Inscreva-se agora e fique por dentro das novidades!
Quero me inscrever!
Menu & Busca
Revolução Artesanal: entenda o sucesso deste movimento

Revolução Artesanal: entenda o sucesso deste movimento

A Revolução Artesanal é um projeto criado por Ciça Costa e Bruno Andreoni, ambos fundadores da In Totum, estúdio de comunicação e design social com foco em processos de aprendizagem coletiva. A Revolução está em valorizar a cultura do fazer manual e propõe oficinas para a criação dos mais variados produtos, que vão de objetos de cerâmica a pães caseiros, de forma artesanal e artística, como uma válvula de escape para a vida moderna.

 

O conceito da Revolução Artesanal é se contrapor à Revolução Industrial, ou seja, valorizar o feito à mão e o desenvolvimento humano a partir da individualidade de cada criador e de suas criações, respeitando o tempo e o processo de desenvolvimento de cada produto e, desta forma, questionar a produção em massa e o consumo excessivo e desnecessário de produtos feitos em larga escala de produção.

Os criadores da Revolução Artesanal defendem a ideia de que cada indivíduo é único, e portanto têm necessidades únicas e gostos particulares. Desta forma, ao produzir seus próprios produtos como um pote de cerâmica, um banco, ou até mesmo uma luminária, estão colocando sua personalidade ali e criando produtos únicos para cada necessidade e personalidade.

Outro ponto que a Revolução Artesanal traz para discussão é que, após a industrialização do mundo, as pessoas passaram a viver um estilo de vida agitado, ininterrupto e estressante, algo nocivo para a saúde, pela escassez de momentos de tranquilidade e reflexão. Ao realizarem trabalhos artesanais, as pessoas entram em um outro estado de espírito e de relação com o tempo, o que permite uma conexão interna própria permitindo se conectar consigo e com o mundo de outra forma.

A Revolução Artesanal propõe não só a individualização de cada um, como a valorização do “fazer à mão” e um novo estilo de vida. E para entender melhor tudo isso, conversamos com a co-fundadora do projeto, Ciça Costa:

FALA!: Como e quando surgiu a ideia da Revolução Artesanal e os festivais de oficinas?

Ciça: A Revolução Artesanal surgiu no final de 2016 como proposta e manifesto, sendo que o primeiro Festival de oficinas ocorreu em abril de 2017 com mais de 15 oficinas com técnicas e materiais diferentes valorizando a diversidade que existe em cada processo. Desde lá já realizamos mais dois festivais, um em outubro de 2017 e outro em maio deste ano e agora lançamos o Mini – Festival para o próximo mês de outubro.

FALA!: Como funciona a montagem de cada oficina e a escolha dos temas?

Ciça: A cada edição do Festival do Fazer ou do Mini Festival – um dia do fazer, é feita uma pesquisa e uma curadoria das oficinas e dos oficineiros, olhamos tanto para os produtos que são feitos por eles, quanto para sua autenticidade no processo de produção. Buscamos uma diversidade de fazeres manuais e também uma estética que valorize o simples e o belo.

 FALA!: Conta pra gente sobre o “Mini Festival – Um dia do fazer”, que será realizado no dia 06 de outubro?

Ciça: No dia 6 de outubro iremos realizar o primeiro Mini Festival – um dia do fazer, a nossa ideia foi a de condensar em um dia, na cidade de São Paulo, uma oferta de fazeres manuais que vão desde Pão Caseiro de Fermentação Natural, e a Construção de Luminária. Para os tecidos separamos a oficina de Tingimento Natural com técnica de Shibori, e também o Ecoprint – que é a Impressão Botânica. Teremos também a oficina de Estamparia Manual de tecidos a partir de carimbos, e a oficina de Tricô de Braço onde seu corpo vira a agulha de tricô que sustenta a bolsa que será criada.

Na parte da natureza escolhemos a oficina de Mini Horta com Vasos Freáticos, que não deixam a sua planta ficar sem água e a parceira DUIT! Vai hospedar as oficinas de Marcenaria para a construção de uma Banqueta e também para a construção de uma Caixa Multiuso.

Esperamos nos encontrar por lá! Venham! Nós adoramos conversar e o nosso estúdio está sempre de portas abertas para um café e uma bom bate-papo. Até lá!

Para ficar por dentro das iniciativas da Revolução Artesanal:
Facebook: facebook.com/fazerartesanal
Instagram:
@fazerartesanal
Youtube
Blog

E para se inscrever no Mini Festival – Um dia do fazerclique aqui

0 Comentários