex joga baseball, toca violoncelo e é o bebê da família. Mimado pela avó, ele não deixa de ser um garoto típico e podemos acompanhar cada decepção, vitória e, até mesmo, sua passagem pela puberdade. É um menino que desde criança acha que tem que ser o homem da casa, já que seu pai não está lá. Um jovem encantador e que sabe como usar seu charme.

Você ri e chora junto com os personagens, é uma sitcom leve de se assistir. É possível se sentir próxima da família a cada novo episódio, podendo reconhecer os acontecimentos em nossa própria rotina.

Essa é, com certeza, uma série que merece ser assistida e exaltada, a começar pelo fato da representatividade de uma família latina, algo muito raro no cinema americano. Com um elenco em sua maioria latino, One Day at a Time é uma série que não decepciona.

__________________________
Por Rafaela Thomaz Leite – Fala! PUC

Tags mais acessadas