NFL: Prorrogações, ‘Mahomes Clutch’, lesão de Joe Burrow e mais
Menu & Busca
NFL: Prorrogações, ‘Mahomes Clutch’, lesão de Joe Burrow e mais

NFL: Prorrogações, ‘Mahomes Clutch’, lesão de Joe Burrow e mais

Home > Notícias > Esporte > NFL: Prorrogações, ‘Mahomes Clutch’, lesão de Joe Burrow e mais

Na última segunda feira, mais uma rodada na melhor liga de futebol americano do mundo se encerrou, e os fãs da bola oval foram presenteados com um fim de semana de grandes jogos, muitos decididos na última bola. A NFL segue com apenas uma equipe invicta, pois o Pittsburgh Steelers novamente saiu vencedor e bateu o Jacksonville Jaguars, por 27 a 3, e conquistou o recorde de 10–0 pela primeira vez em sua história, e o primeiro desde o Carolina Panthers em 2015.

Na quinta-feira, um duelo entre dois dos melhores Quarterbacks da temporada e valendo a liderança da NFC Oeste: Kyler Murray contra Russell Wilson, no Lumen Field em Seattle. A partida terminou com vitória dos Seahawks, por 28 a 21, com a criticada defesa de Seattle parando os Cardinals na campanha final.

Tom Brady
Tom Brady contra os Rams na semana 11 da NFL. | Foto: Bucs Wire.

No domingo, algumas partidas terminaram em prorrogação. Foi o caso dos emocionantes jogos entre Ravens e Titans, em que Tennessee saiu vencedor com um TD corrido de Derrick Henry na prorrogação, e também o desfecho do duelo entre Indianapolis Colts e Green Bay Packers, o qual terminou com vitória de Indy com um Field Goal de Rodrigo Blankenship.

Apesar das emocionantes partidas da rodada, a nota triste do fim de semana ficou para a lesão de Joe Burrow, calouro sensação e QB dos Bengals. O jovem rompeu diversos ligamentos do joelho e está fora da temporada, podendo, inclusive, perder algum tempo na temporada de 2021, de tão grave que foi a sua lesão. Agora, confira os principais confrontos da rodada da NFL!

Semana 11 da NFL

Tennesse Titans 30 x 24 Baltimore Ravens

No M&T Bank Stadium, em Baltimore, no estado de Maryland, os Ravens receberam o Tennessee Titans, em um duelo que marcava a reedição da rodada divisional da temporada passada, em que, no mesmo palco, os Titans se sagraram vencedores e carimbaram o passaporte à Final de Conferência. Para esse confronto, ambas as equipes vinham de derrotas consecutivas e precisavam urgentemente de uma vitória para se manterem como grandes forças na Conferência Americana.

No primeiro tempo, quem se deu melhor foram os mandantes. Os Ravens foram para o intervalo, vencendo por 14 a 10, com um TD de JK Dobbins e dois FGs, enquanto do outro lado, Jonnu Smith anotou o TD que abriu o placar do duelo. No 3º quarto, um belo passe de Lamar para Mark Andrews e Baltimore abriu 21 a 10. Porém, após alguns Field Goals e uma interceptação muito ruim lançada por Lamar Jackson, os Titans se recuperaram e viraram com um Touchdown de AJ Brown. Justin Tucker empatou para os Ravens e o jogo foi para a prorrogação em 24 a 24.

No overtime, Baltimore começou com a posse e pouco conseguiu fazer, sendo forçado a dar o punt e a chance da vitória nas mãos dos Titans, de Ryan Tannehill. Com uma sólida campanha do QB e uma corrida de 29 jardas para o Touchdown de Derrick Henry, Tennessee saiu novamente com a vitória de Baltimore e ganhou uma sobrevida na corrida pelos playoffs. Já os Ravens, agora estão 6–4 e foram ultrapassados pelos Browns na AFC Norte, começando a ter até a vaga no Wild Card ameaçada.

NFL
Derrick Henry contra os Ravens pela NFL. | Foto: PFF.

Green Bay Packers 31 x 34 Indianapolis Colts

No duelo entre dois grandes e experientes Quarterbacks, Packers e Colts se enfrentaram no Lucas Oil Stadium em Indianapolis, em mais uma partida da rodada que foi decidida na prorrogação. No primeiro tempo de jogo, um domínio absoluto dos visitantes, em que Aaron Rodgers jogou muito bem e levou o seu time para vestiário com um 28 a 14 no placar.

Se na primeira etapa o domínio foi total de Green Bay, e os Colts não demonstraram nenhuma resposta, no segundo tempo, os papéis se inverteram completamente. Indianapolis cresceu na partida e buscou uma reação improvável, enquanto os Packers não tiveram praticamente nenhuma resposta para a reação dos Colts. Em pouco mais de um quarto, o que era um 28 a 14, se tornou um 31 a 28 para Indianapolis. Porém, faltando três segundos para acabar, Mason Crosby conectou um Field Goal e o jogo foi para a prorrogação. 

No overtime, um fumble sofrido pelo WR dos Packers, Marques Valdez-Scantling, colocou os Colts em ótima posição de campo, que venceu a partida com um FG anotado pelo filho de mãe brasileira, Rodrigo Blankenship. Ambas as equipes agora estão com um recorde de 7–3, e lideram suas respectivas divisões.

NFL semana 11
O FG de Rodrigo Blankenship. | Foto: Stampede Blue.

SNF – Kansas City Chiefs 35 x 31 Las Vegas Raiders 

No jogo do principal horário da televisão americana, os rivais Chiefs e Raiders se enfrentaram no Allegiant Stadium em Las Vegas, no segundo duelo entre as equipes nesta temporada. Na partida de ida, os Raiders venceram os Chiefs em Kansas City e foram os responsáveis pela única derrota de Patrick Mahomes e companhia na temporada até aqui.

No primeiro tempo, Derek Carr e os Raiders foram novamente superiores, e com um placar de 17 a 14 e TDs de Josh Jacobs e Nelson Agholor, foram para o intervalo vencendo. Porém, do outro lado, havia o melhor Quarterback da atualidade e o segundo tempo mudou de figura. Não se engane, a partida seguiu disputada, com ambas as equipes jogando um belo futebol americano, e restando pouco menos de dois minutos, os Raiders haviam retomado a liderança com TD do experiente Jason Witten.

Com muito tempo no relógio para o ataque dos Chiefs, o resultado dificilmente seria outro: Mahomes conduziu uma boa campanha até encontrar Travis Kelce sozinho na endzone para dar a vitória à Kansas City, por 35 a 31, em um dos melhores confrontos de primetime da temporada.

futebol americano
Raiders e Chiefs no duelo da semana 11 da NFL. | Foto: The Kansas City Star.

MNF – Los Angeles Rams 27 x 24 Tampa Bay Buccaneers 

No Raymond James Stadium, em Tampa, os Buccaneers receberam o Los Angeles Rams, em um duelo que envolvia duas das principais forças da Conferência Nacional. No primeiro tempo, algumas trocas de liderança demonstravam que a disputa pela vitória seria até o fim da partida. Os Rams foram para o vestiário vencendo por 17 a 14, com Touchdowns do calouro Van Jefferson e de Robert Woods, enquanto Mike Evans e Leonard Fournette anotaram as pontuações dos Buccaneers.

No segundo tempo, nem Tom Brady nem Jared Goff jogaram bem, mas, ainda assim, cada um lançou mais um Touchdown. No fim do último quarto, os Rams fizeram 27 a 24, com Field Goal de Matt Gay, colocando o destino do jogo nas mãos de Tom Brady. Porém, na sua segunda interceptação bizarra lançada na noite de ontem, decretou a vitória de Los Angeles, que agora lidera a NFC Oeste, enquanto Tampa Bay vê o New Orleans Saints abrir vantagem no topo da NFC Sul.

NFL: Outros jogos da rodada

  • TNF – Cardinals 21 x 28 Seahawks 
  • Steelers 27 x 3 Jaguars
  • Eagles 17 x 22 Browns
  • Falcons 9 x 24 Saints 
  • Bengals 9 x 20 Washington 
  • Lions 0 x 20 Panthers
  • Patriots 20 x 27 Texans
  • Dolphins 13 x 20 Broncos
  • Jets 28 x 34 Chargers
  • Cowboys 31 x 28 Vikings

*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

_________________________________
Por Filipe Saochuk – Fala! PUC

Tags mais acessadas