Nolan 50 anos: O que o diretor já mostrou para o cinema
Menu & Busca
Nolan 50 anos: O que o diretor já mostrou para o cinema

Nolan 50 anos: O que o diretor já mostrou para o cinema

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Nolan 50 anos: O que o diretor já mostrou para o cinema

Como Christopher Nolan conseguiu atingir o patamar dos maiores diretores da última década

No dia 30 de julho, Christopher Nolan completou 50 anos de vida em um ano que era para ser especial na sua carreira. Seu filme A Origem chegou ao décimo ano desde a sua estreia e haveria o lançamento do trabalho mais recente do aclamado diretor: Tenet. Como o britânico chegou ao patamar em que está e como sua ambição pode tirá-lo de lá?

Em entrevista, a repórter e crítica cinematográfica Barbara Demerov explica o modo que ele realiza as suas produções e seu estilo de direção: “Ele é um diretor que gosta de experimentar coisas, estilos e gêneros novos, mas é muito perfeccionista. Desde suas ficções até os dramas, como Amnésia (2000), ele quer entregar uma história bem delineada com começo, meio e fim”.

Sua maneira de dirigir filmes foi tão bem executada que, após o lançamento de A Origem (2010), os filmes que vieram depois tentaram usar dos mesmos artifícios do longa: “Dentro desses gêneros de ficção e ação ele trouxe mais um exemplo de que não é necessário entregar todas as respostas. Ele dá muitas perguntas e poucas respostas, isso é algo que vários diretores querem fazer”, e completou, “Quem for estudar cinema nas próximas décadas, A Origem vai estar no meio”.

filmes de Nolan
Nolan fez 50 anos: veja seus filmes mais aclamados. | Foto: Montagem/Reprodução.

Christopher Nolan e o cinema

Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008)

Um dos filmes mais conhecidos dirigidos por Nolan é Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008), o segundo filme da trilogia também dirigida por ele, é considerado por muitos como o melhor filme de super-herói de todos os tempos. Entretanto, ele não inspirou outras obras de mesmo gênero ou alavancou os filmes da DC, e ainda viu a concorrente da empresa de quadrinhos quase monopolizar esse mercado com suas produções.

Então, para qual lado ele teve mais influência? “Dentro do cinema denominado ‘de arte’ ele conseguiu dar um exemplar de storytelling, algo que os filmes da Marvel não conseguiriam fazer”.

Batman: O Cavaleiro das Trevas
Pôster de Batman: O Cavaleiro das Trevas. | Foto: Reprodução.

Interestelar (2014)

Como ser humano, ele está passível de erros, e um deles está no método que conduz filmes com temas complexos, como Interestelar (2014). Por querer abordar assuntos dentro da física quântica, acaba sendo obrigado a usar um facilitador no roteiro por meio dos diálogos expositivos dos personagens, o que desagradou parte do público neste filme justamente por entregar de maneira muito fácil as informações necessárias para a compreensão do longa, um filme complexo para ignorantes.

“Ignorante como termo para aquele que não possui conhecimento, então, sim, se encaixa com o filme. Ainda mais por passar uma mensagem tão humana no final”. Sendo assim, não é necessário um conhecimento adicional para entender o fim do filme.

Tenet (2020)

Neste ano de 2020, Tenet dará continuidade ao universo estabelecido em A Origem. Em entrevistas, Nolan afirmou inúmeras vezes que quer o filme passando em salas de cinema, mesmo com a pandemia que o mundo enfrenta. Apesar dos adiamentos sofridos nesse meio tempo, ele tentará lançá-lo nos cinemas e, para a crítica, isso é um perigo:

Ele vai lançar no cinema mesmo que seja ano que vem e, mesmo assim, sem uma vacina, as pessoas vão demorar para voltar para uma sala de cinema. Esse ano foi muito traumatizante para todo mundo, e nós sabemos que é um lugar perigoso.

Ela também alertou que essa obsessão do diretor em querer seu trabalho unicamente no cinema é algo ruim nos dias de hoje: “O cinema e o VOD (Video On Demand ou Vídeo Sob Demanda) vão coexistir e o Nolan tem que entender isso. Às vezes, um de seus filmes pode ir direto para VOD. Ele tem que se abrir para o mundo”.

Tenet de Nolan
Pôster de Tenet. | Foto: Reprodução.

Tenet estreia em 10 de setembro no Brasil, mas está sujeito à alteração novamente, caso a situação em relação ao coronavírus não mude nas próximas semanas.

_________________________________
Por Henrique Andrade – Fala! Cásper

Tags mais acessadas