Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
A meditação e o combate ao stress e ansiedade

A meditação e o combate ao stress e ansiedade

Por Mariana Pastorello – Fala!Cásper

“Os pensamentos são como sementes que produzem plantas. E os pensamentos negativos produzem plantas venenosas”

“Mal do século”, assim são intitulados estados mentais como stress e ansiedade, causados, principalmente, pelo fato de o século vigente ser caracterizado como imediatista e individualista. Já que grande parte da atenção que temos, concentramos em atividades relacionadas a trabalhos ou estudos, quase não possuímos tempo para nós mesmos. Como grande parte da população ocidental que está inserida no sistema neocapitalista, possuí algum grau dessas patologias, que vêm se proliferando ao longo dos últimos anos, é necessário dar a devida atenção para seu tratamento.

Fonte: sbholos.org

Como nos saciamos resolvendo os problemas de forma rápida, os medicamentos ganharam espaço no tratamento desses sintomas, afinal de contas em um gole a ansiedade e o stress se vão. Por causa desse cuidado instantâneo não se criou o hábito de reflexão sobre o “eu” interior, tornando assim, mais complicado resolver essas patologias. A ansiedade, por exemplo, se trata de preocupações excessivas e persistentes, em que se foca em acontecimentos próximos, assim, a meditação trabalha com o presente, e o que se sente no dado momento, e ao se voltar para o “agora” o corpo se encontra com a mente, alinhado o indivíduo, assim, fazendo com que ele se sinta melhor.

Em meio à tantos problemas, a meditação se popularizou por ser um método eficaz, orgânico e sem contraindicações. A prática data de 400 a.C. com os ensinamentos de Buda, que se baseiam fundamentalmente em fazer uma higiene mental, e assim afastar os pensamentos negativos que carregamos e internalizamos durante o dia. Como a prática ganhou um grande espaço e reconhecimento, diversos profissionais de variadas áreas tratam desse assunto, como diz o historiador e autor Yuval Noah Harari em seu livro “21 lições para o século 21” “Sofrimento não é uma condição objetiva do mundo exterior. É uma reação gerada por minha própria mente”, mostrando que temos total controle dos nossos sentimentos e que podemos manuseá-los para uma mente mais saudável, e a meditação permite esse manuseio de forma adequada.

 Entre tantos praticantes, a professora de Yoga Margaret Simis declara que conheceu a meditação em 2007 através de leituras de diversos livros, e desde então faz o uso dessa ferramenta que facilita sua vida, já que cultiva um estado de paz e relaxamento. Em sua perspectiva “É necessário conhecer a mente pensante, saber se afastar um pouco dela para que nosso estado natural de serenidade se recarregue e com isso toda a saúde, bem-estar, bom humor, alegria seja cada vez maior em nossas vidas (…) considero vital para todo ser humano.”

Além de condições do cotidiano em que todos nós estamos submetidos, há situações que geram maior tendência a possuir stress e ansiedade. A rotina de trabalho e estudos é carregada de cobranças, prazos e expectativas, por isso, é fundamental que se dê maior atenção ao corpo, para que não só o desempenho melhore, mas a mente e a saúde corporal. Tendo a concepção de que o corpo é um sistema interligado, cuidar bem da mente colabora para o funcionamento de todo o organismo, e assim para uma saúde plena e completa.

 Como afirma Enzo Cavicchioli, “a meditação ocupou um importante papel em um momento de grande estresse que passava e acredito que ela foi e ainda é uma das melhores coisas que já aprendi na minha vida”, pode-se perceber a magnitude que esse método alcança e a diferença que se tem na vida de diversos indivíduos.

Eu acredito que se todo mundo meditasse pelo menos um pouquinho dá para mudar muito a vida, porque a gente não se escuta, e a meditação faz com que você pare e sinta seu corpo” – Maê Montagno

Para aqueles que enxergaram a meditação como um possível método de ajuda, com a popularização dessa técnica, há diversas plataformas online que são focadas na meditação guiada para tornar o cotidiano de todos mais relaxado e leve de forma fácil e acessível. Os aplicativos “Medite-se”, “Vivo meditação”, “Headspace” e “Zen” são os mais populares e estão disponíveis para Android e iOs.

Além dessas plataformas digitais, no YouTube, há um canal que se chama “Yoga para você”, que possuí uma playlist completa de 23 vídeos de meditação guiada, perfeitos para ouvir durante o dia.

0 Comentários

Tags mais acessadas