NFL Draft: Kyle Pitts, conheça o melhor prospecto e TE1
Menu & Busca
NFL Draft: Kyle Pitts, conheça o melhor prospecto e TE1

NFL Draft: Kyle Pitts, conheça o melhor prospecto e TE1

Home > Notícias > Esporte > NFL Draft: Kyle Pitts, conheça o melhor prospecto e TE1

Conheça Kyle Pitts, o melhor Tight End da classe e, para muitos, o melhor prospecto deste NFL Draft

Kyle Pitts
Kyle Pitts, Tight End do Florida Gators. | Foto: Phin Phanatic.

Um misto de Tight End com Wide Reciever, exímio corredor de rotas, mãos extremamente confiáveis e detentor do novo recorde de envergadura para um atleta de ataque saindo do College Football desde 2000. Tido por muitos analistas de Draft como o melhor prospecto dessa classe, Kyle Pitts, Tight End do Florida Gators, ficou carinhosamente apelidado como “aberração da natureza” e tem boas chances de ser uma escolha TOP 5 no NFL Draft 2021.

O que torna Kyle Pitts um atleta único?

Pitts possui 1,98 metros de altura e, como dito anteriormente, possui uma envergadura absurda. Apesar dos quase dois metros, corre rotas e se movimenta como se tivesse 20 centímetros a menos, de maneira extremamente veloz, explosiva e fluida, tornando-se um mismatch com praticamente qualquer jogador de defesa, mas principalmente contra Linebackers, atacando o meio do campo.

Com todo seu tamanho e braços longos, é natural imaginar que alguns de seus pontos fortes são as bolas altas e recepções contestadas, e de fato são. Kyle Pitts é quase imparável nas chamadas “bolas 50/50”, em que o recebedor e o defensor sobem para disputar um passe que seja mais contestado. Com mãos extremamente firmes, sendo comparáveis até com os melhores recebedores da classe de Wide Recievers, como Ja’Marr Chase e DeVonta Smith, Kyle Pitts pode jogar literalmente em qualquer posição do ataque atuando como recebedor.

Um jogador tão privilegiado física e tecnicamente como Kyle Pitts, possui algum ponto fraco em seu jogo? Sendo rigoroso, o seu bloqueio contra o jogo corrido definitivamente não é um ponto forte e a atuação na linha ofensiva é a parte importante do jogo de um TE, porém, não chega a ser terrível, e ele demonstra não ter medo ou frescura para realizar tais bloqueios. Lembrando que isso é algo que ele pode evoluir jogando na NFL, afinal, Kyle ainda tem apenas 20 anos.

Alabama
Recepção de Kyle Pitts contra Alabama. | Foto: Niner Noise.

A carreira de Kyle Pitts: de Defensive End no High School, para as dominantes performances como TE por Florida

Kyle Anthony Pitts nasceu no dia 6 de outubro de 2000, na cidade da Filadélfia, no estado americano da Pensilvânia. Estudou na Abington Senior High School, antes de se transferir para a Archbishop Wood High School, na cidade de Warminster, também no estado da Pensilvânia, no ano de 2016.

Durante o início de sua carreira no futebol americano, Kyle jogava tanto no ataque, como Tight End, quanto na defesa, jogando como um Defensive End. Porém, era nítido que o seu lugar era no ataque, causando muitos problemas para as defesas adversárias, e dedicando-se cada vez mais na posição, foi selecionado para o Under Armour All-America Game de 2018, partida disputada entre os melhores jogadores do futebol americano do ensino médio.

Kyle Pitts futebol americano
Kyle Pitts no Under Armour All-America. | Foto: Facebook do All America HS Football Game.

Segundo o portal de scoutRivals, Kyle Pitts era avaliado como um prospecto quatro estrelas saindo do ensino médio e atraiu a atenção de 17 universidades, sendo que 13 destas lhe ofereceram bolsas de estudo. Penn State, Ohio State, Georgia e Oklahoma eram algumas das interessadas em adquirir o Tight End para seus programas de futebol americano, mas apenas uma realmente mexeu com o coração de Pitts.

A Universidade da Florida foi a única que o atleta visitou e foi justamente com ela que Kyle se comprometeu para atuar no College Football. Em 2018, ele seria um ‘Gator’ e iniciaria uma história de dominância no cenário universitário em sua posição.

No primeiro ano, Kyle Pitts ainda era reserva em sua equipe e, apesar de ter jogado 11 jogos, recebeu apenas três passes (estes que combinaram para 73 jardas, diga-se) e anotou um touchdown. Porém, em 2019, assumindo a titularidade da posição na equipe do Florida Gators, começou a mostrar no campo as suas inúmeras qualidades. Naquela temporada, foram 54 recepções em 13 jogos, totalizando 649 jardas recebidas e cinco touchdowns anotados. Com seu grande desempenho, foi nomeado para o First Team All-SEC, sendo este o selecionado dos melhores jogadores na temporada para a Conferência Sudeste do College Football (SEC).

Em 2020, a temporada do College foi encurtada por conta da pandemia do coronavírus, mas não impediu Kyle Pitts de estabelecer números ainda melhores. Em apenas oito jogos, foram 43 recepções, 770 jardas e 12 touchdowns, com uma média de 17,9 jardas por recepção.

futebol americano
Kyle Pitts contra LSU. | Foto: Florida Gators.

Novamente selecionado para o First Team All-SEC, votado de maneira unânime para o All American e vencedor do John Mackey Award de 2020, prêmio dado ao melhor Tight End do futebol americano universitário na temporada, foram alguns dos feitos alcançados por Kyle após sua brilhante temporada pelos Gators.

Após dois belíssimos anos jogando no futebol americano universitário, Kyle Pitts anunciou em dezembro do ano passado que não voltaria para o seu ano de Sênior (4º ano da faculdade), e que não jogaria o Goodyear Cotton Bowl, contra Oklahoma. Pitts afirmou que entraria para Draft de 2021, dando início à sua carreira no futebol americano profissional, na National Football League.

Kyle Pitts é um misto raro de altura, força, velocidade, agilidade e habilidade como recebedor, principalmente para a posição de Tight End. Um jovem jogador que parece ter sido criado em laboratório, e que um dos 32 times da National Football League terão a sorte e oportunidade de ter em seu ataque, mesmo que boa parte destas franquias, não passarão nem perto de poder escolhê-lo, afinal, Pitts não cairá para fora do TOP 10 no NFL Draft daqui duas semanas, em Cleveland. Atlanta Falcons, Miami Dolphins, Carolina Panthers e Dallas Cowboys, são os destinos mais prováveis para o melhor prospecto do Draft, Kyle Anthony Pitts.


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

________________________________
Por Filipe Saochuk – Fala! PUC-SP

Tags mais acessadas