Moda consciente por universitárias
Menu & Busca
Moda consciente por universitárias

Moda consciente por universitárias

Home > Lifestyle > Moda consciente por universitárias

Unindo criação, versatilidade e coragem, as universitárias Alicia Gouveia e Daniela Marques resolveram desenvolver a sua própria marca de roupas. E não, elas não são estudantes de moda. Sem conhecer nada sobre tecidos e sem temer o que está por vir, fizeram com que a loja em pouco tempo já se tornasse sucesso, principalmente entre o público jovem.

O projeto nasceu de uma paixão intensa por viajar, explorar o desconhecido e vivenciar novas culturas e rotinas. As duas sempre foram muito estimuladas pelas suas famílias a sair da zona de conforto. Já moraram fora durante períodos mais longos e também fizeram intercâmbios mais curtos. Por isso, antes de ter a marca, Alícia tinha um projeto de começar um blog, ou um instablog, sobre viagens, justamente para compartilhar experiências sobre o assunto.

Logo da marca By Dérive

O nome desta plataforma de conteúdos seria Dérive. A ideia de utilizar a marca como ferramenta para viabilizar viagens foi um motivo para que o nome continuasse com a palavra Dérive. Antes a dúvida era entre Dérive Shop e Dérive Concept, e finalmente ficou By Dérive.

“Acho que nós duas somos muito de arregaçar as mangas, começar na coragem e aprender no caminho”, disse Alicia.

Quando começaram, há pouco menos de dez meses, elas não sabiam nada sobre fornecedores, e-commerce, tecidos ou atendimento ao cliente. O “medo do fracasso” nunca foi uma opção no processo: elas fazem questão de dizer que começaram como “dava”, fazendo o melhor que poderiam fazer com as ferramentas que tinham, pontos cruciais para o empreendedorismo.

Tricot Viena, uma das peças da By Dérive. Modelo: Daniela Marques | Foto retirada do site By Dérive

“A questão é contornar o problema e não parar nele”, enfatizaram.

Mas o que é moda consciente?

Oferecer uma moda consciente não dever ser um diferencial, mas sim, um pré-requisito. Conhecendo um pouco mais sobre os mecanismos do mundo da moda nos dias de hoje, pode-se perceber o quanto já existe este movimento de conscientização por parte dos consumidores. As pessoas querem saber, cada vez mais, de onde vem aquela peça, o quanto ela “custou” no processo de fabricação e quanto ainda custará.

Na By Dérive, uma das bandeiras que levantam é justamente a da versatilidade. A empresa deseja que as clientes tenham guarda-roupas mais inteligentes com peças que podem ser trabalhadas, combinadas e pensadas de maneiras infinitas.

A seguir, veja algumas alternativas de utilização do mesmo macaquinho. Uma única peça é capaz de fornecer três (ou mais) looks diferentes!

A empresa acredita que ser versátil é um caminho para a consciência. Ninguém precisa de cinquenta blusas no armário pra se vestir bem. Mas ser consciente vai muito além disso: as estudantes, ambas de 21 anos, sempre procuram empregar mulheres e pagar à elas 50% do valor de custo de cada peça, o que é uma margem bem acima da média de mercado, onde a maioria das marcas paga menos da metade.

Como conciliar rotina e empreendedorismo?

Alícia e Daniela são amigas há muitos anos, desde a escola. Além da marca, a faculdade e o estágio participam intensamente de suas rotinas. Daniela ainda participa da diretoria de uma Organização Não Governamental. Mas isso não é motivo para que desistam: são somente as duas para toda a logística.

A ideia da By Dérive nasceu em julho do ano passado, mas o lançamento aconteceu só no finalzinho de outubro. Não foi necessário muito tempo para colocar tudo em prática.

Referências: Site da By Dérive

Tags mais acessadas