Montagem do elenco da Juventus na temporada 2014/15
Menu & Busca
Montagem do elenco da Juventus na temporada 2014/15

Montagem do elenco da Juventus na temporada 2014/15

Home > Notícias > Esporte > Montagem do elenco da Juventus na temporada 2014/15

Como a Juventus montou o time vice-campeão da Champions League na temporada 2014/15?

Juventus
Juventus na temporada 2014/15. | Foto: Reprodução.

Hoje, no futebol, muita gente associa o sucesso ao dinheiro. E claro que eles estão ligados, porém uma boa administração, acertar nas contratações e saber aproveitar as oportunidades de mercado transformam uma equipe competitiva. O time da Juventus da temporada 2014/15 é prova disto. 

Comandada pelo italiano Massimiliano Allegri, conquistou o Scudetto e a Coppa Itália, além do vice-campeonato na maior competição de clube do mundo. Perdendo a final por três a um, para o poderoso time do Barcelona com o ataque MSN.

Juventus na temporada 2014/15

Vamos olhar a escalação inicial para o jogo da final da Champions League: Buffon, Lichtsteiner, Barzagli, Bonucci, Evra, Marchisio, Pirlo, Pogba, Vidal, Tévez e Morata. Além dos três que entraram no decorrer da partida: Kingsley Coman, Fernando Llorente e Roberto Pereyra.

O time titular custou aos cofres do clube €111,9 M, sendo o Buffon a contratação mais alta, feita em 2001 por €45M. Claro que olhando pelo valor total, temos outra impressão, porém as contratações foram certeiras e baratas. Observando o investimento em alguns atletas titulares da equipe como o Evra, que veio por €1,6 M e Barzagli por €0,3M.

Marchisio, meio-campista titular, foi formado nas categorias de base do clube; Andrea Pirlo chegou de graça em 2011, após sair do Milan, pois não acreditavam no seu potencial mais por causa da sua idade; o meia Pogba foi contratado em 2012 sem nenhum custo, depois de não ser aproveitado no Manchester United, o mesmo aconteceu com o atacante Coman no PSG; a equipe de Turim também não teve custos na contratação do espanhol Fernando Llorente, que chegou em 2013.

No campeonato italiano, conquistaram o título somando 87 pontos, ficando 17 pontos à frente do segundo colocado, a Roma.

Marcaram 104 gols na temporada em 56 partidas disputadas. O argentino Carlos Tevez acabou a temporada como artilheiro da equipe com 29 gols marcados. Custando €9,0 M, saiu do Manchester City para a La Vecchia Signora, como é conhecida no seu país local.

Ou seja, esses números mostram que mais importante do que simplesmente gastar dinheiro, é necessário saber onde investir. Com negócios que proporcionaram lucros, tanto em campo como fora dele, aproveitando as oportunidades de mercado. Isso a Juventus fez nessa época muito bem.

O clube soube usar a seu favor a vontade dos atletas de vencerem e jogarem em um time grande.

Mesmo o alto valor pago pelo Gianluigi Buffon, goleiro que depois se concretizou como um dos maiores ídolos da história do clube italiano. Sendo referência nacional, atuando como titular na campanha da Copa do Mundo, no ano de 2006, sofrendo apenas dois gols na competição.

___________________________
Por Ronaldo Sambinelli Filho – Fala! Cásper

Tags mais acessadas