Netflix libera o documentário '#Anne Frank: Vidas Paralelas'
Menu & Busca
Netflix libera o documentário ‘#Anne Frank: Vidas Paralelas’

Netflix libera o documentário ‘#Anne Frank: Vidas Paralelas’

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Netflix libera o documentário ‘#Anne Frank: Vidas Paralelas’

Documentário narra a história de Anne Frank e mais cinco sobreviventes do Holocausto

O novo catálogo da Netflix dessa semana disponibilizou, no dia 1 de julho, o documentário #Anne Frank: Vidas Paralelas. Lançado em 2019, sob direção de Sabina Fedeli e Anna Migotto, a narrativa sociocultural possui 1 hora e 34 minutos e tem o elenco composto pela atriz britânica Helen Mirren, vencedora do Oscar e Globo de Ouro de 2007, e a atriz Martina Gatti.

O documentário possui como fio condutor a obra literária O Diário de Anne Frank, publicado originalmente em 1947, em que a jovem Anne escreve sobre os momentos que viveu confinada em um esconderijo para fugir dos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, de junho de 1942 até agosto de 1944, quando foi capturada e levada para o campo de concentração.

Por dois anos, sua melhor companhia foi o seu diário, apelidado carinhosamente de Kitty. A obra foi publicada pelo único sobrevivente de sua família, seu pai Otto Frank, e se tornou um best-seller mundial e um retrato do horror que os judeus sofreram durante esse período.

#Anne Frank: Vidas Paralelas
#Anne Frank: Vidas Paralelas. | Foto: Reprodução.

Ao mesmo tempo que esse temeroso genocídio é retratado, assim como o livro, o documentário mostra a leveza de uma jovem sonhadora, que desejava viver livre e em paz, trabalhar, andar de bicicleta, ir ao cinema, dançar e beijar.

Com uma voz suave, mas penetrante, a atriz Helen Mirren narra toda a história com trechos retirados da obra original. Em alguns momentos, olha diretamente para câmera, com um olhar incisivo, como quem desafia o receptor a refletir e garantir que essa história nunca se repita.

O cenário da narradora é entre quatro paredes, no quarto de Anne Frank, com uma meia luz. As paredes são os limites dos sonhos da garota judia e o seu quarto um símbolo do local mais acolhedor, com colagens de artistas famosos da época e figuras emblemáticas ao redor. Contudo, ao mesmo tempo que o ambiente é opressivo e sufocante, rememora o local em que Anne passou seus últimos dias, os mais alegres, antes de enfrentar a dura realidade do extermínio.

Além de Helen Mirren, uma outra figura é apresentada no documentário como uma imagem atual, a atriz Martina Gatti, que não possui falas ao longo da obra cinematográfica. Conectada nas redes sociais, a personagem @KaterinaKat é uma jovem moderna, de longos cabelos castanhos, que, ao longo da história, percorre toda a trajetória de Anne Frank e das vidas paralelas que são retratadas – Helga, Andra, Tatiana, Sarah e Arianna. A jovem percorre museus e memoriais, lê a obra original e visita o esconderijo da família Frank. Questionadora, viaja em busca de respostas para tamanha atrocidade humana e posta suas descobertas em seu perfil on-line.

As vidas paralelas são retratadas por histórias reais de Helga, Andra, Tatiana, Sarah e Arianna. Sobreviventes do Holocausto e com idade similar à de Anne, as cinco representam as marcas de um passado repulsivo pela excessiva crueldade humana. Ainda tatuadas com seus números do campo de concentração, testemunham o que viram e viveram e convocam as novas gerações para que nunca se esqueçam do que aconteceu.

O documentário Anne Frank: Vidas Paralelas é baseado em histórias reais e impactantes, que marcam o maior genocídio documentado e o horror ocorrido no século XX. Por mais de sete décadas a história de Anne Frank, que atualmente estaria com 91 anos, impactou a vida de milhões de pessoas ao redor do mundo e virou um símbolo de tantas histórias e sonhos que são destroçados pela guerra. A luta não acabou, mas Anne Frank escreveu uma dica atrás da capa de seu diário: “seja gentil e tenha coragem”.

Sinopse e trailer

A vencedora do Oscar Hellen Mirren conta a história de Anne Frank com base no diário da jovem no documentário que traz também a saga de cinco sobreviventes do Holocausto.

Ficha técnica

Título Original#AnneFrank: Parallel Stories
Duração: 94 minutos
Lançamento: 11 de novembro de 2019 (Itália)
Disponível: Netflix
Dirigido por: Sabina Fedeli e Anna Migotto
Classificação: 12 anos
Gênero: Drama, Documentário
País de Origem: Itália

____________________________
Por Louise Diório – Fala! Mack

Tags mais acessadas