Netflix é criticada por artistas por controle da velocidade de reprodução
Menu & Busca
Netflix é criticada por artistas por controle da velocidade de reprodução

Netflix é criticada por artistas por controle da velocidade de reprodução

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Netflix é criticada por artistas por controle da velocidade de reprodução

A Netflix lançou uma ferramenta em seu serviço que permite mudar a velocidade de séries e filmes que os usuários assistem. Profissionais do ramo de filmes e séries criticaram essa nova técnica.

netflix
Netflix pode oferecer ferramenta para mudar velocidade de filmes e séries.

Netflix é criticada por controle da velocidade de reprodução

Em um dispositivo Android, será possível diminuir a velocidade de qualquer conteúdo na Netflix em 0.5x ou 0.75x e acelerar em 1.25x ou 1.5x. Isso já é possível no YouTube, que oferece mais opções de velocidade de reprodução

O serviço de streaming estava testando essa possibilidade para melhorar a experiência dos espectadores, mas foi criticado pelos profissionais que fazem esses filmes e séries, como o diretor Judd Apatow.

Não. Não é assim que funciona. Distribuidores não podem mudar a forma como o conteúdo é apresentado. Fazendo isso, quebra a confiança [entre os produtores e os distribuidores] e não será tolerado pelas pessoas que providenciam isso. Deixe com que as pessoas que não se importam coloquem no contrato que não se importam. A maioria se importa

O diretor Judd Apatow opinou sobre a possibilidade de mudar a velocidade de reprodução dos conteúdos.

Brad Bird, diretor dos filmes Ratatouille e Os Incríveis, também mostrou sua indignação e falou: “Como a Netflix pode apoiar e financiar produtores e diretores de filmes para depois destruir seu trabalho?”.

Em contrapartida, a nova ferramenta da Netflix foi elogiada por Everette Bacon, membro do conselho da Associação Nacional dos Cegos. Em entrevista à NPR, ela afirma que cegos estão acostumados a consumir conteúdo visual com a ajuda de narrações descritivas (que a Netflix possui) e a escutar livros (audiobooks), então tendem a acelerar já que sua audição é treinada. A possibilidade de acelerar conteúdos de streaming, portanto, é benéfica para pessoas de visão prejudicada ou nula.

Além disso, um representante do serviço de streaming defendeu a nova ferramenta que estão testando para a revista Variety: “Estamos sempre procurando novas maneiras de ajudar nossos fãs a desfrutar o conteúdo que eles amam, e, por isso, testamos essas ferramentas em dispositivos móveis.”.

___________________________________
Por Domitilla Mariotti – Redação Fala!

Tags mais acessadas