Michele Morrone afirma que a pressão é maior em '365 Dni 2'; entenda
Menu & Busca
Michele Morrone afirma que a pressão é maior em ‘365 Dni 2’; entenda

Michele Morrone afirma que a pressão é maior em ‘365 Dni 2’; entenda

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Michele Morrone afirma que a pressão é maior em ‘365 Dni 2’; entenda

Por mais que as filmagens de 365 Dni 2 comecem apenas em maio do ano que vem, a ansiedade já se manifesta em internautas e nos próprios produtores e protagonistas. Diante disso, Michele Morrone revela que as expectativas para a sequência são altas.

No primeiro filme de 365 Dni, Michele dá vida a Massimo Torricelli. O mafioso é egocêntrico e muito poderoso, mas fica abalado com a morte de seu pai, após este levar um tiro no peito. Com o falecimento, o italiano tem que assumir os negócios da família, o que não o anima.

Por outro lado, assim que observa Laura Biel (Anna-Maria Sieklucka) ao longe, vê nela a chance de mudar seu destino. Para isso, decide sequestrá-la e mantê-la em cativeiro por 365 dias, até que a jovem se apaixone. Caso isso não aconteça, ela ficará livre depois de um ano.

Apesar de ser sequestrada e forçada a amar um completo desconhecido, Laura se apaixona por Massimo – Síndrome de Estocolmo. Com isso, a continuação do erótico polonês deve iniciar a partir dessa relação entre o casal. Caso contrário, deverá começar com o acidente de Laura e a resposta que mais se espera: ela morreu ou sofreu um novo sequestro?

Em meio à repercussão e ao grande sucesso do longa, espera-se muito de sua continuação. Aliás, conforme alegou o artista principal, há muita pressão no novo filme. Sendo assim, entenda por que isso ocorre.

365 Dni
Michele Morrone em 365 Dni. | Foto: Montagem/Reprodução.

Michele Morrone afirma que a pressão é maior em 365 Dni 2

Apesar de toda a animação para a sequência, Michele Morrone ressalta que há uma pressão maior também. De acordo com ele, isso se dá justamente porque as pessoas conhecem a produção e têm suas expectativas sobre 365 Dni 2.

Em entrevista ao Hugo Gloss, revelou detalhes sobre essa pressão e avaliou que a continuação tem tudo para ser um sucesso, assim como o primeiro longa.

Há muita pressão. Muita pressão. Especialmente sobre mim. Mas a questão é que é impossível que a segunda parte não seja um sucesso, porque nós temos tudo o que precisamos para que ela seja ainda melhor do que a primeira.

Afirmou Morrone.

Além disso, Michele aproveitou para elogiar a equipe envolvida na produção e salientou o quanto a boa relação entre eles favorece a execução e a fama de 365 Dni.

Nós temos uma equipe muito profissional, nós somos amigos, nós sabemos o que queremos uns dos outros, o roteiro será muito forte. Não tem como esse filme dar errado porque as pessoas estão esperando por ele.

Finalizou.

_____________________________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala!

Tags mais acessadas